24 de jul de 2011

Gp da Alemanha: If you believe...

Tem coisas que só pista de verdade pode patrocinar.
Boas corridas com emoção é só uma delas.
A alegria de ver um traçado bem feito que favoreça quem sabe pilotar é outro e, claro, o máximo prazer de poder mandar o Tilke e seus kartódromos chuparem uma manga (tem menor lendo...). Nurburgring está condição de ultimo bom circuito da Alemanha, já que o mítico Nordschleif é impensável para as configurações atuais dos carros e Hockenhein não é nem sombra, nem a mais pálida sombra do que foi no passado, tendo virado apenas mais um kartódromo.
Aproveitemos enquanto Ecclestone não resolve tirá-lo do calendário.

A corrida deste ano foi a primeira em que a vitória de um piloto que não os da Red Bull veio sem um erro.
Hamilton ganhou no braço, na garra e sem um golpe de sorte.
Como teria sido também se a vitória fosse de Alonso, já não posso dizer o mesmo com certeza no caso de um sucesso de Weber. Finalmente, não sentimos falta da chuva e sinceramente até temi pela chegada dela. Tenho comigo que atrapalharia a festa e nivelaria tudo por baixo.
Ela não veio e os que queriam ver corrida de verdade agradeceram...

Outra coisa que um circuito real nos fornece é a certeza de que tem coisas que não mudam nunca.
Uma delas é a de que o arsenal de desculpas de Rubens Barrichello não acaba nunca.
Carro acima do peso, vazamento de óleo no motor (estas só do carro dele), peso menor do Maldonado, ficar sem kers e equipe mandando que ele parasse foram as da vez... Prova que só a chegada de motores Renault não vai adiantar muito.
Nem que fossem Mercedes...

Outra é que, mais hora, menos hora a Ferrari vai fazer alguma porcaria (sem trocadilho) na troca de pneus.
Não importa se é com um ou outro piloto, sempre fazem alguma besteira.É claro que fazem mais com o outro piloto, já que o um não admite muito não, dá esporro e com isto até já ganhou corrida este ano.

Pequenices à parte, foi uma das grandes corridas da temporada e, se vai ou não devolver ao campeonato a disputa pelo título (que até agora parece ter dono certo) serviu para derrubar os maledicentes e detratores que dizem que a festa já acabou.
Tem tempo ainda para uma reviravolta, embora seja difícil.
Na F1 as coisas acontecem tão rápido que eu, descrente que sou - ou era - não duvido de mais nada
E se já colocaram um homem na lua, por que não acreditar que outro possa ganhar o campeonato além do Vettel?

A musica deste GP é Man on the moon, do e com o R.E.M.


11 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,

Corrida boa é verdade. Mas o melhor de tudo foi que dessa vez não precisou de asa móvel, pneu de farofa, kers, chuva ou o escambau para trazer emoção...

Hamilton guiou como nos bons tempos, vitória Maiúscula e merecida, no braço.

O Canguru prova dia após dia que é o Barrichello Australiano, nem a bordo de um canhão, com o queridinho da equipe fora da disputa e nem mesmo largando da pole consegue vencer, e o pior é que tem gente que acredita nele...

Ainda que as corridas venham a ser mais disputadas daqui pra frente, a "gordura" que Vettel acumulou é mais que sufuciente para ser bicampeão!

abs

speed.king.thrasher disse...

Hamilton foi bem demais! Que ficou devendo foi o Webber, mto mal mesmo. Mas vamos ver, acho que as corridas podem ficar emocionantes e bem disputadas - digo, pela liderança - a partir de agora.

Vejamos se a asa móvel pode com Hungaroring.

Net Esportes disse...

"maledicentes e detratores" !!!!! eu tenho que assumir, e continuo acreditando que na próxima corrida tudo volta ao normal com o Vettel em primeiro .... !!!!!!

TW disse...

Isso é corrida de carros! Lewis foi magnífico hoje, como deve ser e pode estar mostrando que sua genialidade não vem em lampejos. Espero que não se exceda na Hungria.

Mas quanto ao cup, Vettel para mim não perde nem que queira.

Fábio Andrade disse...

Nunca morri de amores por Nurburgring, mas hoje a corrida foi muito boa. E a asa não fez tanta diferença.

Ontem eu tinha cantando a praga dizendo que tava na hora de o Vettel ter algum problema, não há sorte que dure tanto. Enfim, ele teve algo, coisa pouca, nos freios, mas já o suficiente para tirá-lo do pódio. Estava na hora.

Will disse...

Muito boa a prova, mas melhor ainda a trilha sonora!

Vitor VIegas disse...

Gostei da corrida, pelos motivos expostos pelo Marcelonso. Foi uma prova disputada sem as apelações "pró-emoção" do regulamento deste ano.

É uma pena que um circuito desta classe, com a história que possui, esteja ameaçado de não continuar no calendário. Domingo foi a última prova do contrato atual que Nürburgring possui com a FOM. Pode renovado? Sim, vai depender da cobiça de Bernie, que tem na fila um monte de circuitos novos em mercados interessantes para o Harry Poter das Trevas, mas não tão interessantes pra quem gosta de corridas.

A favor do GP da Alemanha, o fato do país ser sede de várias montadoras de peso - o que já não conta tanto - e ter o maior número de pilotos na categoria. Só que já temos o outrora belíssimo circuito de Hockenheim, hoje "tilkeado". Prefiro Nürburgring.

Manu disse...

Esse circuito é um dos que mais gosto. De fato, foi uma corrida legal.
Mas adorei a trilha, essa música do REM é muito interessante.
Abs!

Marcos Antônio disse...

foi uma boa corrida Hamilton pos a cabeça no lugar e mandou ver!

e o Barrichello, as desculpas são infinitas...

Daniel Machado disse...

Eu disse Groo, Hamilton ia passar o Webber na largada rs. BOm texto, e concordamos sobre essa pista ser fantástica, não precisar de chuva para servir corridas emocionantes ao público. Grande corrida do Lewis.

Rubs Cascata disse...

Aooooô Alemão da Boiada Vermelha...
Aooooô Ciganão da Égua Empinadeira,
Seguuuuura peão!
Leva fumo, quem dá bobeira,
Do Amiltinho esporeando a McMula nas oreeelha...