29 de mai de 2014

Uma teoria (conspiratória) sobre o campeonato

Round 1.  Não haverá concorrência e o campeonato será sem graça.

Hamilton e Rosberg dominam a primeira classificação da temporada.
Os outros estão anos luz atrás e não e a ideia geral é que não haverá oposição durante toda a temporada.
Aposta? Óbvio!
Hamilton é (afirmativamente) melhor piloto que Rosberg.
Hamilton tem um (inédito) problema e abandona a prova ainda no inicio e não pontua.
Mais obviamente ainda Rosberg ganha a corrida e abre uma vantagem grande, se contar que se pensava não haver concorrência e que o problema seria corrigido e não afetaria Rosberg (que sempre foi muito constante e regular) em um futuro próximo.

Round 2 – A lógica dá as cartas e o campeonato continua sem graça.

Nos próximos quatro embates o domínio nas classificações se mantém.
Hamilton, óbvio dos óbvios, ganha as quatro até previsivelmente, mas apenas na quarta vitória da sequencia é que o inglês consegue tomar a ponta da tabela de classificação.
 Se a lógica prosseguir dando as cartas vai ganhar mais algumas e abrir uma vantagem que por mais regular que seja, Nico não vai tirar.

Round 3 – Esperança de alguma emoção.

Se Lewis iria tomar a pole de Nico naquela última volta é coisa que nunca vamos saber de verdade. O que sabemos é que Hamilton – aparentemente - ficou putinho.
Nico sai na frente, honestamente, dizem os comissários e Lewis vem logo atrás, o que em uma pista como a do principado é um problema.
Nico vence com Lewis em segundo e sem uma luta real pela ponta.
Inocente quem pensou que haveria uma.
Passar lá só arriscando muito e entre dois companheiros de equipe a disputa é quase impossível de ser liberada já que a chance dos dois saírem da prova é gigantesca.
Para justificar o não combate uma desculpa que envergonharia o 1B: um cisco no olho.

Round 4 – O campeonato está salvo.

Como consequência da corrida no principado, além da retomada da ponta pelo filho do Keke, o corte das relações de amizade entre os dois pilotos da Mercedes partindo, claro, do inglês com direito a dizer que tirou o cofre da casa do outro e tudo.
A guerra está declarada?
Vai saber...
O que aconteceu é tão bom para o campeonato e para a audiência, mas tão bom que parece até armado.
Duvidar? Eu? Magina...
Tão crível quanto enfiar uma corneta no escapamento para aumentar o barulho do motor.

5 comentários:

Jaime Boueri disse...

Sensacional as imagens!

Anselmo Coyote disse...

E o mimimi continua.
O campeonato está sem graça com dois pilotos? Ah sim. De 2010 a 2013 é que estava uma maravilha, com um pilotinho só. Vá se lascar, Groo.

Abs.

Rafael Schelb disse...

E depois sou eu quem fica vendo conspiração em tudo... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcelonso disse...

Groo,

O embate entre os pilotos da Mercedes surpreendeu todo mundo. Jamais passou por nossas cabeças que isso pudesse ser armado....
abs

Marcelonso disse...

Groo,

O embate entre os pilotos da Mercedes surpreendeu todo mundo. Jamais passou por nossas cabeças que isso pudesse ser armado....
abs