20 de mai de 2014

O troco

Quando ele contava a história, ninguém acreditava.
Também pudera!
Ter encontrado marcianos na plantação de trigo da fazenda de seus pais quando jovem e ainda por cima ter batido um belo papo com eles era pra lá de história para boi dormir.
Cresceu com aquilo.
Formou-se cientista pela afamada universidade de Berkeley e foi recrutado para trabalhar na agencia espacial norte americana.
Devido a seus conhecimentos, foi incluído no projeto que visava o planeta vermelho.
Uma de suas maiores realizações era o robô Curiosity, com o qual a NASA exploraria a superfície de Marte em busca de vestígios de vida.
O pequeno robô era a menina de seus olhos e chegava às raias da obsessão.
Preocupados, seus superiores o aconselharam a procurar ajuda profissional.
Pelo bem da missão.

Já inteirado com a ficha do paciente, o psiquiatra o recebeu para uma primeira sessão.
-Então você viu os marcianos?
-Vi.
-E eram verdes?
-Eram... E tinham olhinhos puxados igual de coreano.
-Hu hum... Conte mais.
-Eu estava em casa quando uma lua estranha veio do céu e foi baixando no meio da plantação de trigo, não me aguentei e fui até lá para ver o que era encontrei os marcianos lá.
-E como sabe que eram marcianos?
-Porque eu perguntei! Óbvio.
-E eles falam nossa língua?
-Sim, mas com um sotaque fiadaputa...
-E o que eles estavam fazendo lá?
-Disseram que estavam só de passagem, mas não acreditei... Vi aqueles desenhos que eles fizeram na plantação e fiquei muito curioso. Perguntei várias vezes o que significavam.
-Que desenhos? Como eram estes desenhos?
-O senhor já viu a capa daquela coletânea do Led Zeppelin: Remasters?

-Sim vi...
-Então... Aquele desenho foi fotografado na plantação de trigo dos meus pais.
-Interessante... E o que quer dizer aquilo? Eles explicaram?
-Explicaram... Mas não vou contar não... O senhor não vai acreditar.
-Tente.
-Não, não... Nem vou perder nosso tempo. Mas digo uma coisa: assim que puder, dou o troco neles.
-Troco?
-Sim... Vou fazer o equivalente lá no solo do planeta deles.
-Hum... E vai usar o Curiosity, presumo.
-Sim.
-Bom... De qualquer forma, apesar de sua história fantástica, não posso diagnosticar nada demais... O senhor pode continuar seu trabalho. Vou documentar que está apto.
-Muito obrigado...
-Só uma coisa, não deixe de me informar quando der “o troco”. Ok?
-Sem problemas...

E assim, alguns meses depois da consulta, o médico recebe um envelope enviado pelo cientista e dentro apenas uma foto...

livremente inspirado aqui>  Vi na internet, por Charles Nisz

5 comentários:

Julio Cezar Kronbauer disse...

Tenho outra hipótese... o pessoal da NASA anda vendo muito Top Gear.

http://www.youtube.com/watch?v=-1bsh5Ne3yU

Vander Romanini disse...

Putz!!! Pelo menos devia manobrar melhor!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKK

Marcelonso disse...

Groo,

Como sempre o texto está muito bom. O sujeito mergulha na história...

E que troco!


abs

Anselmo Coyote disse...

O troco que ele devolveu foi um Romero Brito mal acabado, que obviamente o nobre blogueiro deve achar que é melhor do que um acabado. Discordo. :)
Abs.

Magnum disse...

Na bola esquerda tem o símbolo da Globo... Hm.. Mensagem subliminar pros marcianos tb?