Na Williams, agora vai!

Frank Williams, dono, mentor, idealizador e razão de (ainda) existir a equipe Williams reúne seu staff para boas novas. Estão presentes então os mecânicos, os engenheiros incluindo Sam Micheal, o sem noção, os pilotos Rubens Barrichello e Nico Hulkemberg, os sócios Patrick Head e Toto Wolff.
-Eu chamei todo mundo aqui porque quero dizer que já tenho a solução para alguns problemas da equipe para o ano que vem
-Mas de todos os problemas, chefe? – pergunta um Barrichelo desconfiado de que possa estar com o emprego ameaçado.
-Não sei se todos, meu caro Rubens, mas ao menos alguns e em parte... – responde o chefe.
-E o que seria? Adianta para a gente ai... – Sam Michel também preocupado.
-Bem, ele vem para ajudar na parte financeira e creia, tem resolvido este tipo e coisa por onde passa.
-Seria um economista, Frank?
-Não Patrick, não é um economista.
-Então é o FHC? Diz lá no Brasil que ele é o pai do Real...
-Nunca... Desta raça ai eu quero distância! – reponde Frank sem elucidar se é de políticos em geral ou de FHC.
-Mas por quê? Ele não fez o Real? – insiste Toto.
-Até fez, mas vai que ele vem para cá e começa a querer vender a equipe a preço de banana?
-Então diz Frank, por favor, o que foi que você arrumou ai? Patrocinadores? – pergunta Patrick já nervoso.
-Um Pastor! – diz Frank causando espanto geral.

-Mas Frank? Desde quando você virou religioso? – pergunta Head.
-Então agora não vou poder mais usar os serviços do Pai Tião? – pergunta Rubens.
-Eu vou ter que pagar dizimo? – quer saber um mecânico – Porque se tiver vou pedir um aumento no salário...
-Não... Não... Eu não virei religioso, e não precisa parar de pedir conselhos pro macumbeiro, embora eu ache dispensável... E não. Não vamos ter que pagar dizimo. Este é um pastor diferente.
-Diferente como? – quer saber Rubens.
-Ele não pede dinheiro, mas dá!
-Um pastor que dá dinheiro invés de pedir?- se espanta Patrick.
-Isto... E ele já está aqui para começar a pregar... -Hermanos, vámonos a fazer uno exorcismo... – diz Pastor chegando e já colocando as mãos sobre a cabeça de Nico Hulkemberg, sob os olhos aliviados de Barrichello.
-Retirarse de este lugar que no le pertence mas!

Os presentes incrédulos não sabem se olham para a figura careca que exorciza Nico ou para Frank que ri contente.
-Frank? Onde foi que você achou este mexicano? – quis saber Wolff.
-Não é mexicano... É venezuelano, e trás com ele a grana da PDVSA
-Dinheiro do Hugo Chavez? Não é perigoso ele querer controlar a F1? Em nome do socialismo bolivariano? – pergunta o politicamente antenado Wolff.
-Mas e daí? A gente pode até levar vantagem! – responde Frank.
-Como? – quer saber Head.
-Ele socializa tudo, diz que todos são iguais (uns mais iguais que os outros) e não há mais vencedores. Se não há mais vencedores também não há mais perdedores e sendo assim pouco importa se por falta de grana nosso carro for uma droga, estaremos bem mesmo assim... Bora, vamos todos mudar nossos uniformes para camisas vermelhas e pintar o carro com as cores da bandeira da Venezuela... Vámonos hombres!

Comentários

Unknown disse…
Hum...muito bom,só você mesmo Ron,estou rindo até agora,apesar de estar atolado com problemas de obras.Muito e divertido.

abs
Fernando Kesnault disse…
Se os dirigentes da Williams fossem sensatos e precavidos (algo que nunca conseguiram ser em toda a sua existencia) ficariam com o Nico e o Maldonado e dava um chute na bunda do Barrica que não vai fazer mais nada na f-1, só encher o saco.
Fernando Kesnault disse…
Quem sabe o legal é ser igual ao Bush não??? E sem querer puxar sardinha pro líder venezuelano....
Ron Groo disse…
MC, não me subestime: A guerra do fim do Mundo e A Festa do Bode estão entre meus prediletos.
A menção ao imbecil do Chavez é pura iroônia. Para um cara que adora fazer uso dela me espanta não reconhece-la.
Daniel Machado disse…
Ah, um Pastor que é veloz e faz muita cagada também né? Bom, eu ainda prefiro o Hulk ao Mal-danado, pois o alemão está muito bem. Barrica esta ajudando os caras, mas como a Williams precisa de dinheiro, é provavel mesmo que esse tal Pastor entre mesmo.
Marcelonso disse…
Groo,

É meu chapa, Tio Frank teve que rifar o assento,não teve jeito.

Já foram os tempos que os patrocinadores corriam atrás do time e Tio Frank fazia e mandava embora campeões mundiais.

Tento ver esse "aluguel" pelo lado positivo, espero que o time consiga um bom suporte para voltar ao seu lugar de direito, entre os ponteiros.

abraço
Anônimo disse…
...e M.C., manda: Groo, eu... te subestimando ? Muitíssimo pelo contrário ! Voce é inteligente ! O problema são os outros uqe aparecem por aqui ou os que passam. Lêem pouco; vêem as imagens... E nós sabemos: uma imagem fala mais do que mil palavras ! Imagine duas ! HA ! Ah, sobre os livros de Llosa. Parabéns mas... não aprendeu nada com ele ? Sugerirei um novo título para o Nobel de Literartura: "A Festa do Sapo Barbudo", caso a emPACotadora dos Correios( agora surgiu a Eletrobrás...) vença.
Ron Groo disse…
Este ai eu escrevo, mas ainda assim quero a tucanalha longe do poder.
Marcos Antônio disse…
Seria comico se não fosse trágico pr amim essa história de Pastor na equipe, po eu não tenho religião e agora vou ter que virar evangélico? :P
muraldebrusque disse…
ajoelhou, tem que rezar diz o ditado popular.
muraldebrusque disse…
pt no poder?
é, como escritor um poeta, como eleitor um bufão.
viva democracia.
vou continuar ser dirigido por cangaçeiros
Anselmo Coyote disse…
Groo,

Não sei como vc tem estômago para ler e falar com esse imbecil sem nome, metido a pseudo intelectual.

Será que esse idiota sabe qual a expectativa de vida dos franceses e dos brasileiros para entender que um francês de 62 anos equivale a um brasileiro de 40 e poucos?

Será que esse energúmeno sabe que a reforma da previdência no Brasil, do jeito que foi possível fazer, afinal "política é a arte do possível", foi feita pelo Lula depois de dormir por 8 anos na gaveta do FHC, o Privatizador Geral da República?

Saberia esse cremastérico da tucanalha que quando o FHC assumiu o poder a dívida pública era de 57 bilhões de dólares e quando ele saiu era quase 1 trilhão de dólares, apesar de ter vendido a preço de banana quase todo o patrimônio brasileiro.

E... por favor, alguém aí diga a esse animal que eu não discuto com neófitos.

Abs.
Anônimo disse…
Groo,

Como sempre uma boa tirada!!!...Não vejo como problema Chavez investir o dinheiro do seu povo em um patricio...
Nós brasileiros é que somos muito pifios em cultura de patrocinio...somos imediatistas...
Nosso setor privado é grande mas não valoriza o esporte...
Por outro lado , não vou utilizar este espaço para polemizar sobre dogmas politicos etc... Comentarei sobre a posição do colega Anselmo que me parece válida mas acho que ele se equivoca sobre as comparações que faz...
Vivo em um País socialista , e sim os velhos parecem ter mais perpectivas que no Brasil....O jovens é que não tem nenhuma!!!!
E o sistema socialista europeu estar sofrendo rapida corrosão...

Abraço do Giglio!!!!
muraldebrusque disse…
saudaçoes mafiosas, asturianas e picaretistas ao MC e Gro.

Muito galo bom na f1. eu gosto é do mau mesmo.
fim do ano chegando, fantasma do picareta das astucias como campeão cada vez mais se concretizando.
Será que teremos escritor do blog de férias mais cedo?
será que o mc vai escolher outro piloto pra torcer?
perguntas em breve respondidas

Minha fé, minha mandinga, minha urucubacas funcionaram a pleno vapor.
Só tem uma que não tô conseguindo quebrar: essa tem um santo (ou será que seria o dono do inferno mesmo?)
que não vou conseguir ver expurgada:
aquela candidata feito biruta de aeroporto.
Paulo Levi disse…
Se for verdade que o Chavez botou o Pastor lá dentro, te cuida Rubinho - o próximo passo será descolar uma vaguinha pra Milka Duno.