25 de jun de 2017

F1 2017: Azerbaijão - Baku tem que ficar (pra sempre!)

O entorno é fantástico!
A mistura do moderno e do antigo é a própria cara da F1 que alia o que há de mais moderno com a tradição de ser disputada há mais de cinquenta anos.
Porém, tem ainda que se provar como um lugar que pode receber boas corridas.
A prova do ano passado, por ser a primeira, foi de morna para fria.
Todos procurando os limites e os melhores caminhos dentro da pista e a disputa ficou bem engessada.
Para este ano o panorama não era muito melhor e nem mais animador, afinal, tudo mudou: carros, aerodinâmica, grip.... É como se fosse a primeira vez de novo.

Na pole Lewis Hamilton (agora o segundo maior neste quesito) marcou um tempo extremamente baixo. Ao seu lado o companheiro de equipe e logo atrás as duas Ferrari.
A largada prometia e cumpriu: Bottas briga com Kimi, perde o bico e fura um pneu.
Vai os boxes e volta com pneus diferentes. Tinha que mudar a estratégia mesmo.
Kimi caiu para sexto, mas continuou. Mesmo sendo acertado por pedaços de carro antes de fazer a chicane do Castelo.
Lá atrás, Danill Kvyat vai parar na área de escape e quando retorna dá um susto em seu próprio companheiro de equipe que, sozinho, roda na pista.
E é este cidadão, Sainz Jr, que andou declarando que ano que vem disputa o título guiando um Red Bull. Eita nome forte este do pai que ele tem...

Na décima volta, Kvyat tem um problema de motor e para na pista.
Curiosamente fica por lá por três voltas até que a direção resolva pôr o SC na pista e retirar o carro de lá.
Neste meio tempo, uma briga que se mostrava empolgante acaba com o motor de Max Verstappen quebrando.
A confiabilidade é maior problema neste ano para a Red Bull.
O SC ficou várias voltas na pista e quando saiu, Massa fez uma ultrapassagem maravilhosa em Kimi Raikkonen pela quarta posição e Sérgio Perez, este sim, fazendo um ano maravilhoso, pressionou Vettel até o limite do possível pela segunda posição. Em vão, mas foi bonito.
Antes do fim da volta o SC já estava de volta para que se retirasse da pista pedaços da Ferrari de Kimi que se soltaram.
Antes do SC sair da pista, Hamilton faz um break test em Vettel e os dois se batem. |
Vettel, irritado, coloca o carro ao lado de Hamilton e gesticula com as duas mãos. Novo toque e desta vez proposital do Vettel para cima de Hamilton.

Sem nada com isto, Felipe ataca e quase assume a segunda posição.
Já as duas Force Índia se acham na briga e mais uma vez os companheiros de equipe acabam com a corrida um do outro.
O golpe de marketing que a Force Índia programou com a cor do carro ganhou um upgrade no fato dele ser muito bom.
Mas precisa administrar os pilotos ou não vai a lugar nenhum.

A quantidade de pedaços de carros era tão grande (Ferrari, Force Índia, Red Bull...) que a bandeira vermelha foi acionada.
Todo mundo no pit lane esperando a limpeza da pista para uma nova relargada.
Então o show da vez foi de Daniel Ricciardo que passou as duas Williams: Massa que tinha problemas e Stroll que fazia sua melhor corrida.
Massa vai aos boxes e por lá fica.
Sua melhor corrida na temporada estragada por um problema do carro.
Lá na frente, o protetor de cabeça de Lewis Hamilton se solta e fica no limite de sair do carro.
A cena com Lewis segurando a peça enquanto dirige com uma mão só na imensa reta é daquelas que merecem ser revistas.
Hamilton é chamado pela direção da corrida aos boxes para arrumar a peça e perde a chance da vitória, mas no mesmo momento sai a punição para Sebastian Vettel pelo chilique voltas atrás.
A prova fica mais aberta que nunca.
Na volta trinta e quatro, Vettel cumpre seus dez segundos de punição e Daniel Ricciardo assume a ponta com – acredite – Lance Stroll em segundo.
Ao voltar para a pista, Vettel ainda sai a frente de Hamilton, ganhando de fato, a posição.
A corrida até aqui estava sensacional!

E para finalizar, além da vitória imprevista de Daniel Ricciardo, Valteri Bottas consegue o segundo lugar em cima de Lance Stroll nos últimos metros de prova.
Últimos metros! Quase em cima da linha de chegada.
O que não tira o mérito do menino canadense, mas entristece um pouco a torcida.


Agora é oficial: Baku não pode ser modificada e nem sair do calendário jamais.

7 comentários:

Vinicius Vergueiro disse...

Corrida épica,mas não endosso o coro de que Baku tem que ficar pra sempre... Acho a pista muito sem graça.

Agora,vamos aos fatos.

A punição a Vettel foi justa sim,mas poderiam ter punido Hamilton também,pois pra mim foi proposital aquele brake-test que fez.

Mas de qualquer maneira,Hamilton seria devidamente punido mais tarde com aquela proteção do cockpit se soltando...

Massa teve azar com aquele problema,sem isso não seria absurdo pensar na vitória com os problemas de Hamilton e a punição de Vettel.

Stroll fez sua melhor corrida do ano e da vida,e sei lá mas achei que ele tirou o pé muito antes da linha de chegada permitindo que Bottas o passasse. Erro de cálculo do jovem canadense? Bottas em melhores condições?(e estava mesmo.) ou ordem da Mercedes pra inverter as posições visando o campeonato de construtores?(Mercedes fornece os motores da Williams só pra constar...)

Seja como for nada apaga o brilho da corrida do jovem que deu ao Canadá o seu primeiro pódio desde Jacques Villeneuve no GP da Alemanha de 2001.

O clima na Force Índia promete muito,ainda mais depois de hoje...

Aleluia!!!!! A Honda não deixou Alonso na mão desta vez!!!!!

E Wehrlein mostrando a Nasr como é que se deve fazer pra se garantir por muitos e muitos anos na F1.

E Riccardo é um show a parte mesmo! Australiano muito veloz,aguerrido,arrojado e competente,além de estar na hora e lugar certos!

MITO Verstappen anda numa maré de azar...

E pra fechar com chave de ouro,atualização do placar interno da Ferrari:

Farsa Alemã 8 x 0 Aposentado Finlandês

E que venha Zeltweg.

Manu disse...

Se eu fosse o Vettel tinha ralado o Hamilton de fora a fora naquele guard rail rsrsrsrs... Ih, difícil viu?
Mas tá certo, Baku tem que ficar.
Abs!

Rubs disse...

Hamilton dá um break-Schumacher surpresa pra cima do Vettel. Vettel lhe mete um totó para mostrar que não se intimida. Joga o carro em cima de Amiltinho e tenta jogá-lo no muro.
A guerra foi declarada. Senhores, façam a suas apostas. A temporada do jogo sujo começou.
Vettel mostrou porque é o primeiro piloto da Ferrari: fez aquilo que Kimi deveria ter feito há muito tempo com o Bottas. Kimi é muito mais piloto do que Bottas, mas perdeu o jogo psicológico para o gordinho bochechudo. E - compadre - todo mundo que já estudou em colégio estadual sabe o que acontece quando um cara fodão perde uma briga pública contra o bochechudo da classe. Perdeu a moral.

Anselmo Coyote disse...

Td certissimo, Groo.
No mais, resultados manipulados por interferência na disputa dentro da Ferrari eu não comento. É motivo de vergonha e não de comemoração. Em equipe de verdade Stroll fica em 3o e o piloto da casa fica pra trás. Entao, nesse nível eu deixo as maricotas falando sozinhas. Fim de papo.
Abs.

Anônimo disse...

Agora, a vez do GH-3 dos comentários !
Pô. Chegou a fera...
. Como espetáculo, fantástico, gostei pacas. Como corrida, manipulação maFIA-Ferrari( Anselmo Coyote, vejo, escreveu sobre) na cara de quem saca das coisas. Por que não o safety car virtual, hein ? Hein ? Hein ? Alguém aí pode me responder ? E, após o raivoso Vettelino fazer o que fez, 10 segundinhos ? Deveria perder o quarto lugar, sinceramente. Genial Hamilton ficou na dele seguindo o primeiro piloto da Ferrari, claro. Eu escutei, junto com Toto Lobinho:' Genial, espere. Um espião contou-me que Vettelino levou uma mordida na bunda do poodle dele, no início da semana passada. Vai que o bicho não seja vacinado...'.
. Lerei o entusiasmado senhor Groo mas aquele chatérrimo narrador Raulo Poberto é um pé no saco ! 'O Medieval e o novo...', ai ! Que porre ! Pensar no Gagalvão, pedir sua presença, pior ainda.
. O susto, compreensível. Os caras têm uma visão periférica invejável ! Reação imediata ! A pista, com piso lisinho...
. Ali começou a dobradinha, maFIA-Framengo das pistas( Ferrari). SC, ali, era o virtual, porquê, não ? Explico. Até os fiscais de pista são 'importados'. Talvez a tecnologia não chegou em BaKú assado mas estranho foi não tê-lo.
. A confiabilidade em Verstapadinho é o maior problema da RédiBul.
. Zacarias só acelerou e passou. Mas, falando a verdade, depois do que escrevi ontem, já estava começando a morder a língua. De leve... E festa no Blig e na Red Gloob !
No Castelo do dr. Esquisito, eu mesmo, pensava: 'Onde estará Sorrisão australiano ? Onde está o Lança ? Hummm... atrás do Zaca...'.
. kkkk ! Test break. Foi mesmo mas o Vettelino deveria estar atento. Da segunda vez, GH-3 fez e ele ficou mansinho.
. Educadinho mas eu resolvo. Louquíssima no macaquinho, Vettelino resolve jogar o carro para cima de GH-3. Pronto. Pô, senhor Groo ! a popraganda do Bradesco, todinha!
Que saquinho ! Pegadinha vettelina ? Bom, a atriz cresceu está uma balzaquiana de responsa. E depois, VISA ! Caramba...
. Zaca Lentinho em segundo ! Um verdadeira tormenta no horizonte molequechatteano aparecia. A semana toda de entrevistas puxassaquistas com o riloto, com os filhos do riloto, com a muié dele e com o cachorro da família do riloto ! Além do mano e do pai, o seu Totonho, que anda desaparecido. Mas, tudo bem. Torcia pelo Lança eeeeee Sorrisão australiano( não é bom de pole mas, na corrida, baita estrategista). E a maFIA-Ferrari, ataca novamente. Parada geral ! Todo o circuito estava com caquinhos e mais caquinhos dos terroristas velozes da F1.
. Aí, eu abro um adendo salva-Zaca. Mexeram na rebimboca da parafuseta do amortecedor do carro do Zacarias ? Só uma perguntinha ruimlliana. A equipe de Grove Wonderland é safadinha. Ou, como disse, lá em Janeiro, o segundo riloto da Ruilliams é ele. Escolham. Fico com a segunda(ha!) opção.
. Essa do protetor de cabeça foi fooooooda ! Tem espião na Mercedoca !
. Sensacional prá você, prá maFIA e prá Ferrada.
. Tá. Tirando o medo de ultrapassar o piloto com hidrofobia, GH-3 fez a mais bela ultrapassagem da corrida. Por fora, em cima do Ocon, se não me engano.
. Parecia que o Lança tinha freado mas, não, foi a asinha que abre e fecha do Bottas!
O carro de trás fica tão veloz, ainda mais uma Mercedoca que a única salvação dele teria sido andar mais rápido nas voltas anteriores mas imagino o coração do garoto, achincalhado por todos, principalmente por aquele cara que entende tudo de F1, Gagálvão, o Bão. Se manda acelerar, pressionado, talvez encontrasse um muro.
. Belíssima vitória de Sorrisão Canguru ! O Riccardão ! Baita piloto ! Bottas foi muito bem e parabéns ao Lança ! Superou o 'mestre' Zacarias... ai.

OBS: O Vettelino tomou um sedativo na veia. Queria morder o GH-3. Aquelas coisas, usaram uma camisa de força mas ele está bem. Tranquilinho. Tá dormindo. Sorrindo. E o poodle dele é só nervosinho mesmo, que nem o dono. Não tem raiva, não. Muié dele me disse.
Vou ver 'tira da pesada 1'. Eddie Murphy ! O começo é sensacional ! Tchau !

M.C.

Vinicius Vergueiro disse...

Coyote,chora mais que tá divertido ok?

Porque a Ferrari deveria dar igualdade entre um piloto(Vettel) que está sendo o único a encarar as Mercedes pra valer e um semi-aposentado(Raikkonen) que nem consegue chegar no compatriota segundão(Bottas) e que pasta pra ficar a frente das Red Bulls?

Acha um absurdo a Ferrari priorizar Vettel,mas não acha absurdo algum a Mercedes estar priorizando Hamilton em detrimento de Bottas.

Anônimo disse...

O efeito dum bom vinho...
Coyote, na realidade, falou da manipulação dentro da Ferrari que não, no meu entender, envolve a maFIA. Sim, acaba interferindo no resultado da corrida mas sem interferência da Federação, óbvio. Vou mais longe. Quem me chamou atenção foi ler o comentário do Vinicius Vergueiro que é bastante interessante. Coyote tem que responder mas digo, intrometendo-me no assunto, que as figuras de primeiro e segundo pilotos existem desde quando surgiu o automobilismo esportivo onde uma equipe tenha dois carros. Na F1, isso é antigo. Como exemplo, Ronnie Peterson foi segundo piloto de Emerson Fittipaldi na Lotus sendo segundo piloto mais tarde de Mario Andretti onde acabou morrendo, o sueco, em Monza, 1978. A Ferrari sempre teve segundo piloto o que chama atenção é tratar um campeão mundial, e querido, como segundo piloto. Teve até uma 'Revolta do Segundão' por lá ! Edmund Irvine, o Eddie !
Outra equipe que gosta de segundões é a hoje Ruimlliams. Com Piquet tentou e se deu mal. Com a Zacarias se muito dá bem, obrigado, contando com a alegre ajuda de narradores histéricos da Red Gloob. Uma coisa também é 'pescar' se o cara( o piloto) está realmente incomodado com a situação já que ser segundo piloto da Ferrari é muita grana direta no bolso.Principalmente prum final de careira feito o Vodka. Pode ser jogo de cena já que, hoje, ninguém que parecer segundo piloto apesar de ser segundo piloto, principalmente aqueles que vendem produtos por aí. Uma imagem bem emprestada e o marqueteiro publicitário faz milagres. Zacarias anda vendendo o quê, na TV ? Aprece em revistas de vez em quando e nem me lembro do produto. Lembro de Barrilnochinello vendendo FIATs ! Uma propaganao de um Uno enfezado aparecia antes de virar garçom pro Schummy nas corridas. Descoberto ser segundão, nem cueca Zorba mais vendeu. Ou vendia mas, o efeito, só pros incautos.
Já o Fofonso, um ternão da Arames, eu vou comprá !
Marcelonso tem vários ternos de lá...

HA !

'Vaidade das vaidades, diz o pregador, vaidade das vaidades! Tudo é vaidade'
Está na Bíblia.
'Publicidade das publicidades, diz o M.C., publicidade das publicidades !
Tudo é publicidade'


M.C.