24 de jul de 2017

F1 2017 - Hungria: a última antes das férias

Quando surgiu para a F1, lá no longínquo 1986, a ideia era de que o circuito de Hungaroring era travado demais.
Com apenas uma reta digna do nome e que era posta entre duas curvas quase intermináveis e cegas.
Não havia pontos de ultrapassagem aparentes.
Dizia-se que era extremamente cansativo física e mentalmente para os pilotos por ser de média/baixa velocidade, com muitas curvas e que exigia um nível de atenção muito grande.
À época, não foram poucas as críticas e xingamentos que o traçado recebeu.
O bode foi aliviado (por algum tempo) por conta da batalha épica e histórica entre Nelson Piquet e o outro brasileiro, que ao fim da batalha se recolheu humildemente após ter tomado, provavelmente, a ultrapassagem mais sensacional da história da F1 moderna.
Mas não aliviou tanto...
Todo ano as reclamações voltavam sobre o circuito ser travado demais, sem pontos e blá blá blá...
Se estes reclamões soubessem o que viria pela frente em termos de pistas ruins em lugares sem tradição sempre desenhadas por um certo alemão...

Para tentar melhorar a coisa, a curva 1 foi modificada e a reta de largada alongada para exigir uma frenagem mais forte e tentar estabelecer um ponto mais visível para uma ultrapassagem. Uma das variantes também foi retirada.

Deu e não deu certo.... Não há tantas manobras por ali, mas parte da culpa cabe aos carros que, ano após ano, pareciam correr em cima de trilhos.

Mas nestes trinta e um anos de corridas na Hungria, a história foi sendo escrita.
Além da ultrapassagem de Piquet em Senna, outros momentos importantes (e tensos) da corrida húngara. Vários envolvendo brasileiros que durante os primeiros anos da corrida, venceram bastante por lá
Piquet em 1986 e em 1987, quando uma porca se soltou da roda da Williams de Mansell quando o inglês liderava a corrida.
Em 1988 foi a vez de Senna, que voltaria a vencer em 1991 e 1992.
Barrichello venceria em 2002.

O incidente de Felipe Massa com a mola saída do carro de Rubens Barrichello em 2009 no qual o brasileiro então na Ferrari escapou bem por muita sorte.
Rubens Barrichello, pilotando uma Williams e sendo espremido por Michael Schumacher de Mercedes em 2010 onde, por pouco, não houve nada mais grave que um susto.

Apesar de ser um circuito que historicamente tem poucas ultrapassagens, Nigel Mansell partiu de décimo segundo para vencer com uma Ferrari em 1989.
Já Jenson Button, o motorista, venceu sua primeira corrida na F1 em 2006 largando de décimo quarto.
Alonso também teve sua primeira vitória em Hungaroring, assim como Kovalainen, e Damon Hill.

Alguns quase também foram memoráveis como o ano em que Damon Hill, pilotando uma modesta Arrows, teve problemas hidráulicos nas últimas voltas e acabou cedendo a vitória para Jaques Deusmelivre em uma Williams.
À três voltas da bandeirada, o motor de Felipe Massa explodiu e impediu que ele também ganhasse aquela prova.

E em trinta e um anos de corridas na Hungria, se não me falha a memória só choveu uma vez durante o GP de 2006, logo, é inútil pedir por chuva.

Um comentário:

Anônimo disse...

Bom dia, senhor Groo. Estava vendo um vídeo dos tradutores de direita sobre a feminização do homem europeu e, antes, tinha visto, horas atrás, 5:30 da manhã, que Naomi Watts( uma gata. Um gorilão pegou ela. O bicho está de volta como King-fu Kong ) e Liev Schreiber ( aquele homão todo que brigou contra o Wolverine, duas feras ! Ui !) fizeram. Vi uma menina com o ator na tal da Comic-Con vestida de Arlequina. Pensei: 'que menininha bonitinha...'. Não li a manchete com cuidado talvez por ainda estar sonado. Um pipizinho e após ver o gol do 2° time da Grobo no meu fluzãozinho, um café com pão e manteiga( café colombiano com açúcar mascavo, croissants e manteiga holandesa. Não estou poderosa ? Quê ? Eu sou macho !) eis que levo um susto. A menininha é um menininho ! De 8 anos.
A esquerda, através de um de seus ismos, o feminismo, quer deixar todos nós, machos, afeminados !
E dois idiotas úteis, apesar de ricos e famosos, fazem isso. Com o filho !
O problema( para o Rubs, que é socialista). Os caras do oriente tratam as mulheres com 2º posto diminuindo a importância feminina quanto mais a classe social enfraquecendo. Vemos isso aqui, Brasil, nordestinos e nortistas, mas somos ocidentais e deduduramos a 'prática'. Lá, nas Arábias, se você é um rico biliardário pode ter 3 mulheres e mais 11 só para o chacaxacanabuchaca. Um classe média pode ter duas e várias amantes...Um ricaço, lá, tinha um amante... um... Mas não existe viadagem por lá. Pobre é pobre em tudo quanto é lugar do planeta mas eis a merda instalada pela aquela coisa feia alemã, direita mais esquerda que existe. Quem está indo para as Zoropa ? Os pobres e ignorantes fús que não aceitam, devido a sua cultura, islâmica, mulheres de igual para igual ! Só que os alemães - os europeus também. E americanos do norte eeeee do sul( sim, nós), também. América Central é esquerdice - estão afeminados por anos e anos a fio pelo feminismo, politicamente correto e multiculturalismo, leia-se Marxismo Cultural. E aí, mais estupros coletivos na civilizada Alemanha dos dias de hoje ! De atigamente também, salvo os anos nazismo esquerdóide. E alguém pede ajuda, a volta dos machos de verdade ! Quem ? Não, não foi um machão, não. Foi uma linda jornalista dinamarquesa ! Muié de verdade. Fêmea, inteligente, que, ou nunca teve o cérebro lavado ou se lavado foi, agora está seco, limpo e conservado. E estão a trazere esta gente prá cá ! Psdbzinho ! Socialistas fabianos ajudando a ONU fabiana !
Bolsonaro é a solução. E menos esquerda nas câmaras, assembleias, senado e governança de estados.
. Ia me esquecendo de algo... AH ! GP da Hungria ! A segunda chatice da temporada. Pior que Mônaco, devido somente a beleza monegasca que engana, mas eliminaram duas curvas e a coisa ficou um pouquinho menos pentelha. E o que vale é a corrida e não a beleza do lugar, portanto, o 2º GP mais chato da temporada. Leremos.
. Gostei do que li. Nada a acrescentar só que GH-3 já ganhou cinco. Vetellino, O Esquentadinho, uma, nenhuma na época dos 4 títulos !
Interesting...
'Se GH-3 ganhar algo perigoso acontecerá ! A pressão na cabeça de Vettelino aumentará...', me disse, agora, mestre Ioda.



M.C.