7 de jan de 2015

F1: O mais interessante para esta temporada

A equipe é inglesa. E uma das mais tradicionais.
O piloto é espanhol, o melhor de F1 vindo daquelas plagas.
O motor é japonês, até há outros, mas nenhum tão vencedor como este.
A equação é simples tendo em mente as partes.
Um time tradicional + um piloto fora de série + um motor sempre muito bom = equipe muito forte e favorita.
Claro, talvez não na primeira temporada nem na segunda...
Tudo depende.

Depende do quanto a McLaren acerte em seu chassi, depende do quanto a Honda possa trabalhar em seu motor e principalmente: da paciência de Fernando Alonso que vê á cada ano a idade apertar (e aumentar) e nada de um terceiro título mundial pingar em seu currículo.
O tempo útil de sua carreira vai se esvaindo, quanto mais velho, mais complicado de manter o alto nível de pilotagem.
O fato é que esta temporada, tanto para o piloto, quanto para a equipe e o motor é de transição.
E são os únicos para quem a temporada será assim.
Todos os outros trarão experiências e upgrades do ano anterior, ou seja, para a McLaren vai ser mais difícil e desafiador.
O que também quer dizer que é um ano sujeito a muitos “chupa Alonso”, ou não...
Tudo é suposição ainda, enquanto os carros não forem para a pista à vera.

De verdade, o que temos é que esta associação de equipe, piloto e motor é a coisa mais interessante de se acompanhar neste ano.
E eles sabem.
O cartaz que criaram dá o tamanho da expectativa.

Mas... Nisto tudo, onde é que fica o Button que nem é citado?
Ai nego fica bravo quando escrevo que ninguém liga para ele.

2 comentários:

Francisco J.Pellegrino disse...

E o mais importante, a cor padrão será laranja !

Marcelonso disse...

Groo,

Na McLaren ficou claro que Button não terá vez.


abs