9 de out de 2014

F1 homeopática (em pequenas doses...)

Lembra daquele episódio do Pica Pau (Wood Woodpecker) em que ele dizia a célebre frase: “-Vodoo é pra jacu!”?
Vamos adaptar?
Baku é pra jacu!
Talvez nem seja, é verdade, mas como traçado de rua nunca é lá muito empolgante...
Bem, ao menos desta vez o Tilke freou sua tara por sapatos e não desenhou o traçado igual a um mocassim, uma bota, um sapato de palhaço como fez em Sochi, no mutilado Hockenheim.
A corrida deve ocorrer por lá só em 2016, mas creia... Tirando Ecclestone e os organizadores locais, duvido que haja mais alguém ansioso com isto.

A movimentação do mercado tem sido surpreendente.
Vettel se despediu da Red Bull e deixou o posto de “rei” da equipe para Daniel Ricciardo I, o sorridente.
O destino do alemão quatro estrelas deve ser a Ferrari, ao que tudo indica (aqui ninguém é vidente) para tentar montar um dream team nos moldes daquele que levou o alemão original, o sete estrelas, a conquistar o universo a bordo de uma machina rossa della máfia.
Porém: Matilaci não é Ross Brawn, Tombazis (parece fala do Mussum) não é Rory Byine e não há um Jean Todt no time hoje.
Se bem que... Ele está no comando da FIA, conhecida como Ferrari International Aid e isto conta.
Ah, e o mais importante, talvez... Kimi (se ficar acordado, claro) não é Rubinho.
Para o bem e para o mal.


Fernando Alonso, que é quem deve sair do time deve respirar aliviado.
Não vai ter, mas a pressão de ser o substituto a altura de Schumacher (e convenhamos, ele é, mas precisa de equipamento condizente com seu talento) em uma equipe que vai aos trancos e barrancos sendo sombra do que já foi o maior time de F1 em todos os tempos.
Que time vai encontrar se for para a Mclata? O do Senna ou o do Button?
Mas, e tem sempre um... Corre boatos de que ele vá para a Mclata (de novo, não sou vidente).
O time tem projeto e o background do retorno da Honda. Ponto positivo.
Mas vem mau das pernas tecnicamente já faz um tempo. Ponto negativo.
E ainda pode ser que conte com Lewis Hamilton também. Sem pontos... Que é como a equipe terminou a temporada em que os dois estiveram juntos por lá...

6 comentários:

kicostone disse...

Bem improvável a HONDA ser campeã no primeiro ano de volta. Alonso, tenha paciência.

Vander Romanini disse...

O traçado de Baku é um c*.
Choronso na McLaren, pra mim, é uma droga.
E duvido que Hamilton troque o conforto da Mercedes e vá pra McLaren.

Anselmo Coyote disse...

Comparar Vettel com Schumacher.. tsc tsc. (não importa se foi brincando). Depois reclamam dos absurdos da campanha eleitoral.
Kkkkkkk!!!!
Abs.

Marcelonso disse...

Groo,

Muito em breve, as corridas em circuitos de verdade e históricos serão escassas. Tirando Mônaco, por tudo o que representa, todos os demais circuitos de rua são verdadeiras merdas, com o perdão da palavra.


abs

Manu disse...

O traçado em Sochi parece bem +/- mesmo. Não sou vidente tbm, mas não me empolgou mesmo...

"Daniel Ricciardo I" pode dar certo, rsrsrrs...

Seu raciocínio sobre a Ferrari se assemelha ao que comentei qd saiu a notícia da ida de Vettel para lá. Pensei o mesmo: que a equipe sonhasse com o dream team e já pegou um alemão para tentar fazer dele um novo Schumi. Só pedi que Kimi fosse Eddie Irvine, pelo menos, não Barrichello... :S

Abs!

Rubs Cascata disse...

O contrato de Alonso foi rescindido no dia 30/09.
Luís Amilton não considera sair da Mercedes, ao menos enquanto pode ser campeão.
A Red Bull economizará 30 milhões de euros de salários de pilotos.
E Alonso pode mesmo ter a chance de ir rezar no seu ano sabático.
Nenhuma tragédia diante das marolinhas que nos visitarão em 2015.
Não sou adivinho, mas leio cartas.
Abs.