Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Fim de ano / Ano novo - Obrigado a todos

Imagem
O ano vai chegando ao fim e eis que estou aqui para deixar a todos os amigos que fiz aqui neste espaço - não vou citar nomes porque graças a Deus são muitos - os votos de um ano novo maravilhoso, com tudo que este desejo pode conter: Paz, felicidade, prosperidade, harmonia, saúde...
E que venham também os problemas, por que não? O que seria da vida sem os desafios? São eles que nos movem.
É utopia pensar que em um ano inteiro não iremos ter nenhum percalço, mas que também venha junto sabedoria para sobrepujá-los e, novamente - no fim do ano - rir deles como se nada fossem.
Agora tiro uns dias de sossego, até o dia 3, pelo menos... Mas deixo aqui – como atestado da preguiça que o fim de ano sempre nos dá (hehehe) um conto publicado originalmente em 2008 e que fala das promessas de fim de ano que algumas pessoas sempre fazem, mas cumprir que é bom... Volto em 2011 e prometo que não mudo muita coisa por aqui. Se isto é bom ou ruim, vocês decidem.
Um FELIZ ANO NOVO a todos os meus amigos e le…

Voa?

Imagem
-Tio, me ajuda com uma coisa?
-O que cê precisa?
-Eu quero escrever um e-mail. -Te ajudo sim... Mas, quer que eu escreva o e-mail pra você?
-É!
-Pra quem é?
-Pro Luan Santana.
-Quem?
-O Luan Santana, tio... O cantor que eu mais gosto!
-Mas não era do Reestart que você gostava?
-Era... Mas aquilo é muito ruim... Coisa de criança.
-Ah, e você com seus onze anos é muito adulta, né?
-Vai me ajudar ou não?
-E por que você mesmo não escreve?
-Quero que fique bom.
-Tá... O que quer que eu escreva?
-É assim... Tem uma promoção que pede para gente dizer no e-mail o que mais impressiona no show dele... Quem escrever o melhor texto ganha um dia junto com o Luan e ainda vai ver o show do palco! Não é o máximo?
-Bem... Pra quem gosta... Mas como posso te ajudar? Nunca vi este cara. Nem sei quem é.
-Eu mostro. O you tube tá cheio.
-Mas não devia ser o que você sente?
-Ah, tio... Mas eu sou fã... Vou escrever como fã e vai ficar igual a todas as outras fãs que entrarem na promoção, tipo: te acho lindo, você é demais, …

Conto de natal - Desejos são desejos...

Imagem
Sempre que ia passear na região do Parque Dom Pedro, em São Paulo, ficava encantado com os armazéns importadores de secos e molhados. Desde muito pequeno.
Os aromas, a variedade de produtos como azeitonas, azeites, vinhos, vinagres, queijos e principalmente: mortadelas.
Mas não de uma forma comum, encantavam mais pelo fato de estarem dependuradas no teto.
Passava por baixo das “bexigas” de mortadelas e peças de queijo provolone enormes sustentadas apenas por um cordãozinho. Porém o sentimento que tinha não era de medo. Não temia que uma das peças despencasse lá de cima e acertasse sua cabeça, mas um troço confuso. Queria agarrar uma das peças e arrancá-la. Sair correndo do armazém com a mortadela nas costas.
Óbvio que não precisava disto, nunca precisou.
Se pedisse quando criança, provavelmente, seu pai teria comprado uma delas e lhe daria de presente. Um presente não convencional, mas um presente.
E agora, depois de crescido, já formado e muito bem empregado, uma peça de mortadela qu…

F1 Popular

Imagem
Noticias Populares, o popular NP, foi um jornal super-ultra-mega sensacionalista que circulou em São Paulo de 1963 até janeiro de 2001. Sua linha editorial era pautada no trinômio: sexo, violência e crime.
Diz a lenda que se o jornal fosse torcido assim que comprado em banca, pingava sangue.
A linguagem era popularesca e a mais direta possível.
Não raro encontrávamos em seus textos nomes no aumentativo dos personagens da reportagem. Quando não, apelidos.
Um clássico exemplo foi a cobertura – que durou semanas – do nascimento do “bebê diabo” em São Paulo. Durante o período em que a história ganhou a capa do diário o médico que fez o parto foi passando de – não me lembro o nome correto – Dr. Jorge, depois Jorge; Dr. Jorjão e por último Jorge do Capeta...

Este post – menos que uma homenagem – é uma tentativa de emular o que fazia o jornal ao abrir manchetes dar notícias, porém tendo como pano de fundo a F1... E claro, fica como homenagem também.

F1 Popular.“Di Grassi não é mais virgin”.
Lucão n…

Entrevista com o viad... Digo... Luca Di Montezemolo

Imagem
Um homem, um mito, uma força acima do bem e do mal...
Todas estas apresentações já foram usadas para descrever Luca Di Montezemolo, eu prefiro velho safado mauricinho e como ele não vai ler esta entrevista mesmo, é esta que vai ficar.
Luca Di Montezemolo: -Você é il Fabio Campos?
Ron Groo: -Não, eu sou o Ron Groo...
LDM: -Você escreve no Blogf-1 ou no Ultrapassagem?
RG: -Não, eu sou do Blig Groo, conhece?
LDM: Io no leio questas porcherias... Só os dois que falei.
RG: -Pera ai porra... Eu que entrevisto!
LDM: -Si, si... A delante. Non vai ficar bom, mas se você quer assim...

RG: -Como você reage aos comentários de que comanda uma máfia...
LDM: -Io no comando! Apenas sugiro.
RG: -Sei, sei... E ai de quem não acatar a sugestão, né?
LDM: -Manda quem pode, obedece... Bem...

RG: -Os novos rumos que a FIA quer dar a categoria fala em motores turbo para diminuir a emissão de poluentes e fazer da F1 uma categoria mais verde. O senhor é contra. Por quê?
LDM: -Porque io no gosto de verde, só de rosso.
RG: -Ah…

Noel, cem anos

Imagem
Esta semana, por pura falta de sensibilidade deste que escreve, passou em branco o centenário de um gigante da nossa cultura. De um ícone, de um cânone do samba.
Precursor do que hoje chamamos de MPB: Noel Rosa.Dele pode se contar varias histórias.
Desde a famosa bronca na mãe em “Com que Roupa” até a polêmica com Wilson Batista que rendeu entre outras “Feitiço da Vila”.

Boêmio inveterado gastava tudo que ganhava com bebida e mulher, por isto vivia sempre a nenhum, como se dizia na época.
Com os poucos e minguados trocados que vinham das composições e da mãe, porém um dia lhe apareceu a chance de ganhar um dinheiro um tantinho melhor: uma excursão com Francisco Alves, Mario Reis e outros grandes nomes do samba pela Argentina e Uruguai.

Chico Alves - zeloso e perfeccionista - exige que a trupe toda se apresente pelos teatros afora com smoking completo, novo e principalmente: limpo.
Noel, que pouco ligava com a própria aparência apareceu ao primeiro show com um terno tipo Summer, mas todo ama…

Oscar F1 2010 - Fomos sabotados....

Imagem
Pois é... Nós, Felipe Maciel e eu, iríamos fazer uma grande festa para divulgar os ganhadores da votação popular do Oscar F1 2010, mas gorou...
Mesmo guardando as informações a sete chaves, a Academia foi invadida pela CIA e o FBI que pensava que fôssemos parceiros das ações do Wikileaks...
Não só invadiram a Academia como também divulgaram todas as nossas premiações com comentários jocosos... Abaixo o que foi divulgado.
Sobre o melhor curta metragem de animação:

“-Mesmo sendo uma votação popular não podemos deixar de notar algumas coisas no resultado como, por exemplo, ter apenas dois concorrentes. Por fim, a vitória de Hamilton/Button na Turquia mostra que o povo não gosta de
Barrichello nem quando ele consegue ultrapassar o alemão.”. Sobre os efeitos visuais:

“-É possível ver que a votação que levou à vitória Mark Webber,
neste quesito se deu não porque os outros tais efeitos não fossem
suficientemente bons, perigosos ou espetaculares, mas por que este efeito foi,
sem duvida nenhuma, o melh…

Layla you've got me on my knees...

Imagem
Quem disse que canções de amor têm de ser melosas?
Quem inventou isto nunca ouviu “Layla”.
A canção gravada no disco Derek and the Dominos de 1970 e que na realidade é o primeiro disco solo de Eric Clapton é uma ode ao amor não correspondido.

Após tocar com os Yardbirds, John Mayal´s Bluesbrakers, Cream e até – por pouco tempo -com o Blind Faith, Eric resolve se lançar solo e convida alguns colaboradores para ser seu time de apoio.
Diz a lenda, que após a primeira apresentação do grupo alguém perguntou a Eric qual seria o nome da banda.
-Eric and the Dynamos. – respondeu o guitarrista.
-Como? Derek and the Dominos?
-É, é... – e sai andando.
Se não era, ficou sendo.

E neste primeiro disco, Eric que sempre foi chegado a fazer de suas canções válvulas de escape para seus sentimentos, cunha uma das mais memoráveis canções de amor não correspondido da história: “Layla”.Feita para Patti Boyd que à época era esposa de George Harrison - um dos melhore amigos de Eric - que parecia preferir “Something”

E liberaram o jogo de equipe...

Imagem
Na residência de certo piloto brasileiro toca o telefone...-Alguém atende esta porra ai... Tem ninguém para atender ao telefone não? – resmunga – É por isto que eu gosto de ficar em Maranello e nem vir pra casa... Lá, se toca o telefone e eu vou atender, logo vem um e pede pra eu deixar o Fernando atender, aqui ninguém nem vai... – e quando finalmente atende, ouve.
-Alô? É da casa do Felipe Massa?
-É sim... Quem ta falando?
-Poxa, Felipe... Sou eu, Stefano...
-Domenicalli? Porra, Domenicalli... Tô de férias!
-Eu sei, eu sei... Mas precisava falar com você.
-Diga!
-Leu os jornais ou algum site hoje?
-Sobre?
-Sobre F1, né? Alguma outra coisa te interessa?
-Catho on line...
-Catho on line? Aquele site brasileiro de recolocação profissional?
-Isto... Mas deixa pra lá... Não li não... Por quê?
-Não viu nada sobre as resoluções da FIA quanto às regras do automobilismo e da F1 para 2011?
-Não... Não vi...
-Pois é... Agora vale.
-Agora vale o que?
-Agora vale o jogo de equipe.
-Vale?
-Vale! Tá lá no documento.
-…

Reporter do trânsito em cidade pequena

Imagem
No começo da manhã.
-Bom dia. Hoje é feriado em nossa cidade - dia da padroeira - mas nem por isto o trânsito melhora. Há pontos de lentidão em duas das principais avenidas da cidade – marginais esquerda e direita do Ribeirão Tiburcio - por conta de enormes procissões que seguem rumo à igreja matriz. Um dos três carroceiros da cidade reclamou a esta reportagem que ficar com o cavalo parado para a passagem dos fieis trás enormes prejuízos: "-A gente fica parado aqui e o cavalo vai comendo tudo que tem no embornal, o capim é difícil de achar e a aveia tá muito cara. Sem contar que quando fermenta dentro do embornal e o cavalo come, fica doidão..."
O prefeito não foi encontrado para explicar porque não há planos de trânsito alternativos...

Ao meio dia -Agora há um congestionamento monstro na avenida principal, bem como nas marginais esquerda e direita do Ribeirão Tiburcio. No momento há uma carroça na curva do bar do Pinduca com um eixo avariado e os três ônibus da cidade estão im…

Coisas que irritam

Imagem
Ninguém gosta de bandas de churrascaria, isto é fato. Sei por que já fui um músico de churrascaria.
Tolera-se.
E de muito mau-humor, diga-se, já que ao final da noite ainda se tem de pagar o maldito couvert artístico. -Garçom!
-Pois não?
-Que são estes vinte por cento aqui?
-Couvert artístico...
-Mas eu não comi couve nenhuma...
-Não senhor... Couvert... É a porcentagem que cabe a atração artística da casa...
-Mas eu não pedi atração artística nenhuma, e até onde pude perceber, de artístico este cantor ai não tem nada...
-Infelizmente senhor, é cobrado.
-Mas eu não pedi!
-Mas consumiu...
-É... Tá certo. Da próxima vez enfio o miolo do pão nos ouvidos, ai não consumo e quero ver você cobrar...
-Cobraremos pelo pão, senhor...
-Então não venho mais aqui...

E nem é só em churrascarias que temos os cantores, grupos, duplas.... Nas pizzarias também e com agravante... Às vezes é arriscado encontrar grupos de tarantela.
-Uma “mezzo margherita, mezzo quatro queijos”, por favor...
-Sim signore...
E entra o grupo…

O anuncio de Luca di Montezemolo

Imagem
-Signoras e signores, io estou aqui para fazer il anuncio que tanto estão especulando nestes dias... Nom pode um uomo discreto como io dizer que vou declarar algo e já começam as especulaciones...

Pausa recheada de murmúrios.

-Falam que io vou me aposentar... No, io no vou aposentar nada! Veja il exemplo de Bernie Ecclestone. Quello vecchio farabuto tem 80 anni e ainda está lá... No vou dizer firme e forte porque ele andou tomando umas porradas ai e nem reagiu... Eu reagiria... Mandaria mios companheiros, tutti buona gente, pegar quem me bateu... Se bem que io non ia andar por ai sem guarda-costas... E o mio seria mais bonito que o Kevin Costner..

Pausa recheada de murmúrios de indignação.

-Dizem que vou comprar uno time de calccio no Brazile... Que absurdo! Io ia sair da minha querida Itália onde tem Juve, Roma, Lazio, Inter, Milan para ir ao Brazile comprar o que? Curintia? Ah para! Que absurdo! E tem mais... Uns russo loucos ai tentaram comprar quella porcheria e quase foram presos... …

Cruisin´

Imagem
-Eu não deveria estar aqui.
-Todo mundo diz isto. Pode falar, sua hora tem quarenta e cinco minutos.
-Uma hora não tem sessenta minutos?
-Não de psicanalista.... Então é melhor falar. -Eu não deveria estar aqui... Só porque não gosto de musica?
-Mas gostava. Estou errado?
-Até que não. Eu gostava, até estudava um pouco...
-O que houve então?
-Não sei...
-Vamos tentar descobrir... Disse que estudava?
-Sim...
-Que instrumento?
-Não, nenhum... Eu estudava história da música.
-Clássica?
-Pop.
-Antiga?
-Contemporânea
-Que interessante... E o que aprendeu?
-Muitas coisas... Aprendi que Elvis Presley, por exemplo, foi o responsável pela liberação do corpo. Que antes dele não se dançava.
-Não?
-Ao menos os brancos não...
-Continue...
-Descobri que foi Dylan que liberou a mente do ouvinte quando o fez pensar.
-Mesmo? Como?
-Interrogando o ouvinte: “How does it feel?”
-Interessante... O que mais descobriu?
-Que Marvin Gaye, por exemplo, fez política com um disco que também pode ser considerado altamente sensual, se voc…

Schumacher? No fun...

Imagem
Ele não precisava sair, mas saiu.
Então não precisava voltar, mas voltou...
Não se sabe ao certo nem o motivo da ida, muito menos o da volta, mas... Dá-lhe expectativa!
Afinal estava em uma equipe de nome, que vinha com estrutura e pessoal da última campeã.
No começo se achou que ele demoraria uma, duas ou três corridas para voltar a pegar a mão de pilotagem.
Normal, se pensar que estava há anos parado.
O campeonato começou e como se esperava, os resultados do companheiro de equipe foram ligeiramente melhores.
-Mas aguardem! – era a voz corrente.

Aguardamos e nada de melhoras então surgiu o termo “se divertindo” para descrever suas corridas.
Era: “esta se divertindo” para lá e para cá.
Quando tomava tempo do Rosberg.
Quando tentava jogar Felipe Massa para fora da pista no Canadá.
Quando foi punido em Mônaco por ultrapassar fora das regras.
Quando espremeu o 1B no muro em Budapeste e nem assim evitou a ultrapassagem. (Ele eu não sei, mas eu me diverti).
Quando tomou passão do Koba em Cingapura.
Quand…

Uma foto curiosa

Imagem
Grahan Hill e família. De um tempo onde ainda era possível ver as famílias dos pilotos nos pits.
Onde as mulheres, goste-se ou não, apareciam recatadas e vestidas de maneira sóbria.
E nem precisavam ser bonitas para estar lá...

Era uma época em que um campeão podia levar seu filho as corridas para que ele tomasse contato com a coisa e talvez se animasse a seguir carreira.
O pior que podia acontecer era o moleque querer ir para o meio da pista, ou entrar em um dos carros e querer sair dirigindo.
Para tanto Mr. Grahan Hill tinha a saída, embora o barulho dos motores atrapalhasse demais a comunicação:
-Coloca este moleque em uma mala... Pra ele não entrar na pista e nem nos carros...
-Que mala?
-O Damon... Põe ele na mala.
-O Damon é “mala”?
-É...
Embora não seja e nunca tenha sido um “mala” o sósia de Oswaldo Montenegro

Embora o perigo fosse infinitamente superior dentro das pistas - segundo Emerson Fittipaldi os carros não passavam de grandes banheiras lotadas de gasolina - os riscos do padock era…