18 de jun de 2014

Nota do busão na copa


A copa tinha que – obrigatoriamente – render uma notinha do busão.
Claro... Embora não tenha sido exatamente dentro do coletivo, mas no ponto de ônibus.
Dois cidadãos conversando ao lado de duas cidadãs.
Impossível saber se havia algum grau de parentesco entre todos os envolvidos, mas supõe-se fossem cônjuges.
Segue-se o dialogo sem identificação por estar de costas ao grupo:
-Assim não vai dar tempo de ver o jogo... O ônibus tá demorando.
-Qual? O da Bélgica?
-Não! O do Brasil mesmo.
-Ah! Vai sim... Pode ficar tranquilo: o jogo é às quatro da tarde.
-E vai ser onde?
-Fortaleza...
-Ah... Mas vai ser às quatro da tarde lá! Cê contou o fuso horário?
-É... Não.
-Tá vendo? Tomara que o busão chegue logo.

Não houve risadas. Nem minhas.
Até a hora que sai de lá, nada de ônibus.
Ainda bem que tinha o fuso horário... Ainda bem.

6 comentários:

Vander Romanini disse...

Belo texto!!!!!

Rafael Schelb disse...

Essa merece aquele mega facepalm... hehe

Rafael Schelb disse...

Essa merece aquele mega facepalm... hehe

regi nat rock disse...

Pois é , como argumentar com a diferença do fuso? Alias, fuso tem forma anatômica conveniente a esses 'çabios'.

Marcelonso disse...

Groo,

As vezes é melhor esse tipo de coisa que ser surdo...


abs

Marcelonso disse...

errata:

é melhor escutar esse tipo de coisa que ser surdo...


abs