1 de mar de 2013

Trovão: cortesia de Deus


Fugindo dos altos impostos ingleses, o Queen resolveu gravar seu sétimo álbum – Jazz - fora da Inglaterra e então alugou dois estúdios: o Super Bear, em Nice na França e o Mountain na cidade suíça de Montreux.
Mountain que, aliás, fica dentro do cassino eternizado na letra de Smoke on The Water do Deep Purple após pegar fogo em um show de Frank Zappa.
O disco marcava a volta da banda a um som mais cru e direto, menos teatral e até menos eclético com apenas duas faixas não calcadas no rock: Mustapha com ecos árabes e Dreamers Ball, que apesar do intenso trabalho de guitarra, remete ao jazz dos anos 30.
Porém, Brian May ainda estava descontente com o resultado final de uma das canções: Dead on Time, um rock tão rápido e faiscante que pode ser considerado o precursor do speed metal. Para o guitarrista ainda faltava algo.

Em uma tarde enquanto uma tempestade se aproximava da cidade de Montreux, Brian teve a ideia de gravar o som dos trovões para usar de alguma forma.
Pediu ao então roadie da banda Peter Hince que providenciasse um gravador e o posicionasse na sacada do hotel. Outra versão diz que Brian saiu às ruas com o gravador em punho, mas o resultado seria o mesmo.
Segundo Hince a natureza caprichou tanto na qualidade dos trovões quanto na quantidade de chuva e infelizmente – para os dois – o gravador não era impermeável e após o aguaceiro o equipamento ficou praticamente imprestável salvando-se – por milagre - apenas um trovão dos tantos gravados.
O trovão foi colocado estrategicamente ao fim de Dead on Time e nos agradecimentos na ficha técnica do disco pode-se ler: Thunderbolt courtesy of God.

5 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,

Eis aí uma das melhores bandas da história do rock.

Quanto a essa história, não conhecia.


abs


Anônimo disse...

... bom, muito bom. Mas o "Jazz" aí, pelo menos nesta música, aparece bem pouquinho. Um JAZZ do Queen, tá. Jazz mesmo, Bring On The Night (1986), Sting. Fantástico...



M.C.

Anônimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=DyoFQimGFdw


Presente.


M.C.

TW disse...

Queen é minha banda favorita. E de milhões de pessoas pelo mundo. Eles são um verdadeiro marco na história do rock mundial.

E em outubro deste ano, este álbum completará 35 anos.

Rafael Schelb disse...

Brian, genial como sempre!