Efeito borracha

A semana do GP da China começa...
Corrida no fim de semana promete ser emocionante como as anteriores já que há – além da nova lufada de ar competitivo que a categoria recebe – a possibilidade de chuva.
O que se pararmos para pensar é bem vindo por tratar-se de um tilkódromo.
Logo fica valendo o ditado: um homem prevenido vale por dois. Pode ser que a F1 tenha realmente mudado e a corrida seja legal no seco, mas para o caso de não ser bem assim, uma chuva circunstancial pode dar jeito na coisa.

Mas mesmo assim algo vem incomodar quem gosta do esporte como um todo.
Ok... Não é esportivo e sim político, mas incomoda.
A FIA fez um acordo com o Torresmo de Sunga e com seu comparsa Patrício Simão e agora não há mais punidos na história da batida forjada em Singapura.Punidos de fato, já que de forma branca e velada Nelsinho Piquet ficou como o único grande culpado de um fato que a partir de agora passa oficialmente a não existir.

É o efeito borracha.
Tal qual aquela borrachada que apagou dez jogos do campeonato brasileiro de futebol de 2005, agora acontece o mesmo.
Oficialmente não há mais a batida forjada, nem as ordens vindas dos boxes. Muito menos o banimento dos mandantes da bagaça.
Tudo apagado.

Apenas a parte que cabe ao filho do tri campeão é que não foi apagada.
Quando daqui a cinqüenta anos se tocar no nome de Nelsinho vai se falar neste episódio, e vão ser mostrados vídeos e vai se ouvir o lapidar: “Sorry guys...”.
Embora eu ainda ache que o que o tirou da categoria não foi o escândalo, e sim a falta de resultados.
Tivesse ele um histórico melhor e estaria ainda ai, mas como foi só o que foi...
Enfim, esta parte da história parece ter sido escrita à caneta, e como disse Nando Reis na canção Frases mais azuis: “... e frases de caneta, você não pode apagar”.

Comentários

Fernando Kesnault disse…
O que o Nelsinho fez foi "cuspir no prato que comeu" já que "concordou" com a fraude e mantivesse segredo velado do fato até a morte com são feitos este tipo de acordos no mundo dos esportes, ou voces acreditam que não existam?? Lembram-se daquelas ridículas saídas do Hamilton em China e Brasil para dar o título à Ferrari?? Basta ter bom senso e raciocínio...
F-1 A.L.C. disse…
nelsinho e nelsão acreditaram em Briatore, porque era um cara tão influente que ninguém imaginava que poderia se dar mal.

e se fú. como diria um certo governante de nove dedos
Marcelonso disse…
Groo,

Porque a gente não se surpreende com noticias como essa?Era carta certa,tudo questão de tempo.

Nelsinho ?Sorry guys,quem é esse cara?

abraço
Anônimo disse…
estou me revirando por dentro de tanto rir com o "torresmo de sunga"
Parece eleição do Clube dos 13, os que eram agora não são, os que são não eram, xiiiiiii sei lá embananou, quem se FU foi o Pimpolho.
Tomás Motta disse…
piquetzinho...
seu lugar não é na f1...
Anselmo Coyote disse…
"Nelsinho ?Sorry guys,quem é esse cara?"

Com certeza não é o cara que largou em 15o com uns míseros litros de gasolina no tanque que daria para passar dois ou três, reabastecer e voltar para o último lugar do grid.

Kkkkkkk!!!!

O pior cego é aquele que não quer ver.

Abs.