20 de mar de 2016

F1 2016: Austrália: um começo animador, um final repetido.

A F1 tem suas prioridades.
Nem sempre são as certas, claro... Mas tem.
Desta vez foi o seguinte: o sistema de classificação está uma porcaria.
A tal dança das cadeiras é um lixo sem tamanho e fez o primeiro Q3 do ano ser ridículo.
Pilotos, dirigentes, jornalistas especializados... Todos reclamaram. Até Bernie Ecclestone.
Então veio a mudança: Fica proibido aos pilotos descartar suas sobreviseiras na pista.
Claro... Vai que alguém esteja andando pela pista durante a corrida, pisa naquele treco escorrega e cai?
A arrogância e a teimosia em não ouvir os atores principais da brincadeira e até mesmo – quando não for idiotice romântica demais – o fã da categoria ainda vai acabar minando, secando por completo o interesse pelas corridas de F1.
Repito o que sempre digo: Corrida de carros é coisa muito simples. Uns imbecis constroem seus carros e dão nas mãos de outros imbecis para que estes vejam nas pistas qual é o mais rápido. Tudo que se inventar a mais é desnecessário. Preciosismo, Minimi...
“-Ah, mas ai quem tem mais dinheiro vai ganhar sempre.”. – diz um retardado.
Verdade... Seria bem diferente do que temos visto né?

Já a corrida, que no fundo é o que importa (classificação é detalhe às vezes) foi movimentada.
Já começou com a primeira zurrada dos cones da Mercedes perdendo as posições na primeira fila logo na largada.
Vettel e Kimi saltaram muito bem e tomaram a ponta.
E tudo seguiu muito bem, com ultrapassagens, brigas e belas imagens até Esteban Gutierrez calcular mal a freada para defender posição e receber a pancada de Fernando Alonso.
Com a suspensão quebrada, o espanhol bateu no muro e virou passageiro indo capotar duas vezes na área de escape cheia de brita.
sequência da capotagem do Alonso
E tem gente que ainda não entende o porquê de algumas pistas já tem abolido a caixa de brita.
Sobre o carro da McLaren pode-se dizer que não anda nada, mas amassa que é uma beleza e é seguro pacas.
Perguntinha: será que com o halo, Alonso teria saído com facilidade do que restou do carro?
Corrida parada. Bandeira Vermelha.

Na volta uma cena que não se pode dizer inusitada: uma Ferrari pegando fogo.
Se fosse um Porsche não aconteceria.
Tchau Kimi, estava fazendo uma prova bem boa.
Vettel seguia bem até ficar sem pneus.
A Ferrari deve ter contratado o estrategista da Williams.
Até dava para brigar pelo segundo lugar contra o cone44, mas... Não fosse o erro na estratégia dos pneus após a bandeira vermelha, Vettel levava esta.
Dobradinha da Mercedes, ainda que meio que caída no colo.

Destaque da corrida foi sem dúvida a estreia da Haas.
Envolvida no acidente mais impressionante da F1 nos últimos anos e marcando pontos na primeira corrida.
Contratar Grosjean e comprar um carregamento de Gardenal foram acertos sensacionais.
Um começo de campeonato animador, um final de corrida mais que esperado.

6 comentários:

Rubs disse...

http://bit.ly/1XENS3v

Abs.

Marcelonso disse...

Groo,

Foi uma boa corrida, mas como o resultadofinal de sempre. A Mercedes tem um carro tão bom, que mesmo com a largada ruim de sua dupla, consegue pulverizar a vantagem construída pela concorrência na base da estratégia.

Hoje a Ferrari comeu bola na estratégia...


abs

Paulo Alexandre Teixeira disse...

É como dizia o Lampedusa, no "Leopardo": tudo tem de mudar para que tudo fique na mesma. E foi o que aconteceu, muita coisa mudou, mas o resultado é o conhecido.

Magnum disse...

Uma coisa incrível foi ver o Kimi de cabeça quente!!! Uma coisa normal foi ver o Garoto Propaganda sendo o Garoto Propaganda...

Anônimo disse...

. Chata. Não perdi meu sono, graças a Deus. Vi a reprise( HA ! reprise...), às 14 horas de domingo, um compacto. Chata. Ainda precisei ouvir um outro narrador chatérrimo do esportitevedois ! E dois comentaristas acharem um jeito de colocar a culpa no Esteban Gutierrez. Tri-cone, mais conhecido como GH-3, pelo visto, este ano, deixará passar. Uma vitoriazinha, aqui... outra ali... Acho que ele vai sacanear o esquentadinho tetralemão, sempre que puder. GH-3 é ótimo em defender posição. Vettelino errará mais. Não contrataram o estrategista da Williams. Vettelino errou...

. Discordo do sr. Ademir. Foi a TV, seu Ademir, foi a TV. Claro, a categoria melhorou na segurança mas morreram pilotos depois do saudoso tiozão, não ? Na F1 mesmo. Teve um que passou por debaixo de trator ! Na competentíssima ilha nipônica ! Dos robozinhos humanos de olhos puxadinhos ! Foi a TV ! Mudou todos os esportes, principalmente, esportes a motor. Na F1 fizeram a festa e continuam tentando estraga-la de vez. Volei, basquete, tênis, natação( deram um jeito de inventar uma prova de 50 metros ), jogo de porrinha, também ! Baseball e Futebol americano devem ter feito algo só que não passa muito por aqui apesar de assistir, de vez em quando, o Baseball porque vejo uma loiras gostosas comendo cachorros quentes na arquibancada enquanto os caras arremessam a bolinha. Futebol americano feminino, moçada, é demais ! Futebol, mexeram nele também, porém pouco e bem calculado. Prorrogação, só em final finalíssima de torneio importante. Não exageraram nas mudanças das regras do pénabola porque os 'velhinhos ( malandros ) da FIFA', mais inteligentes que os 'velhinhos malandros da FIA', sabem que o honorável público não gosta de muitas alterações em regras. É conservador. Somos, no fundo da alma, conservadores. Preservaram o futebol, mesmo assim, houveram singelas mudanças mas sempre para melhorar O Jogo. O contrário da F1 onde o Tilke - com ideias de Gagalvão. Sempre a TV - já pensa num GP fantástico com os F1s passando por um trecho de terra e depois voltando para a pista de asfalto com um trecho molhado por esguichos de jardim, sabe, seu Ademir ? Assim, teremos mais emoção !
E pneu lameiro ! O super pesado !



http://d1fzrfeqgmqjkr.cloudfront.net/assets/02720/produtos/558/rodas-e-pneus-pneus-pajerojogoderodastamiya59805481.jpg


M.C.

Manu disse...

Não tenho a mínima razão em acrescentar algo.
Sou favorável de classificação simples, talvez por equipe abrir o direito de sei lá, umas 6 voltas, 3 para cada piloto. Por 3 etapas de classificação, é só fazer o ranking baseando na melhor das 3, para cada dito cujo.
Mas complicar para eles é bom, pq além de dividir opiniões, faz nascer os "retardados" que vc nomeou bem.

Abs!