23 de abr de 2015

Dissecando manchetes

Niki Lauda, aquele das declarações controversas soltou aos repórteres que a Mercedes não se sentirá pressionada para fazer atualização de seus motores mesmo que a Ferrari o faça.
Pronto, achamos a comparação ideal: a Mercedes é a Samsung da F1.
Não atualiza porra nenhuma.

Já a Ferrari vai atualizar os seus e promete melhorias para o Canadá já no meio do ano.
A Ferrari é a Motorola da F1.
Atualiza, mas demora... E nem sempre fica lá estas coisas.

Bernie Ecclestone, o velhinho da fuzarca, disse que não há problemas com os direitos humanos no Azerbaijão, que pode ter corrida lá de boa.
Sério... Desta vez eu acredito no anãozinho.
Também não se viola direitos humanos na Rússia, nos EUA (e lá pode ter até duas provas no ano) e nem na China.
Por isto que tem corridas nestes lugares.
E nem foi citado o Bahrein, que uns anos atrás tinha até quebra pau contra a realização da prova...

Arrivabene, a maior surpresa da Ferrari em anos disse que pediu para que construíssem o carro para que fosse ao gosto de Kimi Raikkonen.
Traseiro? Neutro?
Nada, de vodka mesmo.
E ainda completou o italiano gente boa: “-E eu vou botar a mão na massa com vocês”.
O que explica muita coisa.
Só bêbado mesmo pra ser gente boa na F1 e na Ferrari...

Por último: estava no Grande Premio que os brasileiros da F1 chamam a atenção pela solidez e pelos poucos erros.
Tá... É verdade, mas espera... Espera até voltarem ao normal.

2 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,

É verdade, Arrivabene vem fazendo toda a diferença na Ferrari. O cara é gente boa.


abs

Manu disse...

Há quem deteste Arrivabene. Eu ainda acho ele normal e ainda não tenho nada contra, talvez até a Ferrari voltar a ser aquela Ferrari que sempre mais irritou do que resolveu a baderna...

Abs!