11 de fev de 2010

Enquanto isto na Campos Meta...

-Por favor, gostaríamos de falar com o Sr. Adrian Campos.
-E quem devo anunciar?
-Diga que somos da Trust Inc e gostaríamos de falar sobre patrocínio.
-Ok, um minuto, por favor...
A recepcionista faz uma ligação pelo interfone e ao desligar informa:
-O Sr. Campos vai receber os senhores na sala de reunião, queira me seguir, por favor.
-Pois não.
Entram por um corredor estreito e chegam a uma sala muito simples, com apenas poucos moveis e um computador devidamente desligado para poupar energia.-Hola que tal? –diz Adrian observando os dois homens que entram em sua sala, um loiro e um japonês.
-Não... Nós não gostamos disso não... – responde um dos homens.
-No te gustas de que?
-Hola, aqui é todo mundo hétero... – e caem na gargalhada...
-És uno brincalhão heim? – sorri Campos, mesmo constrangido.
-Sim, sim... – e continuam rindo.
-Mas mi secretaria disse que queriam falar sobre patrocínios? – mudou o rumo da conversa.
-É verdade... O senhor tem uma equipe de F1 não tem? – pergunta o japonês.
-Si, si...
-E contratou o Bruno Senna não foi? – continua o loiro.
-Si, és verdad... Eu achei que contratando ele o sobrenome atrairia mais patrocínios...
-Bem... Pelo visto não deu certo. – conclui o japonês.
-Ainda no, Pero...
-Pero nada... Seu problemas se acabaram-se! – diz o loiro.
-Como assim?
-Nós somos da Trust Inc e temos uma proposta para você...
-Proposta?
-Sim! Você estampa nossa marca em seus carros e bancamos a temporada para você! –continua o loiro.
-Mas isto é muy bueno! E de que és tua empresa?
-Produtos para banheiro... – esclarece o japonês.
-E não é qualquer produto não... São produtos que prometem deixar o vaso sanitário pelo menos vinte segundos mais rápido.
-E disto que preciso! - diz Adrian.
-Não, não... é para usar no banheiro e não no carro. – ri o japonês.
-Yo estava falando de la grana...
-É o seguinte... Estamparemos algumas frases na carenagem do carro e tudo certo.
-Mas que frases?
-Tipo: “Trust Inc deixa a m... mais rápida!” – mostra o loiro em um cartaz.
-Mas ai podem pensar que estão falando da equipe, dizendo que a equipe é uma m...
-A idéia e esta! – e caem na gargalhada os dois...
-Bem... Yo preciso do dinheiro... Onde assino.
-Aqui, e aqui... – aponta o japonês em um contrato.
Adrian assina e no mesmo momento a porta se abre e entram dançarinas de biquíni, alguns anões e homens segurando câmeras de filmagem. -Ahá! – grita o japonês – Pegadinha do Mallandro!
-Salci Fu fu! – grita o loiro...
-Você acabou de participar do “Topa tudo por dinheiro!”.


E está no ar a edição dos novos carros da Rádio Onboard.
Sempre com boas discussões e muito humor, Felipe Maciel e eu recebemos um convidado especial: Fábio Campos...
Tá eu sei que ele é titular, mas aparece com tanta frequencia que a gente esquece disto.
Ouve ai...

15 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,


Nesta altura do campeonato o cara faz qq coisa mesmo.
Que baita sacanagem hein!!


abraço

Paulo Maeda™ disse...

Q sacanagem com o Campos kkkkkkkk
Mto boa Groo, flw

Ylan Marcel disse...

Bela sacada!

oliver disse...

Duas palavras:

pqop



hahahahahahahahahahahahahahaha

Mauricio Morais disse...

que sacanagem, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ron como é que deve estar a cara da família Senna com essa presepada toda? ninguém aparece pra dizer nada. Como eles caíram numa maracutaia tão primária?

Net Esportes disse...

hahahahhahah no finalzinho eu pensei na hora "rrráááááá pegadinha do malandro" ... !!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

sensacional !!!!!

Marcos Antônio Filho disse...

ráááaá´, pegadinha do mallandro!!!!

hahahahahaha essa fo f*da!rs

kimi_cris disse...

Realmente acho que o Campos faz mesmo tudo por dinheiro.

Grande Abraço!

Kimi_Cris

Felipão disse...

heuheuheu e por acaso essa a equipe que mais todos colocavam fe entre as novatas.

Anônimo disse...

heuheuheu e por acaso essa a equipe que mais todos colocavam fe entre as novatas.

Abracao

felipe _ blogsport

Felipe Maciel disse...

Grande Groooooooooooo!

Com sua maldade característica hahahhaa

Daniel Médici disse...

O que mais me deixa inconformado com essa história é o Adrian Campos ter feito tudo absolutamente certo. O projeto era bem pensado, que tinha um bom piloto ao volante, todos os contatos já estavam costurados... até com Bernie Ecclestone!

Infelizmente a vida tem dessas.

Speeder_76 disse...

A história é excelente como sempre, caro Groo.

Quanto ao projecto em si, sou daqueles que sei a quem culpar pelo fracasso do projecto. Não ao Adrian Campos, claro, que esse é o menos culpado. Eu sou daqueles que grita alto e bom som: "Blame Mosley!"

Tomas disse...

hilário
hahah

abraço Ron

Tomás;
http://theformula1-blog.blogspot.com/

Anônimo disse...

eu vou degolar a sua garganta