16 de set de 2013

Dois assuntos legais do fim de semana (que começar só com lixo não dá)

Em entrevista dada à Galvão Bueno, Felipe Massa disse estar confiante em encontrar um lugar em uma equipe competitiva.
Falou em Lotus e suas conversas adiantadas, mas o falastrão mor entregou que também há conversas com a McLata.
Ok...  Até ai tudo bem.
Na Lotus, claro, na vaga deixada por Kimi Raikkonen, nenhuma surpresa, mas e no time de Woking?
No Lugar de Perez, que ainda não teve o contrato renovado e vem sido criticado?
Por que não?
Ou no lugar de Button que anda reclamão, rabugento e apagado?

Se sair Sérgio Perez a Maclata perde por um lado e ganha por outro.
Massa não tem o histórico de burradas do mexicano, mas também não tem a juventude.
Perez ainda pode – embora seja difícil – evoluir.

Já no caso da saída de Button não haveria desvantagem nenhuma.
Afinal, chove em poucas corridas durante o ano.

Perguntado se vai ou não ajudar Alonso nas últimas corridas do ano, Felipe foi categórico em dizer não.
Tá certo.
No momento tem mais é que SE ajudar.
Mas para minha decepção, também não vai atrapalhar o asturiano marrento... A Ferrari vai deixar o carro dele tão potente e atualizado quanto um Fiat Mille.
Esta massa é pelo fim de semana. Comida oficial do domingo. Não sou tão óbvio...

Mudando de assunto.
O primeiro fim de semana do Rock in Rio trouxe duas constatações bacanas.
O rock teve lugar sim.
Autoramas, Mark Ramone e o Offspring trouxeram as guitarras, o bom humor, o peso, a contestação e a critica para o palco. Ainda que o Sunset.
E cabe a reflexão: Aqueles caras que fizeram roda de pogo e pularam uns nas costas dos outros, cantaram juntos e tudo o mais, são os mesmos que se encontram nos estádios de futebol e saem na porrada só de se olharem. Vai entender...
Por isto eu sempre digo: mais rock, menos futebol.

Ah... Eu não tenho nada contra a presença de tipos com a Berenice no palco Mundo do evento.
Pelo contrário. É a presença deste tipo de artista que atrai gente, vende ingresso e proporciona a chance de termos coisas muito boas como Mark Ramone, Sepultura, Autoramas, Living Colour, Rob Zombie... Que por mais legais que sejam – e são muito – não rendem a grana que a organização espera.
Mas na boa? A Berenice não passa de uma versão americana da Anita.
Ou seria o contrário?
Tanto faz... É tudo ruim.

5 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,

Vamos ver o que acontecerá com Massa. Daqui pra frente ele terá que arrumar grana para continuar correndo. De uma maneira ou de outra, vai virar piloto pagante...


abs

Rafael Schelb disse...

Ainda acho essa história da McLaren difícil de rolar. Pra mim, ou é Lotus, ou nada, e tá mais com cara de ser nada...

Vander Romanini disse...

Fato!!!
Entendi que enquanto a massa "burrificada" compra ingresso pra ver as Berenices da vida, os organizadores contratam coisas boas pros que pensam um pouco mais??
Hum... Vantajoso isso!!!
Grande texto!!!

Francisco J.Pellegrino disse...

Lotus e McLaren são boas opções para ele, fica + uns 2 anos na Formula 1 até aparecer alguém mais competente por aqui...Quanto ao rock no sabado tava bom....

TW disse...

é tudo péssimo mesmo Groo. E como você disse, Felipe não terá seu carro atualizado