18 de abr de 2013

Beleza, beleza, beleza...


A origem da história é um tanto confusa. Jorge Bem diz ter acontecido durante o Festival de Montreux.
Já Nereu Gargalo diz que foi no Japão, durante a turnê que deu origem ao disco On Stage, de 1971.

Durante uma festa oferecida aos artistas brasileiros, o Trio Mocotó - então formado por João Parahyba, Fritz Escovão e, claro, Nereu Gargalo – entornava todas em sua mesa.
Reconhecidos por um executivo da gravadora Philips, onde estavam contratados à época.
Nereu, que já é de natural simpatia e desembaraço sóbrio, fica ainda mais solto quando levemente alto.
No caso, estava pesadamente alto.

-Mas olha quem está aqui! O Trio Mocotó! Os escudeiros de Jorge! – diz o fã executivo para alguns de seus pares e logo traduzindo para a língua local.
Sorrisos, apertos de mão abraços e confirmação de que todos eram seus fãs. Na língua local, claro... E o brasileiro deixa os amigos na mesa do Trio e some.
-Beleza, beleza, beleza! – respondia Nereu, também sorrindo.
-Vocês são muito bons, nunca vimos nada igual. – diziam ainda na língua deles.
-Beleza, beleza, beleza... – continuava o músico.
-Soubemos que no Brasil há muita gente com tanto talento quanto vocês.
-Beleza, beleza... – Nereu confirmava (ou não, vai saber) com o sinal de joinha.
-Podemos nos sentar à mesa?
-Beleza, beleza, beleza...

E beberam até o limite do possível.
Quando o executivo brasileiro voltou à mesa encontrou tanto o Trio quando os executivos locais completamente chapados, conversando (?) como se fossem amigos de infância.
Só que agora com os papéis levemente invertidos.
-É foda ser executivo né? Coisa escrota... – pergunta Nereu...
-Bereza, bereza, bereza... – respondem os caras.
-Mas pior mesmo deve ser não comer ninguém... – continuava.
-Bereza, bereza, bereza! – e riam como malucos.
-Fiquei sabendo que vocês não gostam de mulher, é verdade?
-Bereza, bereza...

6 comentários:

Anselmo Coyote disse...

Numa outra versão havia um cabo da PM na pequena e pacata cidade de Divinópolis-MG a quem não agradava o trabalho de rua. Dizem que ficou na PM 30 anos e nunca disparou um tiro. Era um fiasco nas ruas e por isso foi para o serviço interno que melhor lhe cabia - atender telefone.

Com o tempo aprendeu algumas coisas, dentre elas que uma funerária pagava uma quantia para cada óbito que o atendente informasse. O serviço funerário não era de primeira mas eles compareciam imediatamente após a informação.

Certo dia...
- Alô, é da polícia?
- Sim.
- Quero comunicar um acidente aqui no trevo perto da exposição. Acidente de trânsito. Muito feio.
- Teve algum óbito?
- Pelo menos uns cinco, venham logo e tragam ambulância porque tem feridos muito graves também.
- Cinco. O senhor confirma?
- Sim, sim.
- Beleza, beleza, beleza - disse o cabo já com o dedo no teclado ligando para a funerária.

Abs.

Anônimo disse...

... um Rio De Janeiro que não volta mais... snnniiiiiffff ! Trio Mocotó !
Agora, um tal de Naldo ! Pobreza ! Pobreza ! Pobreza !
Boa recordação, senhor Groo. Eu também quero mocotó ! Serve prá mim, Manu !
Um que gritava "beleza"!, mas só um !, forte, era o imortal Tim Maia... todos da mesma gangue... bons tempos...



M.C.

Anônimo disse...

... senhor Groo. O sr Rubs Cascata acabou de telefonar pedindo para não esquecer do Trio Parada Dura ! e mandou essa mensagem de texto aqui, óh:

http://www.youtube.com/watch?v=s-uTi5IGi_4


e pediu também, na tal mensagem - tá meio enrolado. A fábrica de fertilizantes ERA da familia dele -, para mandar para Manu este recadinho:

" Depois do "telefone mudo, "mandei demolir o meu "castelo de amor". Peguei meu "barquinho de papel e fui parar no "inferno da vida". Cheguei lá "morto por dentro" tentando encontrar a "luz da minha vida" e dizer pra ela: Vamos pegar o "avião das nove" e voltar pra casa. Ou então "me mata de uma vez" pois isto será nosso "ultimo adeus"! ".


Eu, hein ? Tá apaixonado ! Como eu não tenho chances mesmo... Só resta um concorrente, senhor Groo. Toma cuidado...

Tem o Trio Ternura mas este é com o Marcelonso. Dominecala, Afonso e Passa. Triozinho ternuuuura.



M.C.

Anônimo disse...

... e o M.C. tem o prazer de apresentar...

Gargalhadas no Blig !

" ATUAL SEQUÊNCIA DE MASSA NOS PONTOS É A MAIOR DE UM BRASILEIRO NA F1

Com a sexta posição conquistada no GP da China do último final de semana, Felipe Massa marcou pontos pela 13ª prova consecutiva. A marca representa um recorde: foi a primeira vez que um piloto brasileiro ficou tantas corridas seguidas na zona de pontuação, deixando para trás Rubens Barrichello, com 12".

kkkkkkkkkkkkkk !


http://www.youtube.com/watch?v=a28g4IMSSdM

Um oferecimento: sacos de risada SOL ! Uma Estrela em sua vida.



M.C.

Rubs Cascata disse...

É...
A coisa tá feia. A coisa tá preta.
Quem não for filho de Deus, tá na unha do capeta.
E a Beleza do M.C. é o pinguelo da minha bandola.

http://bit.ly/XJurtZ

Marcelonso disse...

Groo,

Essas tiradas entre o Cascata e o M.C. valem o ingresso!


abs