26 de jan de 2015

CSI Buenos Aires

Cena de abertura: (“Who are you? U u u u.)

O corpo está jogado no chão do banheiro quando a equipe no CSI Buenos Aires chega.
-O que temos? – pergunta o investigador ao policial militar que atendeu a ocorrência.
-Homem, branco, 51 anos. – responde o policial.
-Aparente causa da morte?
-Tiros... Dois.
-Alguém mais no apartamento?
-Só o secretário de segurança do país.
-E quando ele chegou?
-Não sabemos...
-Obrigado assumimos daqui...
A equipe entra e começa a coletar material para investigação.

Alguns minutos depois deixam o local do crime e partem para as declarações esperadas para a imprensa.

-Muito bem... As investigações vão continuar, mas até o presente momento o que encontramos foi: um corpo com duas perfurações por projeteis disparados por arma de fogo. Também encontramos as portas destrancadas, portanto: nenhum sinal de arrombamento, uma pegada e uma digital que não combinam com as da vitima. Ninguém suspeito foi visto no local, apenas o secretário de segurança do país, que num ato patriótico e de desprendimento e apesar das denuncias que a vítima tinha a fazer sobre sua superior, acionou a policia após encontrar o corpo.

-E o que apontam os exames do material recolhido na cena? – perguntou um repórter.
-Bem... Não havia resíduo de pólvora nas mãos da vítima.
-Alguma coisa mais? – quis saber outro repórter.
-Encontramos uma lista de compras de supermercado a se fazer na próxima segunda.
-Quantos tiros foram mesmo? – ainda outro repórter.
-Dois.
-Dois tiros, sem vestígios de pólvora nas mãos, lista de compra futura, pegada e digital, nenhum arrombamento, mas as portas estavam destrancadas... O que dá para concluir?
-Que foi suicídio.
-Suicídio?
-Sim... Alguém suicidou ele.

Cena congelada sobem os créditos e entra a trilha final: (“We don´t get fooled again...”)

9 comentários:

luis marcelo iriarte disse...

é Muito claro que suicidaran ele. Alqguém que quería perjudicar a presidenta prejudicou quem ia perjudicarla


Entendiste pibe?

Anselmo Coyote disse...

Oh!!

Marcelonso disse...

Groo,

A situação está tão ruim que a presidente acabou por voltar atrás em sua declaração sobre suicídio.

abs

Anselmo Coyote disse...

Que falta fazem os roncos dos motores. Putz.

Rubs Cascata disse...

Imagine! Foi o governo Kirschner que mandou investigar o atentado, assim como o governo Dilma foi quem mandou apurar o Petrolão.
Acho que o Coyote esteve envolvido nessa história.
Abs.
Rubs Cascata

Anselmo Coyote disse...

Sim, mas a minha participação foi uma bagatela. Coisa pouca. Um equivalente ao prêmio da megasena da virada (mas eu não virei, juro).
Abs.

Anônimo disse...

Vira não Siô. Mais mió de bão ajuntá, arreunir a vacada em derredor do cocho. Mormente o de água.
Nessa era em que o povo dana a prosear em franceis - "Je suis isso", "Je suis aqueloutro", eu só falo: Jesuis!
Antão! Eu sei que o Compadre é bruto feito um búfalo, mas mode o que não arreune o Jesuis com aquele turco, o tar de Al As Dair - Abdul Aziz Alfarabi?

P.S.
Sô Ron, a sua novela ficou muito facêra.
Rubs Cascata

Anônimo disse...

Vira não Siô. Mais mió de bão ajuntá, arreunir a vacada em derredor do cocho. Mormente o de água.
Nessa era em que o povo dana a prosear em franceis - "Je suis isso", "Je suis aqueloutro", eu só falo: Jesuis!
Antão! Eu sei que o Compadre é bruto feito um búfalo, mas mode o que não arreune o Jesuis com aquele turco, o tar de Al As Dair - Abdul Aziz Alfarabi?

P.S.
Sô Ron, a sua novela ficou muito facêra.
Rubs Cascata

Rubs Cascata disse...

Vira não Siô. Mais mió de bão ajuntá, arreunir a vacada em derredor do cocho. Mormente o de água.
Nessa era em que o povo dana a prosear em franceis - "Je suis isso", "Je suis aqueloutro", eu só falo: Jesuis!
Antão! Eu sei que o Compadre é bruto feito um búfalo, mas mode o que não arreune o Jesuis com aquele turco, o tar de Al As Dair - Abdul Aziz Alfarabi?

P.S.
Sô Ron, a sua novela ficou muito facêra.
Rubs Cascata