9 de jul de 2017

F1 2017 - Áustria: O GP do quase

As corridas na Áustria costumam ser boa naturalmente.
O traçado ajuda, o clima também.
Fatos memoráveis em corridas passadas trazem a lembrança corridas divertidas (triste para alguns, mas é a vida hehehehe)

O deste ano tem um tempero especial.
Os acontecimentos em Baku, ainda que devidamente apurados, investigados, punidos e ameaçados de novas punições, ainda são frescos na memória e podem (ou não) ter algum desdobramento. Nem que seja uma passividade sem graça na pista.
A perda de cinco posições, aliada à classificação não tão boa faz com que um dos protagonistas, Hamilton, largue na oitava posição, enquanto Vettel é o segundo na fila de saída.
A princípio esperava-se que Bottas, o pole, segurasse Vettel para que Hamilton chegasse, só não contavam com os problemas de pneus que todos acabariam enfrentando e, claro, com o fato de Bottas também querer vencer.

As perguntas começaram a ser respondidas quando as luzes se apagaram.
Bottas partiu limpo e foi abrindo, trazendo atrás de si Vettel escorado na máxima de que seu carro tem ritmo de corrida melhor.

Azar de Verstapinho que foi tocado, saiu da pista e teve de abandonar.
Não é bem uma novidade, mas Alonso também abandonou.
O espanhol teve que desviar de Sainz Jr, que largou muito mal e foi acertado por trás pelo russo Kvyat no alto da ladeira.
Há tempos a Toro Rosso não tinha uma dupla de pilotos tão ruim.

Enquanto se especulava (sem razão) que a ótima largada de Bottas era fruto de uma queimada de largada, a outra Mercedes vinha ganhando posições.
Na nona volta, Hamilton já era o quinto e assim foi até a troca de pneus que começaram na volta 32.
Mesmo apresentando bolhas, ninguém foi antes aos boxes.
O líder, Bottas, só foi aos boxes na volta 42, Kimi, que com a parada de Vettel herdou a segunda posição, ainda demorou a fazer sua parada, talvez para ajudar a segurar o ritmo de Bottas, mas uma Mercedes com pneus novos é difícil de segurar e na volta 44 Bottas passou e foi embora. Só aí Kimi foi para os boxes.
Se a Ferrari não tem mais o melhor ritmo de corrida em relação aos Mercedes, ao menos ainda parecem tratar melhor o desgaste de pneus.
Após a rodada de pits, a maior novidade era Hamilton ter ganho a posição de Kimi e ocupar o quarto lugar, como desvantagem, os pneus do inglês se desgastavam rapidamente sendo possível ver nos closes e câmeras onboard o estrago.
E ainda assim, na volta sessenta, fez a volta mais rápida da corrida.

Apenas nas duas últimas voltas a emoção apareceu em duas brigas simultâneas: Hamilton tentando passar Ricciardo pelo terceiro lugar e Vettel brigando com Bottas pela ponta.
Mas nada feito.
Segunda vitória de Bottas e Vettel em segundo para ter vinte pontos de vantagem sobre Hamilton no campeonato.

2 comentários:

Anônimo disse...

. Aê ! Hoje ganhei grana no bolão. Cravei 9 para o Zaca em pagavam 1:10, apostei 10 pau e 100 no bolso. Gagálvão fica fulo da vida com gente nas redes sociais que não 'entende' nada de rilotagem, gente que só tem titica na cabeça, e, quase disse, gente que é invejosa. Zacarias é um baita riloto! E dizendo ter mordido a língua com o Lança ? Pô, sempre digo. É necessário dois anos, Gagá. Dois anos para saber se o cara é genial, bão, bom, matusquela ou lentinho. E metendo pauzinho no Vertappadinho levantando a bola do Ricardão Sorriso ? Foi uma manhã interessante. Vamos ao texto do senhor Groo.
. Traçado é legal e o clima também mas refresca a memória aqui porque não me lembro de porra nenhuma das corridas passadas. Só de GH-3 ter colocado, na saída dos boxes, os pneus esquerdos na linha divisória com a pista. Aí, tomou um estópiengol safado. Só disso que me lembro.
. A perda de posição foi devido a troca da caixa de câmbio.
. O histericuzinho alemão ainda tentou uma malandragem. Que Bottas teria queimado a largada ! kkkkkkkk ! Tô dizendo... Anda distraído o Sebastião.
Aí eu chamo George Orwell:
'Os pneus com bolhas são todos iguais, mas uns são mais iguais que outros'.
. Nãnãninã não. Eu já achava as Mercedocas andando melhor que as Ferraris nos três últimos GPs antes deste, fora o chatérrimo GP de Mônaco. O Régi Nau da Proa começou a achar nesta semana.
. O Kvyat sofre desde quando foi trocado por Verstappadinho. É trauma.
. Ué, cê assistiu mesmo a corrida ? Não conseguia ultrapassar o Kimi. Parou e conseguiu a posição 'nos boxes'.
. Não. Bottas não sentiu assim. Quem foi muito prejudicado com ospneus, pois não conseguiu um bom equilíbrio pro carro mesmo assim dando um calor no final, foi Hamilton. Os buenetes se enrolaram todos porque, como um carro com os pneus cheios de bolhas bateu duas vezes o recordes da pista ? Até eu não entendi. Só posso deduzir que não era porra de bolhas de pneus coisa nenhuma após a troca. Ou a Mercedoca tem um x-men que troca pneus com o carro voando na reta sem ninguém ver.
. Não foi bem assim. O Bottas, nitidamente, poupou o carango e o Hamilton, sim, tentou encima do Riccardão Sorriso mas sifú. Posso dizer ? Não que eu tenha gostado mas que eu adoro o estilo de pilotagem do australiano, ah, é fera !
Aplaudi.

. Boa corrida e ainda faltam onze.



M.C.

Manu disse...

Quase chata também né?
Mas esteve melhor que muitas dos anos anteriores, certamente.

Abs!