Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

Pequeno balanço do ano

Imagem
Foram oito meses e 17 corridas até aqui.
Tivemos de tudo.
Barbeiragens; falhas de equipe; muita chuva em algumas provas; emoções, corridas tediosas, escândalos sexuais, punições – certas e erradas – a rodo.
Vimos pódios altamente diversificados.
Foram sete vencedores diferentes. E entre eles três que venceram pela primeira vez sendo que um, o mais novo deles, venceu nada mais, nada menos que no solo sagrado de Monza! E com chuva o que é mais difícil ainda, tanto vencer como chover lá em dia de corrida.
Dois circuitos novinhos em folha.
A primeira corrida noturna.
Tivemos na pista dois campeões mundiais em momentos muito distintos.
Enquanto Kimi Raikkonen descia ao purgatório após ganhar o titulo do ano passado, Alonso fazia seu trabalho de forma impecável e extraia da carroça da Renault mais do que ela poderia lhe dar. Tanto que teve duas vitórias altamente improváveis, não fosse ele o piloto que é.
Tivemos pistas mutiladas voltando ao calendário e pistas tradicionais dando adeus.
Uma única equ…

Para David Coulthard

Imagem
Todo mundo sabe o quanto gosto de David Coulthard.
Todos sabem da enorme admiração que tenho por ele. Pelos seus anos de serviços prestados a causa da velocidade e da F1.
Todos sabem o quanto fico contente quando aquele capacete azul com um ‘x’ branco no cocuruto aparece no vídeo.
Sabem o quanto fico fulo da vida quando alguém por um motivo qualquer bate em D.C e põe a culpa no cara.
É notório e sabido que guardo com carinho todos os seus recordes e conto com o maior orgulho todas as suas realizações em pista.
De forma que resolvi pegar uns trechinhos de umas canções aqui e dedicar ao velho e bom escocês.
Com vocês: Canções para David Coulthard. (será que fui muito irônico?) Comecemos então com uma classica de Frank Sinatra: My Way.E agora que o fim esta perto/E eu encaro esse momento/Meus amigos, eu vou confessar/Os meus pecados e sentimentos/Vivi a mil por hora/E por caminhos que eu nem lembro agora/E mais, bem mais eu sei/I did it my way!!!

Agora uma canção para os que sempre ouviram D.C. …

Um troféu valioso de verdade

Imagem
"-Não é o ângulo reto que me atrai. Nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual. A curva que encontro nas montanhas do meu País, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, nas nuvens do céu, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o Universo - o Universo curvo de Einstein".
(OSCAR NIEMEYER)
Ele costuma ser o objeto de desejo dos pilotos ao fim de qualquer GP e neste não vai ser diferente. O troféu é muito maravilhoso.
Afinal ‘apenas’ Lewis e Massa correm por algo realmente maior que a simples vitória e o troféu de primeiro colocado em Interlagos este fim de semana. Os outros todos correm é pelo troféu de primeiro colocado mesmo.
Pensando bem, Lewis nem corre pela vitória - ao menos oficialmente - na hora que as luzes vermelhas se apagarem é que vamos saber de verdade onde fica o cérebro deste garoto, que pilota demais, mas que pensa de menos quando precisa.
Se ficar na caixa craniana ele será campeão, se fica…

Notinha do busão - Doni voltou, e Lara também!

Imagem
Mais uma do ônibus...
Estava sentado a dois bancos de distancia do cobrador, aqui ainda não temos a catracas eletrônicas em todos os ônibus. Que no fundo acho bom. Afinal mantém alguns empregos e ouvi o seguinte dialogo entre um passageiro e o cobrador.
- O Doni voltou!
- Doni... Doni? Qual Doni?
- Poxa, já esqueceu? O Doni. Donizete... Da roda de samba!
- Donizete? E ainda do samba? Vixe, eu não vou lembrar mesmo. Eu sempre gostei de rock.
- É, eu sei que você era do rock, mas do Doni todo mundo lembra...
- De qual grupo ele era? Era amigo da gente?
- Era amigo sim, estudou com você se não me engano no ginásio. E você até apelidou o grupo dele com sua maldade característica: Estragasamba!
- Ah tá... O Estragasamba... Não tinha ninguém pior que eles... Mas, uma coisa, eu não me lembro do Doni no grupo. Tocava o que ele?
- De quem eu me lembro? Vamos ver... Tinha a Guaru no pandeiro.
- Isto.
- Tunga na violão.
- Grande Tunga! Baiano ele.
- Nego Boiça no cavaquinho.
- É o Boiça tocava demais, se fosse…

Canções para exorcizar a dor

Imagem
O ano era 1974.
Seu casamento havia acabado.
Havia largado sem maiores explicações a banda que fundara nos meados dos anos 60 e que agora seguia por outros caminhos.
A perspectiva de uma carreira solo se esvaia como uma alucinação das montanhas de ácido lisérgico que consumia.
O futuro nunca lhe parecera tão incerto quando entrou na sala de Roberto Menescal, então diretor artístico da Philips.
Queria apresentar o projeto de um disco solo, mas encontrava dificuldades em falar com André Midani, o chefão da companhia.
Menescal se dispôs a ir com ele e ouvir o material composto. Notou então que as musicas, assim como o compositor tinham um tom triste. Muito longe do garotão irreverente que conhecia desde 1969.
Cantava como se cada música tivesse o poder de extravasar a dor e a confusão que sentia.
Ao voltar para o escritório, Menescal comunicou a André Midani que estava disposto a fazer um disco com aquele sujeito. Meio ressabiado e com o pé atrás Midadni deu o sinal verde.
Nascia ai o disco mais …

Amuletos e superstições

Imagem
Os dois – Felipe Massa e Lewis Hamilton - seriam os pupilos mais queridos de Carlito Rocha, presidente folclórico e histórico do Botafogo e Futebol e Regatas.
Para se ter uma pálida idéia do grau de superstição do homem, basta lembrar algumas poucas – e boas – histórias sobre ele.

Presidente do clube entre 1948 e 1951 ele foi o responsável pela fama de superstição e crendices que até hoje ronda General Severiano, que para quem não sabe é a sede do time carioca.
Se por acaso – e foi o caso – o time ganhasse um jogo importante ou um campeonato, ele refazia pelo resto da temporada tudo o que fez antes do jogo decisivo ou do titulo.
Foi assim que fez o time alvinegro carioca chupar mangas durante quase um ano.
Não só mangas, mas também gemadas, rapadura.
Pedia para o roupeiro Aluisio levar para a concentração vários latões de leite e ir enchendo as xícaras de cada jogador enquanto ele próprio distribuía biscoitos. Reza a lenda que colocava um na boca de cada jogador, como se fossem hóstias.
Man…

Uns menos que os outros, mas igualmente errados

Errados sim, também acredito.
Os policiais que estão no centro da caça as bruxas que se instalou após o episódio do seqüestro seguido de morte em Santo André, cidade do chamado ABC paulista.
A policia especializada, que conta com arrombadores, negociadores e atiradores de elite me parece carecer de real ação. Graças à Deus! Sinal de que isto, felizmente não ocorre com frequencia suficiente para dar experiência a alguém.
E longe de querer que haja mais casos intrincados e revoltantes como este, porém, é necessário frisar que o velho chavão ‘treino é treino, jogo é jogo’ vale para todos os setores da sociedade. Inclusive a policia.
Foi latente a falta de experiência do grupo que atuava no caso.
O fato de não imaginar que atrás da porta haveria uma barricada para impedir a entrada é um claro exemplo.
A falta de um equipamento adequado foi outro determinante.
A escada em que o policial sobe para atingir a janela do apartamento nem sequer chegava até a mesma.
Repito: Em simulações é tudo muito mais…

Ava(ca)liações - China - 08

Imagem
Lewis: Ganhou e se aproximou do título, foi irritantemente perfeito - 10


Massa: A esperança é a ultima que morre. Acredita Felipe! - 8


Kimi Raikkonen: Fez seu papel de segundo piloto com dignidade - 9

Alonso: Sem a sorte das outras corridas ficou em quarto, porém fez uma corrida muito boa - 8
Foto enviada pelo amigo e leitor Anderson, nos coments das ava(ca)liações do Japão. Valeu!Haidfeld: Ele foi o quinto? Eu dormi? Putz nem lembrava....


E acabaram-se as esperanças de Kubica. Fica pro ano que vêm se a BMW tiver um bom carro.



A imagem aí em cima sintetiza a corrida: Que animo! Que empolgação!


Kimi: "-A corrida foi tão chata que achei que o Alonso tinha ganho..."
Lewis: "-Que isto... Eu tenho balls..."
Estas ai estão homenageando de uma vez só o Nico Rosberg, o Coulthard e o Rubinho, por que? Diga aí!

Grooniadas na China - 19/10/2008 - Verdade chinesa

Imagem
Monotonia.
A palavra chave deste GP não poderia ser outra mesmo.
A China, melancolicamente sediou um dos GP´s mais monótonos desta temporada.
Pau a pau com a Malásia, não por acaso, no horizonte onde os olhos dos homens que controlam a categoria enxergam o futuro da F1.
O fato é que devo ser pé frio. Foi só assumir a torcida por Massa e pela Ferrari – na falta de um bom carro e um bom piloto na Williams – e nada funcionou mais.
Nesta madrugada a equipe de Maranello não foi nem sombra ante a superioridade da McLaren de Lewis Hamilton. Kovalainen não conta.
Mesmo tendo vencido sua primeira corrida, é melhor esquecer muito bem esquecido esta temporada.
Durante todo o fim de semana – os treinos de sexta não importam – Lewis sobrou.
Tanto que fez pole, melhor volta e ganhou a corrida.
Massa e Kimi tiveram problemas de equilíbrio nos carros vermelhos. E mesmo quando, de tanque mais vazio o carro se equilibrava e rendia melhor, bastava Lewis ser avisado pelo rádio ou pelas placas e lá ia o inglês ba…

E quando Bernie fica sabendo da saida da França...

Imagem
Um diretor da FIA, de nome Jhonie entra correndo na sala de Bernie Ecclestone, onde já se encontrava Max Mosley. Ambos jogavam ‘Monopoly’.
- Sr. Bernie, rápido! Precisamos fazer alguma coisa!
- O que houve Johnson?
- É Jhonie, senhor. A crise econômica mundial acaba de atingir a F1! É o prenuncio de dias muito difíceis para a categoria...
- Como assim, Jonatan? As empresas que patrocinam as equipes estão tendo problemas com suas ações nas bolsas ao redor do mundo?
- Não senhor, ainda não. Mas é Jhonie.
- O que é Jhonie? Jamerson?
- Meu nome, senhor... É Jhonie. Digo que a crise se abateu sobre a F1, porque os diretores da FFSA, a federação francesa de automobilismo acaba de anunciar que renuncia ao encargo de promover um GP em suas terras.
- E eles alegaram um motivo? Júnior? – Diz com um brilho feliz nos olhos.
- Estão prevendo dificuldades econômicas para a realização do evento senhor. E é Jhonie. Jhonie!
- Só isto? Ora Jones! Não faça marola com tão pouca água... Ande, me arruma uma ligação …

Cartola

Imagem
Post feito em parceria com Oliver, do BlogSportBrasil

Se estivesse vivo completaria um século, mas que bobagem, Cartola é uma estrela e estrelas não morrem nunca. Apenas vão brilhar um pouco mais longe da gente.
Notadamente sou roqueiro das antigas, mas que pode misturar jazz ao samba e curtir uma bossa nova sem traumas. Mas quando se trata de samba. SAMBA mesmo, eu gosto mesmo é das raízes. Da tradição... E não há mais raiz e nem mais tradição que Cartola. Talvez nem Donga e seu histórico ‘Pelo telefone’, primeiro samba gravado. Mas, este é assunto para outro artigo.
Agenor de Oliveira nasceu em 11 de outubro de 1908 no Rio de Janeiro, quarto filho do senhor Sebastião e de Dna. Aida, que ainda teriam mais três depois dele.
Precoce já participava de blocos carnavalescos aos oito anos de idade. Aos onze foi morar no Morro da Mangueira e começou a trabalhar para ajudar a família.
Fez de tudo um pouco: Continuo de repartição publica; Pintor de paredes; Lavador de carros; Vigia de prédio e ped…

Ava(ca)liações - Japão - 08

Imagem
Alonso: - Sorte e muita competência. Diferente da corrida passada, desta vez teve de mostrar serviço - 9


Kubica - O "Prost" polonês ficou na dele e acabou voltando à briga do titulo, dificil não impossível - 8

Kimi - Veja a expressão de tristeza do cara. Ver a champagne pingando do boné do asturiano e não poder dar uma lambida... Mas foi um ótimo terceiro lugar para alguém que não pontuava a varias corridas - 7



Nelson Ângelo Piquet - Fez uma corrida segura e mereceu o quarto lugar pelas circusntâncias - 9




Massa - Levou dois pontos, um na raça e outro dos fiscais de pista - 7 - pelo menos ainda esta na briga.

Desta vez mostrou o mesmo estabanado que foi no ano passado: Satoro Nakalewis.

Cena normal em se tratando de David Coulthard: Vai jogar bingo velho!




D.C. pensando: "-Alguém um dia ainda vai dar com um destes em minha bunda..."

E não demora! E já está no ar a edição de Fuji da Rádio OnBoard, desta vez eu e meu amigo e parceiro Felipe Maciel tivemos a honra de receber di…

Grooniadas no Japão - 12/10/2008 - Metros finais do campeonato

Imagem
O Gp do Japão serviu para por em ordem alguns pensamentos.
Tinha tudo para ser uma corrida normal.
A pista, ainda que privilegiada pela beleza de sua localização, é um tanto monótona quando seca. Este Gp serviu então para acabar com a máxima de que corrida boa lá tem de ser molhada.
Outra suspeita que se foi, e creio eu definitivamente, é aquela da teoria da conspiração que dizia que a FIA teria dado ordens para que Lewis apertasse botões estranhos e fizesse manobras estapafúrdias ano passado como castigo pelo caso de espionagem que envolveu a McLaren.
O que teria lhe custado o campeonato, segundo alguns já ganho.
Nada!
A corrida desta madrugada serviu para mostrar que Hamilton tem é um botão – ou parafuso – a menos.
Não dá para confundir arrojo e gana de vitória com irresponsabilidade e afobação.
Se leu minimamente sobre os pilotos mestres de todos os tempo em sua vida, deve ter deparado em algum momento com a frase: “Corridas não podem ser ganhas na largada, mas podem ser perdidas.”













Podemos …