19 de ago de 2013

Não há mentiras e nem verdades aqui. Só mais do mesmo

Joaquim Barbosa é honesto?
E o futuro partido de Marina Silva? Merece crédito?
A campanha feita contra os dois não lembra as campanhas feitas pela direita quando no governo contra o PT que era oposição?

O banheiro de Joaquim Barbosa não lembra o caso do aparelho de som que Lula tinha em casa e que os adversários viram como “prova irrefutável de sua corrupção”?
E a bronca extremada contra Natura e Itaú, não lembra a choradeira sobre quem financiava campanha da petista quando pleiteavam a presidência?

Não é engraçado como tudo se repete?
Não tenho a mínima ideia se Barbosa é honesto e nem sei se merece crédito o ajuntamento de Marina.
Não colocaria por eles minha mão nem na água gelada, que enruga dos dedos, quanto mais no fogo.
Mas enoja também ver um partido que sempre se apregoou “diferente” dos demais fazendo as mesmas e surradas estratégicas politiqueiras.
Cada dia mais me convenço que o PT é um PSDB vestido de vermelho.

E ainda tem a comemoração por ter sido descoberto um esquema de propinas envolvendo grandes empresas multinacionais e o governo tucano paulista.
Comemoração?
A sujeira azul é mais suja que a vermelha?
É caso para ficar revoltado, pedindo cabeças urgentemente.
Como disse um dos ministros do STF Luis Roberto Barroso: “-Não existe corrupção do PT e corrupção do PSDB. Existe corrupção.”.

E depois há quem enxergue fascismo no fato de muitos sonharem com a extinção dos partidos políticos.

3 comentários:

Francisco J.Pellegrino disse...

Q todos sabem q existe corrupção no PSDB não é nenhuma novidade, no PT é "novidade" mais recente...agora o PMDB é um caso sério, enfim meu amigo...pela Rainha das Florestas tb não coloco minha mão na água fria....temos uma saída, porém estreita: A PONTE DA AMIZADE!

Vander Romanini disse...

Em 2014 teremos a chance de mudar!
Mas será que conseguiremos?

TW disse...

É tudo farinha do mesmo saco!