Postagens

F1 2018 - Abu Dhabi: Vaza, Alonso

Imagem
O GP de Abu Dhabi de 2018 marca algumas despedidas além da própria temporada. Marcus Ericsson, Esteban Ocon, Vandoorne, Sirotikin e o principal: Fernando Alonso.
Quando uma temporada se encerra, geralmente fica um gosto de “quer mais”, uma certa nostalgia e um pequeno sentimento de tristeza por saber que vai demorar alguns meses para voltar a ter corrida.
Não neste ano.
2018 não deixa saudades.
Um campeonato marcado por um domínio (mais um) da Mercedes, com Hamilton sem nenhuma oposição dentro do time.
Bottas é um completo inútil.
Nos outros times, menos ainda: A Red Bull tirou o ano para sacanear Daniel Ricciardo, a Ferrari foi a maior fake News do ano e teve em Vettel um completo aparvalhado na luta (desigual) que travou e a McLaren... bom... A McLaren que se foda.

O próprio GP da Abu Dhabi é algo insosso e irrelevante, mas ganha notoriedade apenas na carreira de Alonso.
Fernando perdeu um campeonato lá por ficar preso atrás de um russo manetão e agora encerra sua participação na F1…

F1 2018 - Brasil: Como é lindo Interlagos (e como é burro o Ocon.)

Imagem
Poucas pistas ao redor do mundo tem a topografia, a beleza, a seletividade de Interlagos.
Dentro do Brasil, quem, qualquer um, que pense, que ache que sua cidade (com pista ou sem) pode substituir de forma minimamente decente Interlagos e São Paulo como sede do GP do Brasil de Fórmula 1 ou é bairrista ou não gosta (e não entende) nem um pouco de automobilismo.
Pouco importa se o campeonato tem aportado por aqui já decidido.
Dane-se que o campeão já é conhecido... Se ele não ganhar em Interlagos, é só meio campeão.
Ainda que tenha vencido Spa, Monza, Mônaco ou Silverstone.
Se não venceu no quintal da minha casa, é bobão.

E Lewis fez a pole.
Se é meio caminho andado para vitória, também não é garantia de nada.
E a largada, com aquele S logo à frente esperando um erro, foi limpa.
De mais importante, Bottas fingindo que é piloto e ultrapassando Vettel pela segunda posição no contorno do S.
Pouco atrás começava o show do holandês Verstappen: Passou como quis pelo Kimi, depois pelo Vettel e…

F1 2018 - México: Campeão na corrida que o representa

Imagem
Nunca fui muito fã desta nova configuração do traçado mexicano.
A mutilada que deram na Peraltada deixou o circuito comum, banal... Com uma reta descomunal, é verdade, mas só...
E pelo segundo ano, este traçado xoxo vai decidir o campeonato.
Decidir é uma palavra forte e, cá entre nós, sem sentido neste campeonato já decidido.
A corrida mexicana vai, no máximo, por ponto final a disputa do campeonato.

A pole de Ricciardo, seguido de perto por Verstappen, foi a confirmação de que ai os Renault não se ressentem de falta de potência.

A terceira posição de Hamilton e Vettel largando de quarto davam um molho especial de tensão.
O longo trecho até a primeira curva ajudava, mas...
Limpa.
Ainda que Hamilton tenha se colocado entre as Red Bull e ficado com a segunda posição após a primeira curva, não houve a bagunça que todos esperavam que pudesse embolar um pouco a corrida.
Na verdade, o que aconteceu foi uma largada horrorosa do pole Ricciardo.
Seguia Max na frente, Hamilton atrás com Riccia…

F1 2018 - EUA: Esticando a agonia

Imagem
Sempre disse e continuo dizendo que não sou grande fã desta pista americana de Austin.
O copy and paste feito por Tilke não lhe garantiu alma. Não tem graça.
Fora o fato de que, pelo menos, não é uma pista de rua sem possibilidades de ultrapassagem, não vejo nada lá que justifique o alto grau de babação de ovo por seu traçado.
Junto com a monótona lista de vencedores em seus seis anos de existência (cinco vitórias de Lewis e uma de Vettel) é possível afirmar que para vencer lá, basta ter o melhor carro. Ou seja, é uma pista de resultados óbvios.

Para esta edição, mais obviedade: Lewis larga na pole, mais uma e isto porque seu carro nem é o melhor (ironia).
Por uma punição dada em um dos treinos livres, Vettel larga em quarto lugar já que perdeu três posições e só conseguiu um segundo lugar na classificação.
Pior ainda para Max Verstappen que foi punido por ultrapassar os limites da pista em uma das curvas com a quebra da suspensão traseira ao passar por cima de um “quebra molas” apeli…

F1 2018 - Japão: monotonia prevista e comprovada

Imagem
Depois da vexaminosa corrida na Rússia, a próxima parada era a pista tradicional – e espetacular – de Suzuka.

As corridas por lá, já tem algum tempo, tem sido monótonas e, penso eu, que seja pelo motivo apontado pelo amigo Márcio Kohara: Suzuka tem uma pista seletiva e desafiadora para voltas rápidas, mas para disputas, não favorece muito por conta da carga aerodinâmica usada para equilibrar de forma igualitária em seus diversos trechos.
E este ano não parecia ter motivos para achar que seria diferente.
A – oitava – pole de Lewis Hamilton (e ainda há quem diga que ele não tem o melhor carro, mas está em um “momento iluminado de pilotagem” corroborava totalmente.
Para ajudar, o escudeiro na segunda posição e os carros que estão mais próximos, mas ainda assim a quilômetros de distância largavam em quarto e nono depois de uma senhora burrada na qualificação.

A largada limpa foi seguida por um volta sem surpresas até que Kevin Magnussen, sabe-se lá porque, resolve aplicar um breake test n…

F1 2018 - Crônica do GP: Entendedores entenderão

Imagem
Pinçando apenas três dos mais lembrados caso de interferência em resultados, houve muitos outros, podemos ter uma pálida ideia do quanto é importante para o esporte (F1) ter mais corridas em palcos tradicionais e com torcedores de verdade nos autódromos.

Cenário: GP da Áustria de 2002.
Personagens: Michael Schumacher e Rubens Barrichello e Ferrari.
Enredo: Rubens vai à frente dominando a corrida como já havia dominado os treinos e Michael vem logo atrás.
Plot Twist: a direção da Ferrari, nas pessoas de Ross Brawn e Jean Todt acessam o rádio do carro de Rubens e mandam que a posição se inverta pelo bem do campeonato.
Rubens, na última volta, quase na linha de chegada dá a posição.
Resultado: uma sonora vaia.

Cenário: GP da Alemanha 2010.
Personagens: Fernando Alonso, Felipe Massa e Ferrari.
Enredo: Massa vai à frente de Alonso em busca do que poderia ser sua primeira vitória após o acidente com a mola.
Plot Twist: a equipe, desta vez na voz de seu próprio engenheiro, Rob Smedley, entra…

F1 2018 - Russia: armação contra o sono - ou - Bottas é segundovisky

Imagem
Sochi e aquela pista que não tem por que caralhos estar no calendário.
O público não vai, os espectadores não gostam, não acrescenta nada e sempre, sempre resulta em uma corrida chata, sonolenta.

Outro detalhe? Desde sua primeira edição, nunca um piloto que não corresse pela Mercedes subiu ao lugar mais alto do pódio.
Lewis venceu duas, Nico Rosberg uma e Valteri Bottas na última.
A pista é um treco asséptico com um asfalto tão liso que, por exemplo, Lewis fez oito voltas com o pneu mais macio de todos antes de cravar a volta mais rápida em um dos Q´s da qualificação.
Com isto em mente, a pole de Bottas com Lewis na segunda posição para largada já é meio caminho andado para a sonolência e previsibilidade.
Ah, mas as Ferrari estão na segunda fila.
Hum... Quer dizer que nas pistas em que a Ferrari tinha total privilégio deu Mercedes e nesta que a Mercedes é total dominante a Ferrari pode surpreender? Está certo...

E nada aconteceu.
Largada limpa com Vettel pressionando ma non tropo e lo…