19 de fev de 2015

Fim do carnaval, volta da programação normal...

Não sei o porquê de tanta gente dizer que “odeia” o carnaval.
Porra, feriadão de cinco dias... Quer melhor?
“-Ah, mas eu não gosto de samba.” – ou – “-Ah aquela gente fingindo felicidade e alegria...”.
E daí?
Gente que é feliz – ou finge – não enche o saco, deixa os caras lá...
E quanto ao samba?
Não ouça...
Eu tenho internet, bons livros, grandes discos (incluindo alguns de samba) e nem me dei conta que havia desfiles na TV, bailes e outras coisas...

Mas voltando então ao normal...
Rosberg disse que mudou a preparação para o campeonato e diz que agora está treinando até respiração.
Vai pilotar ou vai cantar ele?
Ou então...
Vai pilotar ou vai dar a luz?

A FIA (ou FOM, FOCA, FUCK, sei lá...) proibiu a troca de pintura dos capacetes durante o ano.
Agora sim, agora vai!
A alegação é criar identificação com o público.
Mas para isto já não tinham fixado os números dos pilotos? Não era melhor só aumentar o tamanho dos números pintados nos carros?
É muita preocupação com a tal “identificação”.
Sorte do Rubinho que já parou de correr.
Não que ele trocasse muito de capacete, mas se fosse para criar identificação de verdade, ele não poderia nunca passar para a primeira posição de uma corrida, afinal, ninguém mais identificado com a segunda colocação que ele...

3 comentários:

Manu disse...

Esse lance dos capacetes foi muito sintoma da falta do que fazer.
Será que eles acham que realmente somos um bando bobos ou amadores que não conseguimos identificar a galera na pista?
Se bem que direto os narradores trocam os nomes, mas já sabemos das incompetências deles!
Estou sem entender pq essa bobagem agora.

Abs!

Anônimo disse...

Eu sabia que a Manu não era 'só coxas'. É bonita ! Torce pelo Broncos éééé ? Eu torço pelo Eagles !
Mas, Seth.
O pobrema é a alienação provocada por carnaval em momento dificílimo para o país. A pior das crises se aproxima. Fando só do carnaval, que, como um show de rock, é, como disse, fator de alienação. Onde há público exageradamente 'inflado', há alienação. Corintííía ! Nennnngo !
O pobrema é que uma só cervejaria monopolizou o carnaval carioca com suas latinhas azuis, é uma BOA isso ? o pobrema são os jovens, às 10 da manhã, nos blocos, a maioria bêbados, numa falsa alegria andando feito zumbis atrás do trio elétrico. Quer dizer, do carro de som. Atrás do trio elétrico vai quem virou zumbi ! Antes, o blocos levavam, no máximo, como o Garota de Ipanema, 1500 pessoas zumbizando. Hoje, leva 100.000 pessoas ! Antes, para achar uma latinha de cerva quente, só com um ambulante que, mal a gente chegava nele e pedia ' uma antártica, meu !', ele respondia... ' cabô, parceiro. Agora, só skol !'.
Hoje, TODOS os ambulantes credenciados e com coletes azuis e crachááá ! A Cidade toda mijada ! Vila Madalena, os selvagens exageraram... Uma BOA isso ? Sem contar as drogas...
Leia ZERZEROZERO ! Já prá livraria, Seth !
Tu é um tesão, minha broncozinha..


M.C.

Anônimo disse...

Groo,

Sinceramente não curto essa de piloto trocar de capacete a cada corrida. Mas dai a proibir que o sujeito o faça é além da conta. Coisa de quem não tem o que fazer...

abs
Marcelonso