7 de abr de 2015

Perguntas que não vão cair na prova

Na F1.

Mercedes já está falando em brigar GP a GP com a Ferrari para evitar que uma nova derrota para Vettel seja encarado como vexame?
E se perderem para a Williams, por exemplo? Pode chamar de vexame ou a gente chama de milagre?

A Manor/Marussia vai andar na China?
Pode chamar aquilo que eles tentam fazer de “correr”?
Se eles ficarem acima dos 107% vão invocar o senhor das trevas para liberar a participação, sim ou claro?
É justo isto?

Qual seria a maior surpresa da corrida na China?
Outra vitória do Vettel?
Uma dobradinha da Ferrari?
McLaren marcando pontos?
Conseguir ver o céu por trás de toda aquela poluição?

Na Stock.

É tão difícil assim fazer um regulamento que seja fácil de entender, justo com os participantes das provas e que dê o mínimo de chances para interpretações?
E já que a categoria não passa a integra do campeonato na Globo, por que não menos corridas em circuitos de rua e mais em pistas bacanas com corridas um pouco mais longas e sem esta porcaria de limite no tempo ao invés de número de voltas?

Na Formula E.

Quem fornece a energia elétrica para abastecer aquilo que eles usam como carros?
Se tiver corrida no Brasil, a conta de luz vai para quem?
Haveria risco de apagão durante a prova?

3 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,


De longe, a maior surpresa na China seria a McLaren marcar pontos. Só mesmo com um milagre...


abs

Julio Cezar Kronbauer disse...

A energia elétrica que carrega as baterias dos carros da Fórmula E é produzida em sua totalidade por geradores Aquafuel movidos à glicerina.

Muitos associam o glicerol (ou glicerina) a explosivos, mas é considerado seguro para consumo humano desde 1959.

Por isso, Alejandro Agag, CEO da Fórmula E, quis mostrar que o combustível que abastece a energia da Fórmula E pode ser bebido.

http://jckronbauer.blogspot.com/2015/03/qual-e-a-sensacao-de-beber-o-combustivel-que-alimenta-os-geradores-de-eletricidade-que-carregam-as-baterias-dos-carros-da-formula-e.html

Vários outros toparam participar da experiência, mas o sabor não agradou a todos.

Jaime Boueri disse...

A imagem da Fórmula E é sensacional...

Mas, para de pegar no pé da Manor! É errado largar se estiver acima dos 107%? É! Mas os caras são legais...