22 de abr de 2016

Monte sua banda (e morra de rir)

Para escolher o baterista.
-Eu mando o riff, o baixo entra pulsando, certo? – diz um dos guitarristas.
-Beleza... Posso slepar? – pergunta o baixista.
-Acho melhor não... – diz o outro guitarrista.
-Ok...  – concorda.
-E você, depois da pausa do riff faz “praco praco pum pish” e todo mundo entra junto.
-Mas eu não sei fazer “praco praco pum pish”... – diz o baterista.
-Faz qualquer merda então e não se preocupa. – sorri o baixista.

Escolha do cantor.
-Cara, canta mais baixo. – diz o guitarrista.
-Não consigo... – diz o vocalista.
-Tenta pelo menos... Canta mais baixo.
-Pô... Não dá. Abaixa ai no volume.
-Não cara... Canta um tom mais baixo.
-Um tom?
-É...
-Vai dar não... Não gosto.
-Você sabe o que é um tom?
-Sei...
-Então...
-Não gosto do Radiohead. Não vou imitar aquele cara...

Escolha do tecladista.
-Cara, quanto tempo faz que você toca teclado? – quis saber o baterista na audição.
-Faz muito tempo não... – responde.
-Quanto tempo? – insiste.
-Uns seis meses.
-Mas já gostava de teclado antes?
-Já, já...
-E quem é seu tecladista predileto?
-Hendrix.
-Mas ele é guitarrista.
-John Bonham.
-Baterista. Cê não conhece nenhum tecladista?
-Frank Aguiar...
-Cara, acho que você não vai ficar na banda não...

A escolha do guitarrista.

-Véi, é o seguinte. Eu faço a base. Você faz o solo, ok?
-Não cara, eu sei tocar guitarra, não sou agricultor...

Primeiro ensaio.
-Então... Na terceira vez que entrar o refrão, a gente para de tocar. Fica só a bateria. – diz o vocalista.
-E a gente faz o que? – questiona um dos guitarristas.
-Canta o refrão batendo palmas acima da cabeça. Fica bem legal. – devolve o cantor.
-Por mim, tudo bem! – concorda o segundo guitarrista.
-Curti! – diz o primeiro guitarrista.
-Beleza... Nesta hora eu não to tocando mesmo. – consente o tecladista.
-Cara... Eu não vou fazer esta parada não... – e todos se espantam com o baixista.
-Mas por quê? – querem saber todos quase ao mesmo tempo.
-Se eu tirar as mãos do baixo, nunca mais acerto a levada...


E está no ar a quarta edição do Papo Motor.
Desta vez com o GP da China, informação, humor e uma certa dificuldade com geografia.
Ouça, baixe, deixe seu comentário, sua pergunta seu xingamento... Estamos ai.

Um comentário:

Anônimo disse...

Esta parada com baixista ai é preconceito da sua parte que não sabe tocar e trocou o baixo pela bateria. Estamos de olho.

Ney