29 de out de 2014

E concordando com Mario Andretti...

Todo ano quando chega esta época, a do GP de Austin nos EUA, Mario Andretti, o único americano que prestou na F1 dita “moderna” dá suas declarações visando “ajudar” a categoria.
Ano passado disse que seria interessante que as equipes tivessem um carro a mais nas corridas para oferecer aos pilotos da casa...
A ideia não era ruim, mas convenhamos, seria difícil achar um piloto malaio para cada equipe, por exemplo...
Este ano ele disse que a F1 precisa dar uma “relaxada”... Que está muito travada e sisuda.
E não é que é?
É...
E como o BligGroo anda numa vibe de ajudar também (procure ai, só este mês já teve uns três textos com esta temática...) vamos às sugestões para o tal relax...

 

Que tal permitir passeio pelo padock pra todo mundo?
Ia ser legal vendo nego fazendo self com bico, pneu...
Se marcar, as equipes podem até dar umas flanelas pro povo que está lá de bobeira que eles vão de boa tirar o pó dos carros, lustrar... Eu iria na Williams de boa varrer o box.

Acabar com o treino de sexta que não vale pó**a nenhuma mesmo e instituir o Lingerie Day.
Claro!
Todo piloto agora coloca a patroa nos boxes e a TV às vezes perde coisas legais da pista para mostrar as ditas.
Vamos unir o útil ao agradável! Bota as tias de lingerie que a audiência aumenta.
E aposto que vai vender mais ingresso também.
Só um adendo: Não estenda para o povo das equipes que ninguém merece ver a Monisha da Sauber de calçolão...

Sorteios são outra grande pedida...
O cara guarda o canhoto do ingresso e pode ganhar pedaços dos carros que baterem durante a prova.
Pastor Maldonado seria a garantia de que não ia faltar material para sortear.
Na NBA tem aquelas paradas de sortear alguém do público para tentar fazer cestas de três pontos ou do meio da quadra e o cara ganha camisas do time da casa, material promocional...
A F1 poderia copiar e no domingo, antes da largada, sortear alguns torcedores locais para tentar fazer uma volta no mesmo tempo da pole position, por exemplo.
Se começar a encalhar demais os prêmios é só mudar e pedir para o sorteado fazer o mesmo tempo da última do grid...

Se bem que... Para aumentar o público basta produzir corridas mais interessantes e em pistas melhores, baixar o preço do ingresso... Garanto que mais gente vai.

2 comentários:

Julio André disse...

Ô sr. blogueiro... Tem certeza que a foto ai não se refere a travestis?

Marcelonso disse...

Groo,

Ingressos mais baratos, o retorno de pistas tradicionais maior integração com o público seria o ideal para nós, mas não para Ecclestone.

abs