14 de fev de 2013

O sonho de Ratzinger


O papa Ratznger teve um sonho: entrava em seu papamóvel que na verdade era um Mustang GT 68 e percorria a Europa dirigindo a toda velocidade.
Cruzava o Atlântico em um cargueiro – com o Mustang no porão do navio, claro – e continuaria sua jornada pela América do Norte cruzando os EUA de costa a costa. Comendo hambúrgueres gordurosos, tomando cerveja local e ouvindo rock.
Quando acordou estava sentado na Capela Sistina olhando as obras de Michelangelo.
-Que saco! – pensou ele.
Então Ratzinger convocou uma reunião com a alta cúpula vaticana e explicou que estava de saco cheio. Queria sair e fazer o que tinha sonhado.
-Não dá!
-Impossível!
-Inimaginável!
-Sem chances!
-Du caralho! –disse alguém escondido nas sombras e que – prudentemente – não se apresentou.

Ratzinger então retornou a seus aposentos e trancou a porta e lá ficou por horas, dias, semanas, meses... Quando saiu reuniu a cúpula novamente e mandou na lata.
-Estou saindo, vou abdicar do papado. Estou renunciando.
-Mas, Sua Santidade não pode!
-Quem disse?
-Bem, não tem nenhuma citação nos livros, mas...
-Mas, nada. Eu estou de saída. Fui.
E foi. Não se sabe para onde.

A discussão teve lugar por dias, uns alegavam que a vacância de poder tinha de ser breve.
Outros que deveriam tentar convencer o alemão a voltar.
E havia aqueles que já pensavam no próprio nome para o lugar do demissionário.
-O que diremos aos fiéis? – perguntou o representante dos uns.
-Sei lá... Temos que pensar. – disse falou um dos outros.
-Algo precisa ser feito. E rápido. – ponderou um daqueles.
-No momento só me ocorre mudar a senha do twiter papal. – ninguém viu quem disse isto.
-Como? – perguntaram todos.
-Claro, vai que o alemão fica no microblog cornetando tudo que o próximo papa fizer?
E todos concordam balançando afirmativamente a cabeça.
O silêncio pesava na Capela Sistina quando Ratzinger volta com uma expressão cansada;
-Diga que voltou atrás em sua decisão. Voltou?
-Não, continuo com minha renuncia.
-Mas por que voltou?
-Não consegui o Mustang... Disseram que estou velho demais para pegar um carro veloz e sair dirigindo... E o que decidiram?
-Vamos dizer aos fiéis que está cansado e com problemas de saúde. Se opõe?
-Não... Fique a vontade.
-Poderá morar em um dos apartamentos da Santa Sé.
-Tudo bem...
-E vamos trocar a senha do twiter.
-Ai não...

4 comentários:

Net Esportes disse...

Sacanagem hein .... da uma Mercedes pra ele então ... não seria a primeira vez que dariam uma Mercedes para um alemão velhinho !!!

Anônimo disse...

...tudo bem. a Igreja Católica aceita tudo. É a mais democrática, hoje em dia. Quero ver brincar com Alah e com Maomé. E com os "Papas" de lá, do Islamismo. Mexe com os crentes que eu quero ver... Já vai dar um paninho prá manga... Cristão e católico é gente boa.

O que a Igreja Católica não quer é que o mundo veja mais uma morte sofrida como a de João Paulo II. Jogada de marketing e hoje todo mundo tem um celular para tirar uma fotinho... Nada a ver mas, era visível a irritação da Rainha da Inglaterra com a abertura das Olimpíadas. Parecia dizer... " que saco, esta mesma enrolação... já tô cansada disso " ! Deixasse o Charles ou o neto e a princesa prá ver como seria ! Uma festa ! Veremos, a partir de agora, o Papas - e reis e rainhas mas estes não governam... e o Papa tem lá o seu Poder. Dizem que já foi beeeem mais forte... ha ! - veremos os papas mais jovens e, quando mais velhos, renunciarem. Um Mustang Fastback do Chip Foose prá ele. Branco e com uma tremenda Cruz de Malta no capô ! V8 302 polegadas... 5 litrinhos. Bem preparadinho. Mercedoca vai ficar prá trás.


M.C.


Paulo Levi disse...

Mais um conto com a marca Groo, brilhante como sempre. Parabéns!

Marcelonso disse...

Groo,

Com a idade chegando não adianta insistir, não tem jeito...

abs