2 de jul de 2015

Responderam, mas ajudaram?

Senna é o melhor da história?
Pode ser que sim... Pode ser que não. ´
Fica tudo muito subjetivo por conta das mudanças de regulamento, aumento do número de provas, diferença na pontuação e por ai vai...
Coloca-se como um dos grandes e tudo fica bem para quem tem o bom senso de não discutir torcida.

Trata-se aqui dos resultados da enquete feita pela GPDA (Grad Prix Drivers Association) divulgados há pouco. Alguns resultados:
Senna é o melhor piloto da história.
A F1 está muito “cara, tecnológica e chata”.
Precisa ficar mais competitiva, mas não precisa de uma revolução na forma da disputa.
Também pediu a volta da guerra dos pneus, do reabastecimento e rechaçaram (mais) artificialidades como: molhar a pista, lastro nos carros mais velozes, padronização (unificação) de motores quanto ao fabricante.
Até ai, nada de novo debaixo do sol, mas quando se chega ao item “pilotos mais populares do grid” a coisa azedou um pouco: Kimi Raikkonen, Fernando Alonso e outro cara lá foram os mais votados.

Populares? Sério?
Um é um talento nato dentro do carro, mas é visto como sujeito de caráter duvidoso até dentro de seu próprio país.
O outro é extremamente burocrático e inexpressivo no trato com imprensa, que nesta F1 moderna é o único canal de contato com os fãs.
E tem outro que não é nada, não é nada... Não é nada mesmo. Ninguém liga muito para ele.
Sem contar que o último deles a ter sido campeão foi em um longínquo 2009.

A se levar em consideração este resultado pode-se fazer uma projeção de que a corrida mais “empolgante”, “emocionante” e “mais esperada” do calendário para estes fãs seja Abu Dhabi, ou Russia...
Ao que parece, o novo fã médio da categoria é tão sem sal quanto à própria se tornou.

Um comentário:

Marcelonso disse...

Groo,

A categoria está ficando mais chata a cada ano. Até mesmo nós, amantes desse esporte, estamos entediados desta mesmice...

É preciso mudanças urgentes, mas sem inventar. Basta voltar a essência, descartando a artificialidade...


abs