Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Faxina

Imagem
-Era um monstro...
-Não exagera. Era apenas uma barata. -Mas era uma barata monstro, cascuda e voadora.
-Não sou especialista em barata, mas acho que todas voam.
-Eu não sei e não quero saber, mas o baratossauro que me atacou voava.
-Baratossauro? Putz...
-Não ri... Vai lá e mata o bicho...
-Onde está?
-Entrou na dispensa...
-Olha só.... Eu não sabia...
-Que baratas podem entrar na dispensa?
-Não... Que tínhamos uma dispensa em casa.
-Deixa de graça, vai lá e mata o bicho.
-Tá bom...
(se dirige a dispensa)
-Mas vamos combinar heim? Isto aqui é um paraíso pras baratas...
-Como assim?
-Tá tudo bagunçado... Tem saquinho de supermercado até no teto! E cadê os mantimentos? Cê não disse que aqui era uma dispensa.
-E é... Mas não do tipo que se guarda comida... Ai tem as caixas dos eletrodomésticos, ferramentas, embalagens...
-Tem ferramenta aqui?
-Tem...
-Onde?
-Tira algumas sacolinhas das prateleiras que você acha.
-Pra que guardar este monte de sacolinhas? Isto é lixo.
-Não é lixo não... É pra exatamente jogar …

O que realmente interessa

Imagem
-Senhoras e senhores nosso palestrante: Niki Lauda!
(Aplausos) -Boa noite... Quando me convidaram a fazer esta palestra eu fiquei pensando no que falaria. No que falar? Que posso eu passar as novas gerações de pilotos? E as respostas não vinham de pronto. Porém eu não desisti de pensar sobre o assunto e resolvi falar sobre aquilo que me fez ser o que sou hoje e provavelmente a única coisa que realmente entendo: F1.
(aplausos)

-Muitos aqui dizem que eu era um piloto muito bom, outros dizem que eu era um piloto sensacional, eu digo apenas que era um piloto que venceu. Sim venci.
(Aplausos)

-Sim, venci nas pistas sendo campeão antes do acidente; venci na vida sobrevivendo ao acidente. Venci sendo campeão após o acidente. E venci quando não quis ser campeão em prol da segurança, naquele famoso episódio de Fuji. E eu disse naquela ocasião: “-Sou pago para correr e não para me matar!”. Ou coisa parecida.
(aplausos)

-Sei que não sou o mais simpático dos mortais, e nem tenho a intenção de ser. Minha…

Contos do botequim - 4 - Virado à paulista

Imagem
Era exatamente meio dia e o boteco do Canário estava lotado naquela segunda feira.
Na semana anterior Canário havia começado a servir almoço e como se sabe, almoço em boteco paulista é em via de regra da seguinte forma:

Segunda – Virado à paulista.
Terça – Dobradinha
Quarta – Feijoada.
Quinta – Macarronada com frango.
Sexta – Peixe ao molho.
E para todos os dias, caso o freguês não quisesse o prato do dia havia bife com fritas, filé de frango ou o indefectível picadinho.

Os freqüentadores de praxe estavam presentes, mesmo morando perto resolveram que nas primeiras semanas almoçariam no Canário para fazer “numero” nas mesas e atrair novos comensais. Desde que, claro, Canário fizesse um sensível desconto nos pratos durante aqueles dias.
E então lá estavam quase todos: Andrade, o professor aposentado; Dito, o ex-prefeito; Marvio o desocupado fiscal da natureza; Anízio e Derico.
Refestelavam-se todos, uns com o prato do dia – um apetitoso virado – e outros, como Dito, com um filé de frango grelhado…

Moustache

Imagem
-Alô?
-Alô! Fernando?
-Sim, soy yo... Quien habla?
-A-di-vi-nha...
-Yo no sei, pela voz penso que és Selena Rodriguez...
-Nã – ão... Tenta de novo.
-Hum... Lá voz no me és estranã... Seria uma amiga de mi mujer?
-Não... Nem de sua mulher, nem de ninguém...
-No és amiga? És inimiga entonces?
-Não, Fernando... Não sou mulher.
-Ah vá... No és sério... Entonces és um... Transformista?
-Transformista?
-Si, si... Uno eufemismo para viadon...
-Para... Não é nada disto e você não sabe brincar... Sou eu o Nico.
-Nico? Que quieres, la vaga de Felipe? Já és de Kubica, quando ele quiser.
-Eu nem sabia que estava aberta a vaga do Felipe!
-Bueno, ai quien está falando és usted, no me comprometa com la vaga del Felipe, se está abierta ou no...
-Maldoso.... Não era isto... É que eu queria um conselho seu.
-Claro, yo soy el mejor! Lo gran piloto del mondo, el fódon... Como diz os manos de Brasil: “yo soy el bão”! Puede hablar...
-Então... Eu estou cansado das brincadeirinhas que fazem com meu nome: Nico biba pra lá, Nic…

Sampa no walkman em três takes

Imagem
A cidade tem problemas - como toda cidade tem- mas também tem aquilo que de mais bonito uma cidade pode ter. Acima de belezas naturais, de belezas arquitetônicas, São Paulo tem a beleza humana, que mesmo escondida sob toneladas de concreto e asfalto é muito, mas muito visível.
Feliz aniversário São Paulo, minha cidade.


Na Freguesia do Ó, um casamento em dia de chuva...
Janeiro sempre chove muito em São Paulo e a frente da igreja está alagada.
Córregos que cortam a região teimam em retomar partes do terreno.
O lixo jogado nas ruas indiscriminadamente ajuda muito, e não é a cidade que joga o lixo lá... É?
Na porta da igreja o casal de noivos olha desolado o panorama.
Demorarão um pouco mais para poder aproveitar a lua de mel. Com a chuva e o alagamento a festa já era mesmo...
Um dos padrinhos sorri quando vê um caminhão e um trator se aproximar da entrada da igreja.
-Um presente! Chamei um caminhão e um trator para tirar vocês daqui...
-Sem pensar duas vezes sobem na pá do trator e vão sãos e sec…

Em gomos

Imagem
Vai longe a briga entre Lotus Car e Lotus Renault, para ser mais exato vai à justiça em Londres. Porém, seja qual for o vencedor da contenda não haverá ganhadores, só perdedores.
Eu que já quis que os malaios ficassem com o nome que usaram na temporada passada, hoje encaro de forma um tanto diferente: nenhum deles é Chapman e mesmo comprando suas empresas não devem ter direito as glórias passadas.
É como se alguém que nunca foi comunicador comprasse as empresas do Grupo Silvio Santos e quisesse ser o próprio apresentando um Show de Calouros.
Mas de qualquer forma sempre há a possibilidade de haver um acordo e no fim termos duas equipes com o mesmo nome: Team Lorotus e Lorotus Renault... Como lembra o grande Claudemir Freire do site Ultrapassagem.
Loroteiro no imbróglio não falta.
Interessante o movimento da nova fornecedora de pneus da F1, Pirelli, quando todos, no mundo inteiro esperam que seus pneus sejam bons para correr o que fazem eles?
Anunciam que farão pneus que aumentam o numero de…

Di Grassi no A tarde é Sua

Imagem
E agora, com vocês: Sonia Abrão e o programa A tarde é sua! -Boa tarde... Hoje vamos receber aqui um motorista de F1...
-Desculpa dona Sonia... Mas não é motorista. É piloto.
-E piloto não dirige?
-Dirige, mas...
-E quem dirige não é motorista?
-É... Mas...
-Então é isto mesmo... Eu estou aqui com o motorista de F1 Lucas Di Grassi.
(Aplausos)
-Então, senhor Lucas, o senhor tem um desabafo a fazer?
-É dona Sonia... Eu...
-Mas antes um histórico do nosso personagem...

(Entra um vídeo com musica melodramática e brega)
(voz no vídeo) -Lucas Di Grassi é piloto desde tenra idade. Passou pelas categorias de acesso, pilotou triciclos e totoquinhas antes de debutar no kart. Depois correu em categorias nacionais, fez racha nas ruas, foi pra Europa, vendeu balas nos sinais de Londres até ser descoberto por um olheiro de uma equipe da GP2 que o levou para correr lá. Batalhador como todo brasileiro, ele mostra que tem talento e vence corridas. É convidado a ser piloto de testes da Renault, mas infelizmente não…

Between the Buttons

Imagem
-Olha, tem muito botão ai...
-Tá reclamando de que? Eu trabalhei com pilotos que tinham que tirar a mão do volante pra trocar marcha, e você fica ai reclamando de uns botões no volante?
-Pô, mas pensa bem... Tem botão pra mistura de combustível, rádio, asa traseira, mapeamento do motor.... Bebida isotônica... E mais um sem numero deles. Eu acho que não vou decorar todos.
-Para Felipe! Vai decorar sim...
-Não sei... Até o Fernando andou reclamando da quantidade de botão.
-Eu sei... Ele reclamou sim... Você é o terceiro a reclamar.
-Terceiro? Espera ai. Se o Fernando foi o primeiro e eu sou o terceiro? Quem foi que reclamou em segundo?
-O ego do Alonso.... Ele ocupa dois carros aqui na Ferrari.-Mas falando sério, eu não vou decorar todos mesmo não. Me dá uma relação dos mais importantes, por favor.
-Tá certo Felipe, tá certo. Anota ai então... Além das borboletas de marcha atrás do volante... Claro.
-Pode falar os outros.
-Botão 1, no centro do volante: rádio.
-Certo.
-Botão três: liquido isotônico…

E em Madonna Di Campglio...

Imagem
-Ola és FernandoAlonso, non és?
-Si, el mejor piloto, el dono de lá fiesta... e faz pose para os fotógrafos que se aproximam.
-Io ganhei il campionati de motovelocidade algumas vezes...
-Io sei...
-Agora estou pio feliz, pilotarei para a Ducatti..
-Bueno, muy bueno.
-É sempre assim questa festa em inicio dell´ano qui in Ferrari?
-Si, si, pero... usted está atrapalhando o trabajo de los fotógrafos... Eles querem me clicar...
-Sinto muito....
-Por nada... Com licença.
Valentino se fasta um pouco e com eles os fotógrafos... Alonso estranha.
-Hei! Onde vão ustedes? Estoy acá...
-Desculpe senhor Alonso, mas como vimos sua reação lá em Portugal, quando tentaram te fotografar, então não queremos incomodar... Pode ficar ai tranqüilo
-Pero, yo estoy tranquijo, puede clicar! Mira, lo derecho é mi mejor lado!
-Não, não.. Pode ficar a vontade... Pediram pra gente não incomodar demais os pilotos..
-Pero estabam a me clicar ahora mismo...
-Não... Estávamos fotografando o Valentino... Ele é a estrela da festa.
-Vale…

Em defesa de Pastor Maldonado

Imagem
Já tem gente demais falando bobeira demais sobre algo tão simples quanto somar dois mais dois.
“-Houve um road show da Williams na Venezuelasó para agradar Hugo Chavez.”
E daí? Quem paga a conta não tem direito de ver ao menos um pedaço do show?
Por acaso a alonsomania não enchia os cofres da FIA quando se “inventou” o desfile de F1 em Valência?

“-Tinha logotipo da PDVSA no carro da Williams neste road show.”.
É... Tinha um. E de novo: e daí? Quem paga a conta não pode estampar sua marca?
E vai continuar tendo, já que a empresa agora é patrocinadora oficial do time.

“-O dinheiro da PDVSA pertence ao povo venezuelano.”
Sim, claro... Assim como o dinheiro da Petrobrás pertence ao povo brasileiro e ainda assim vai para o caixa do Flamengo. “-Pastor Maldonado só esta lá por que traz grana.”
Ué? Tem algo errado nisto? Agüentamos por vários anos um japonês que não sabia a diferença entre freio e acelerador apenas para poder usar uns motores muito meia boca que tio Frank não pensou duas vezes para tr…

Simple man

Poderia escrever hoje sobre o tal Wroom, aquele evento cheio de frescura e ostentação dos mafiosos rossos.
Mas não to afim...
Poderia dizer aqui que Massa deu uma senhora barrichelada na entrevista dizendo que está pronto e que vai pra cima de todo mundo este ano.
E também que acredito – tal qual Massa - que a temporada passada tenha ficado para trás, no passado.
Sim, claro... Tão para trás quando o próprio ficou na Alemanha.

Poderia falar que neste ano quem brilhou no evento foi mesmo Valentino Rossi.
O multi-campeão das motos ofuscou até a prima dona espanhola.
Poderia sugerir maldosamente que Il Dottore tomasse cuidado, ofuscar o chiliquento espanhol costuma dar azar... O engenheiro ferrarista das estratégias que o diga...

Ou até escrever que o Dentuço Gaúcho só assinou com o Flamengo porque lá vai ter boa vida. Noitadas cariocas, times meia boca pelo caminho no campeonato estadual e times apenas razoáveis na Copa do Brasil.
Por que iria ele assumir compromissos que exigiriam o mínimo de fo…

Franco da Rocha, 12/01/2011

Imagem
Choveu, não tanto quanto havia chovido na noite anterior já que desta vez minha sala não amanheceu molhada das goteiras do teto. A sensação de estar ilhado, mesmo sem ter visto nada ainda na TV era enorme.
A movimentação de carros em minha rua era anormal para aquele horário.
Helicópteros no céu idem.

Ao ligar a TV a comprovação.
O que no dia anterior – terça – era apenas uma das muitas enchentes de verão, daquelas que inunda o centro da cidade, mas no fim do dia já era passado, se tornou um evento, uma calamidade.
Há anos um alagamento não era tão grande e nem tão demorado.
Cenas dignas de filmes catástrofe tão a gosto de Hollywood eram comuns.
Ônibus e carros submersos, gente ilhada, lojas e casas tomadas pela água.

Os funcionários da prefeitura haviam sido avisados que não haveria expediente na quarta-feira. Mas não se tratava de premonição e sim de um aviso velado de que as comportas da represa seriam abertas por questão de segurança.
Sem querer, o supremo mandatário municipal cri…

E, pela primeira vez, o segundo vai na frente

Imagem
-Mas eu?
-É... Você.
-Tem certeza? Eu mesmo? Euzinho?
-É Rubens, você mesmo.
-Puxa, é a primeira vez eu isto acontece em quase vinte anos de carreira... To muito feliz.
-Não vai chorar, vai? -Não, mas devia...
-Que isto Rubens, você merece.
-Obrigado senhor Frank, obrigado.
-Eu sei que o tempo que você passou na Ferrari foi difícil...
-Foi, foi...
-Também sei que deve ter sido muito chato perder pro... Pro... Como era mesmo o nome daquele cara com quem você correu na Brawn?
-Button?
-Isto, isto... O Jesus Button...
-É Jenson. Jenson Button. Poxa senhor Frank... Ele correu pela Williams e o senhor nem lembra o nome dele?
-Ah Rubens! Isto não é defeito só meu... Basta dar uma voltinha pelo parque temático da Ferrari pra ver...
-Ver o que?
-Tem razão, melhor dizer: “pra não ver” já que não tem menção nenhuma a você por lá...
-Precisava lembrar?
-Tá certo... Mas no meu caso, dá um desconto... Afinal: ninguém liga pro Button mesmo...
-Tá... Tudo bem... Mas mesmo assim obrigado por deixar eu ser o primeiro a …

Seguindo a tradição

E no fim do show...
-É... Ela canta bem... Mas ainda não gosto das cantoras desta geração.
-Ela não é “desta” geração... Se você estiver falando de gagas, britneis, beyonces da vida.
-É desta geração que eu falava sim... E como você pode dizer que ela não é?
-Na faixa etaria, sim... Mas qualitativamente, nunca!
-Como assim?
-Você esta aqui e está vendo o show... Não basta?
-Como assim?
-Quantos backing vocals tinham no palco?
-Dois...
-E eles faziam o que?
-Cantavam as frases de apoio...
-Igual a quem?
-Hum... As backing vocals da Aretha Franklin nos tempos áureos?
-Exato.
-E quantos dançarinos fazendo coreografias metidas a sensuais, mas que na verdade são ridículas você viu?
-Nenhum... Vale a dancinha esquisita dos backings?
-Detalhe...
-Mas vou te falar... A voz dela já foi melhor... A droga e o álcool acabou com ela.
-Sério? Cê pensa assim?
-E não é?
-Acho que não... Faz sentido quando se entende o que ela esta cantando... Ela é da mesma escola que já nos deu Billie Holiday, Etta James, Janis Joplin..…

A vingança do piloto brasileiro

Imagem
E nos escritórios da Yellow Cab em Nova York. -Olha, seu currículo é bom, mas não sei... Dirigir em Nova Iorque é algo bem difícil...
-Eu estou disposto a tentar.
-Tem certeza? De onde o senhor diz que é mesmo?
-Sou nascido em São Paulo, cidade grande, com muitos problemas de trânsito também....
-Pois é... Eu sei, andei lendo sobre... Mas aqui não cita sua atual residência.
-Mônaco. Oficialmente eu moro em Mônaco, mas sabe com é... Eu viajo muito.
-Nasceu em São Paulo, mora em Mônaco... E dirige nas duas cidades?
-Sim, sim... E muito bem. Nunca sofri acidentes e você sabe como é: o trânsito de São Paulo é quase tão caótico quando o daqui. Se não for mais! E Mônaco, se comparado ao tamanho das duas cidades é um vilarejo, mas com um trânsito tão pesado quanto.
-Mas profissionalmente? O senhor já dirigiu profissionalmente nestas cidades?
-Já, já... Tanto em São Paulo quanto em Mônaco.
-Mas tem algo que não bate... Se o senhor mora em Mônaco é porque tem certo nível financeiro. Estou errado?
-Não...…

RC e a fase black

Antes de ser o “Rei” e enveredar por fáceis baladas românticas e temas de pouca importância a musica de Roberto Carlos era algo muito relevante.
Aberto a influencias diversas e ‘antenado’ com o que acontecia no mundo, ao contrário do RC de hoje que vive trancado em seu mundo.
Ao abandonar temas clássicos do rock´n´roll: Carros, garotas e rimas simplistas do tipo “mim/assim/enfim” o cantor se tornava então um artista inquieto e criativo musicalmente, não que elas melhorassem muito – as letras – mas começavam a ter temas mais adultos e arranjos menos quadrados... Iam à direção do soul e funk americanos.

“Soul” é o rotulo que foi dado a musica negra dos EUA para encampar as canções e criações de uma safra genial de compositores e cantores como Al Green, Marvin Gaye, Aretha Franklin em sua fase fora do gospel, James Brown e outros papas do balanço.
RC e seu amigo Erasmo Carlos, o tremendão, ouviam muito isto no fim dos sixisties e resolveram que também fariam aquele tipo de musica.
A guinada r…

Pequenas maldades cotidianas

Imagem
Dizem que ao tentar entrar na sede da equipe, Kova e Trulli, o elo perdido, foram barrados.
Tentaram explicar que eram pilotos da equipe e que queriam trabalhar.
Só depois de serem informados que ali era a Lotus Renault e que eles estavam no lugar errado é que tomaram o caminho da equipe correta.
Porém, quando o mesmo aconteceu na equipe malaia da Lotus, os funcionários não queriam de forma alguma deixar Kubica e Petrov irem embora.

Já sobre equipe rossa dos infernos, dizem que a saída de Chris Dyer para a promoção de Pat Fry no comando da estratégia da equipe não foi coisa do Neymar... Digo... Do Alonso.
E que também não teve nada haver com o fiasco abumdabeano de 2010, mas sim uma questão de facilitar os trocadilhos.
Com este novo chefe de estratégia é mais fácil fazer uma PatFryria... (putz) Se bem que assumir cargo de estrategista do Alonso e do Massa esta mais é para Frytura... (putz putz)

Saindo da F1. Um tablóide inglês mostrou uma foto do Ronaldo Fenômeno em férias e diz que ele deve…

Reunião da GPDA?

Imagem
E em um hotel na Alemanha...
-Lewis você por aqui também?
-Pois é... Fomos chamados aqui para esta reunião com urgência... Nem pensei em não vir.
-Chamados?
-É... O Sutil veio comigo...
-Opa Trulli! Beleza?
-Beleza Adrian... Vocês sabem o motivo desta reunião?
-Nem... Deve ser coisa da GPDA.
-Não... Não é não! – diz Rubens chegando à sala.
-Opa, Rubens! A gente pesou que fosse uma reunião da GPDA.
-Não, Lewis, eu na convoquei nada... E nem meu vice-presidente.
-O Massa também não? Cê tem certeza?
-Tenho sim Jarno...
-E como pode ter tanta certeza?
-Ora, O Alonso não disse que ele podia convocar... Logo: não foi ele.
-É... Tem razão...
-Mas quem, então chamou a gente aqui?

A duvida permanecia no ar, e mesmo chegando o atual campeão mundial e seu companheiro de equipe, os pilotos da Renault: Kubica e Petrov, Kovalainen, chegando bem devagar.
Então chega Michael Schumacher...

-Ola, quem foi o idiota que convocou esta reunião?
-Pô! Michael... A gente tava aqui se perguntando a mesma coisa... – diz alguém.
-E …

Enter F1 - Ano novo. Vida nova?

Imagem
Ano novo. Vida nova.
É o que diz o velho ditado, porém, o cidadão que cunhou a frase tão usada em fim de ano definitivamente não conhecia o povo que habita a F1 e o automobilismo em geral..
Vejamos:

Para as bandas do time de Maranello, Montezemolo - outra vez - critica decisões da FIA (Fernando International Aid) certas ou não.E de novo é o primeiro a falar criticando os motores que serão usados em... 2013! Adiantado ele não?
De novo fala em nova categoria e de novo vai ficar tudo do jeito que está.

A Lotus – uma das duas lá – confirmou Trulli e Kova como pilotos. E ainda se diz séria e herdeira da Lotus do Chapman.
Mas o mais impressionante foi a declaração de Jarno Trulli: “-A Lotus vai levar um tempo até chegar ao topo.”.
E não é? Com ele e com o Kova pilotando vai demorar muito tempo pra chegar ao topo. E quando chegar os outros já terão saído de lá há tempos.Não entendeu? O topo da corrida no Bahrein, por exemplo, a Lotus só chegará lá quando as outras equipes já estiverem disputando o…