22 de jun de 2014

F1 2014 - Áustria: o retorno.

O retorno de uma pista tradicional ao calendário é sempre bem vindo.
E uma pista como a da Áustria é ainda mais bem vinda.
Áustria retornado e com uma Williams na pole muito mais.
Williams na pode e também na segunda posição então...

E a largada segura de Felipe Massa, junto com a agressividade de Bottas retomando a segunda posição após ser ultrapassado por Rosberg só foram superadas em beleza pela largada alucinada de Lewis Hamilton, que pulou de nono para quinto e já na segunda volta passou em quarto lugar.

Então a corrida entrou naquela zona morta de poupança de combustível e voltas um tanto mais lentas e trenzinhos.
Carros de primeiro a quarto separados por pouco mais quatro segundos, mas sem agressividade.
Apenas o Bottas tentando aproveitar um cochilo da Mercedes rosa, mas sem efetividade.

O que ficou bem claro foi que a Williams montou uma estratégia para garantir ao menos um pódio com o terceiro lugar abrindo mão de brigar – seja na pista, o que era muito mais difícil, seja nos boxes - com as Mercedes.
Errado?
Não...
As Mercedes estão em outro nível em relação a todos os outros times e só problemas técnicos ou burradas de seus pilotos é que podem tirar suas vitórias.
Como torcedor (da Williams, claro) gostaria de ver mais ação, mas dá para entender perfeitamente a situação.

Sem mudanças até o fim da prova, o destaque ficou por conta do quinto lugar de Fernando Alonso.
Destaque?
Claro... Atrás de todo mundo.
Chupa Alonso.

De qualquer forma, uma corrida interessante e justa. Dentro do que é possível no atual cenário de forças.
Seja bem vinda de volta, Áustria.
Que fique muito tempo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Alonso, foi quarto. Chupa Vettel!

Marcelonso disse...

Groo,

Saudamos o retorno de pistas históricas. Pena que dessa vez a corrida não esteve a altura do palco.


abs