Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Feliz ano novo: bem vindo a 1965

Imagem
Em 1965 havia um grupo denominado “folkies” que eram ligados a organizações que protestavam em favor dos direitos civis, contra o racismo, o machismo e – principalmente – em favor das liberdades individuais.
Sua trilha sonora era a música folk (daí sua denominação) e tinham em Joan Baez, Arlo e Woody Guthrie seus representantes musicais.
E a então nascente estrela Bob Dylan era seu ídolo contemporâneo para que a continuidade do movimento fosse garantida.
Em suas letras, Dylan versava sobre coisas caras aos folkies e suas músicas, assim como a de Joan e Woody, eram embaladas apenas por instrumentos acústicos para valorizar as palavras e deixar a mensagem inteligível para o maior número de pessoas possível.
O sucesso radiofônico de Dylan o transformou em um semideus para este público.
Seus discos vendiam muito e a reputação politizada ajudavam a difundir a cena folk, seu estilo e seus protestos.

Em 1959 numa ação genial, o cantor Peter Seeger e o futuro empresário de Dylan, Albert Gross…

I ll be back soon

Imagem