18 de nov de 2009

Cartinha do Papai Noel a um piloto amigo nosso...

o carteiro!
Aquele grito fez com que o habitante da casa deixasse seu merecido descanso depois de um ano duro de trabalho e fosse até a caixa do correio.
Lá encontra de uma dezena de cartas, algumas contas, prospectos de pizzaria, a restituição do imposto de renda - segundo lote - e uma carta com remetente da Lapônia.

Entrou em seu escritório e sentou-se em sua escrivaninha. A principio estranhou, mas ainda assim resolveu abrir e ler o conteúdo:-Quando recebi sua carta no natal passado me comovi, não tinha como não me comover. Você se lembra?
Dizia que estava cansado... Que precisava de um bom ano para poder se aposentar. Que não era justo que depois de tantos anos de serviços prestados à causa deste esporte acabasse a carreira em um carro mequetrefe. Que só lhe deu alguns pontos por sorte.
Sorte – ou falta de - aliás, é outra coisa de que reclamou muito em sua carta.
Seus desejos me pareceram justos, para que você se lembre melhor vou listar alguns aqui.
(Bendito ctrl-c/ctrl-v...).


*Gostaria de ter mais um ano na carreira.
*Gostaria que este ano fosse muito melhor dos que eu já tive.
*Gostaria que a equipe que me contratasse disputasse o titulo.
*Gostaria de ser eu a disputar o titulo.
*Ah sim... Gostaria que meu companheiro fosse meia boca, pior que eu se possível... Não gostei de ser companheiro de equipe de gênio.
*Gostaria de ser unanimidade em meu país.

Eu fiquei realmente inclinado a lhe conceder estes presentes, afinal você tem sido um bom menino durante toda a sua longa carreira...

E assim o fiz:
Lhe dei mais um ano na carreira e o carro da sua equipe se mostrou a principio imbatível e assim sendo não havia como não disputar o titulo.
Lhe dei um companheiro de equipe que, até então, ninguém dava a mínima... Um completo Zé ninguém, que alguns – só para atazanar – viviam perguntando: "Quem?”.
E olha... Escolhi este companheiro de equipe à dedo viu? Porque no fundo, bem no fundo aquela sentença de um blogueiro ai de teu país era mais que verdadeira: Ninguém liga para o Button!
Nem eu! Já que por anos e anos ignorei as cartinhas dele.

Só não pude fazer com que você fosse unanimidade, mas achei que você não ficaria triste... Afinal nem Emerson, Piquet ou até mesmo Senna foram... Mas ainda assim lhe dei o Twiter para que se aproximasse mais de seu publico e mostrasse como você é legal...

Aproveitou?
Não! Pqp, não aproveitou!
Sabe quantos milhões de cartas eu recebo todo ano? E sabe quantas eu resolvo conceder os pedidos?
E o que foi que você fez?
Demorou uma vida para ganhar a primeira do ano.
A toda hora colocava a culpa no carro ou na equipe.
Só entrou realmente na disputa do titulo quando já estava praticamente perdido.
Perdeu para o companheiro de equipe... Aquele que ninguém dava à mínima e que acabou sendo o campeão do ano.
E o pior! Resolveu que vai ficar mais um ano, quebrando a promessa que tinha feito de se aposentar... (Pobre tio Frank! Acho que vou começar a ler com mais atenção às cartas dele...).

E parecia que caminhava para ter – senão a unanimidade – pelo menos a virada em termos de simpatia de uma grande parcela dos seus compatriotas, dando voz tanto a seus fãs quanto a seus desafetos...
Mas você tinha que borrar tudo com aquele processo desnecessário contra o Google e sua ferramenta orkut... Que tiro na água, heim?

Ok... Eu sei que o normal seria que você escrevesse para mim e não o contrário, mas quis saber, eu tinha de saber, o que foi que aconteceu?
Será que poderia me explicar?
Abraços:
Santa Claus, ou Papai Noel... Escolhe ai.

Então o destinatário daquela cartinha vinda da Lapônia esticou o braço e pegou – debaixo de uma pilha de livros de auto-ajuda – papéis para escrever a carta resposta:

-Querido Papai Noel...
Olha, eu sou só um brasileirinho....

10 comentários:

Paulo Maeda™ disse...

Dio mio! kkkkkkk
essa foi muito engraçada Groo, tow dando risada até agora, ainda mais do desfecho kkkkk Flw

Alysson Prado "Balo" disse...

Ele tinha que escrever pro SÃO JUDAS TADEU, o santo das causas impossíveis...quem sabe ele não ajudaria?

muito bom o texto Groo, Parabéns..é qual o endereço do Papai Noel mesmo lá da Lapônia? (rs)

Fernando Mayer disse...

KKKKKKK, Pô Groo, "Ce num presta memu..." kkkkkkk Pobre 1B, só leva fumo.

Felipe Maciel disse...

hahahahahah Impagável!

O próprio texto tem um ritmo que acompanha a tranquilidade/revolta do cara. Cada dia se superando, hein...

Acho que o brasileirinho aí vai pedir pro alemãozinho pegar leve com ele ano que vem...

Manu disse...

Hahahahahaa...
Sim, "só um brasileirinho" injustiçado... Oooooh dó! xD
Será q terá mais dessa frase ano q vem?
Ai, ai... ano que vem... Vou precisar de muito suco de maracujá.

abs!^^

Anselmo Coyote disse...

Kkkkkkk!!!!!!!!

Que a nossa amizade seja eterna, Groo.

E o Papai Noel, hein. Que vacilão. Deixar vazar uma carta dessas, pô! Vai fazer companhia ao Google.

Abs.

Marcos Antônio Filho disse...

é pelo visto nem o papai noel entende...


rsrsrsrsrs

Leandro Montianele disse...

hahahahhahahahhaha...
Sensacional, Groo!!
Até o papai noel ficou revoltado com o 1B. Da próxima vez o velho ferrarista (papai noel) vai pessoal falar uma besteiras para o Barrica.

Abraço!

Marcelonso disse...

Groo,


Essa foi demais,Papai Noel louco da vida com o glorioso Barrica,essa foi a melhor de todos.

Aplauso de pé,tô rindo até agora!

abraço

valter disse...

Muito bom, texto impagavel.
Como a Laponia fica "lá pros lados" da Finlandia, Papai Noel nesse ano atendeu seu vizinho Kimmi.