7 de dez de 2009

Ê povinho bunda

Para um país que se orgulha de ser representado mundialmente pelas imagens do carnaval estão fazendo onda demais com as declarações do ator Robin Williams.Ele ter dito que mandamos: “cinquenta stripers e meio quilo de pó” para ser escolhido como sede das olimpíadas de 2016 não me pareceu disparate nenhum.
Vamos analisar.

Cinquenta stripers...
Somos um país altamente “bundista”, começa que para elogiar uma mulher de qualquer parte do mundo quando ela é gostosa dizemos: “Bundinha de brasileira”.
E ainda ficamos todos orgulhosos quando um gringo qualquer diz que adora as mulheres daqui... Quer mais?
Procure no vídeo que o COB apresentou no evento de divulgação da sede e conte bem quantas bundas apareceram juntamente com os “pontos turísticos” e “belezas naturais” da cidade maravilhosa.
Sem contar que também haviam as imagens do carnaval carioca que já citei na abertura do texto.
Alguém ai pode dizer: “-Ah, mas o uso das imagens e até mesmo o carnaval não tem a conotação que ele deu! Srippers são prostitutas,”.
Ah não?
O forte apelo sexual das imagens das bundas praiando no Rio, ou das mulatas pulando como se o chão estivesse quente e chacoalhando as partes sempre à mostra não se confundem com o oficio das stripers?
Sem contar que a generalização é preconceituosa, afinal nem toda striper é prostituta, como nem toda passista de escola de samba é safada. O contrário também serve.
E por ultimo, qualquer uma que faça algum sucesso, ou ganhe notoriedade repentina seja lá por qual motivo neste país logo é convidada para?
Claro! Mostrar a bunda na playboy... E todo mundo adora....
Até quando é a Fernanda Young - que nem bunda tem - ou a Geyse Uniban que até tem, mas não sabemos de que parte do corpo. Se na frente, atrás ou na cara...
Portanto podemos dizer que achar ruim a primeira parte da frase do cara é hipocrisia.

Meio quilo de pó.
Talvez a palavra “pó” tenha sido mal escolhida, ele devia ter dito “droga” mesmo.
Basta dar uma olhadinha na comissão olímpica que foi até lá para representar o país na decisão e teremos, obrigatoriamente, de dar razão ao ator estadunidense. Claro... Ele errou – e feio – na quantidade.
Todos aqueles caras lá davam muito mais de meio quilo...
No conjunto:
Só disse a verdade de forma irônica, e alegar que ele não poderia ter feito tal piada porque já foi viciado – em pó e não em stripers – é no mínimo uma contradição...
E vinda de um povo que vive bradando que aprendeu a rir de si como forma de escapar das próprias mazelas é outra hipocrisia das grossas...

Agora... Se for pelo fato dele ser americano e não ter nada a ver com nossos problemas, ai sim... É hipocrisia e idiotice mesmo.
Quando são os humoristas silvícolas a fazer piada com o resto do mundo os mesmos chatos que criticaram se matam de rir...

12 comentários:

Julio Cezar disse...

O brasileiro parece aquele guri de colégio que vive tirando sarro de todo mundo, mas fica bravo quando alguém lhe coloca um apelido.

O que vimos ontem em Curitiba e no Rio de Janeiro foi deplorável.O Coritiba e o Flamengo tinham que ficar pelo menos um ano fora de qualquer competição, um ano sabático forçado, só assim para acabar com essa arruaça.

Mas isso seria justo com os outros torcedores, que não tem nada a ver com a história, pagarem por meia dúzia de delinquentes? Sim, é justo. Se ficarem insatisfeitos, troquem de time. Pronto.

Sei que o post não tem nada a ver com futebol, mas a sequência de acontecimentos que ocorreram põe em xeque a questão do comportamento do brasileiro, que há anos sofreu um processo de adaptação à sociedade em que vive e da educação que recebeu, tanto formal como informal.

Talvez neste momento todos estejamos pagando com juros e correção monetária neste momento as consequências de todo este processo...

Marcos Antônio Filho disse...

Muita gente acha que o Brasil é que nem mãe,só nós podemos falar mal, ai por isso dão todo esse estardalhaço...

E sobre o coment do julio cezar, não acho que o flamengo mereça punição até pqnão foi no maraca a confusão, foi sim pelos os pitboys que vivem no leblon, tudo filhinho de desembargador, que não vai acontecer nada com nenhum deles... Já o coritiba, foi algo lamentável...

Julio Cezar disse...

É verdade, Marcos! Não tinha dado conta deste "detalhe". Porém, o que houve depois foi lamentável, classificado somente como uma GUERRA CIVIL!

Acabei de assistir na Band News: um torcedor morreu atropelado por um caminhão quando comemorava o segundo gol. Brigas entre gangues, onde foram encontradas até granadas. Enfim, o Brasil tomou um caminho sem volta.

Manu disse...

Assino embaixo Groo. Eu disse as mesmas coisas à minha irmã (q não aceita opiniões) ontem sobre esse fato.
Acho que realmente a piada é se sentir ofendido com essa do Robin Williams, afinal ele é um comediante e fez o "trabalho" dele.
Se fosse o Casseta & Planeta falando dos gringos... ah aí ficava tãããããão diferente!

Ótimo texto!^^

abs!

Alysson Prado "Balo" disse...

A bunda brasileira virou uma espécie de referência nacional, pó nem tanto, é coisa mais da Colômbia, Bolívia, Peru e Venezuela, mas para um país que se orgulha das bundas e do cadenciado do caminhar de suas mulheres deveria se orgulhar de exportar tal produto, a ofensa fica em incluir no pacote produtos que não são genuinamentes brasileiros (caso do pó), mas aqui é América do sul, pra eles tudo igual!

Anselmo Coyote disse...

Groo e amigos,

Dentro do maracanã não houve confusão que merecesse uma notinha de roda-pé.

Do lado de fora a coisa pegou feio. Mas "são todos filhos de desembargador" (?)... Essa foi f*da. Que chute (ou vontade de ser filho de desembargador, sei lá...).

"O Coritiba e o Flamengo tinham que ficar pelo menos... um ano SABÁTICO...". Ai meu taco! Assim não vou poder jogar sinuca.

Ah... Rob Williams? Ótimo ator. Pena que só atua em filminhos água com açúcar. Uma meia exceção para Insônia, onde faz o vilão e atua com Al Pacino.

No mais, tudo certo.

Abs.

Daniel Médici disse...

De fato, nos comportamos como países fundamentalistas muçulmanos ocasionalmente... A identidade brasileira é bastante evocada pelos seus habitantes, mas desconfio que ainda não sabemos muito bem o que isso significa. Inseguros, não aceitamos piadas.

Aliás, lembra muito o caso do episódio dos Simpsons visitando o Rio de Janeiro. Não aprendemos nada desde então.

Francisco J.Pellegrino disse...

Não levem muito a sério o que disse o sujeito....na maioria dos casos eles tem razão....QUEM TEM QUE SE DEFENDER DESTAS AFIRMAÇÕES SÃO AS PESSOAS DO NOSSO COMITÊ OLIMPICO...(se vc está afim de defendê-los o faça no foro próprio),para nós do povo, gente normal, trabalhadora, pouco importa. A maioria das pessoas que não conhece o Brasil, nossos hábitos, nossos costumes, tende a ser levada a comentá-los por imagens vistas na TV. Tenho um amigo na Suiça que aos 73 anos de idade ainda acredita que temos mulatas sobrando por todas as ruas de São Paulo, outro dia mandei uma foto de uma onça que estava numa árvore em uma cidade do interior, fugida da floresta tomada pela cana de açucar e disse a ele que era normal encontrar por aqui o dito felino. Relaxe e goze.

Felipe Maciel disse...

Realmente é muita frescura. Foi patético ter assistido ao jornal e ver a Globo toda ofendidinha com a piada do cara.

A piada foi boa... Eu gostei! Mas tem gente que não tem senso de humor e leva para o pessoal. Mas quando essa mesma pessoa faz alguma piada sobre o próprio país, aí ele se acha...

Fábio Mandrake disse...

Moro no Leblon desde que nasci, onde tb tenho trabalho e tenho toda a família e amigos, não sou Flamenguista(Botafogo)como carioca fiquei feliz pelo título ter vindo ao Rio(Odeio essas rixas violentas entre clubes)vi tudo de minha janela e pensei, como podem brigar sendo todos do mesmo time?Era momento de festa não de beligerância, vi até gente com camisas do Vasco, América, Botafogo e Fluminense circulando em meio ao mar rubro negro e tudo na maior calma.
Tb acho que o Flamengo não deva ser punido pelo ato de alguns imbecis que não sabem beber e acham o máximo sair na porrada.Agora quanto ao Curitiba acho que o clube merecia sim uma suspensão, assim como Flávio Gomes escreveu em seu blog.
Quanto ao ator idiota americano(povinho metido)o melhor é deixar pra lá, já ganhamos as olimpiadas mesmo, essa é a melhor resposta.
Groo, vai uma sugestão pq vc não faz uma análise de como será a performance das equipes da F1 em 2010?
Aqui fica meu abraço a todos os Flamenguistas e torcedores pacíficos do futebol brasileiro.

Hugo Becker disse...

Brasileiro é bobão, mew. É irônico. Como vc bem disse, o povo do carnaval, do futebol e do sexo é um dos povos mais moralistas e conservadores do mundo. Acho que é porque somos um país católico. Não vejo outra explicação. Mas é ridículo.

Tá na hora de a gente parar de vender a imagem de que o Brasil se resume ao Rio de Janeiro. Tá cheio de jornal no mundo inteiro que usa "carioca" como gentílico de brasileiro. "El carioca Gustavo Kuerten", "San Pablo, el club carioca", etc.

Net Esportes disse...

Aposto que muitos que acharam ruim da piada .... fazem muita piada com o time rival, com os portugueses 'burros' e até com os próprios norte-americanos ...... hiprocrizia plena ......