26 de mai de 2015

Lado B do GP: Os burros de Mõnaco

Maldonado... Ah! Maldonado...
Consegue acabar com freios em oito voltas.
Consegue nestas oito voltas quebrar o bico de pelo menos um carro.
Consegue estar na F1 desde 2011 e nunca terminar um GP de Mônaco.
Bem que podiam colocar ele em um avião e dar um carro pra ele disputar as 500 milhas de Indianápolis... É bom ver um ser humano - e por tanto falho pra caramba - pilotando um carro de corrida de vez em quando.

Alonso fez caquinha na largada e foi punido com cinco segundos.
Se não tinha se arrependido até agora de ter trocado de equipe por conta do carro ruim, certamente se arrependeu agora.
Quando estava na Ferrari não era punido, foi só ir pra McLaren para perder imunidade.


Vertapinho é malandro.
Usou o carro do Vettel que ultrapassava um retardatário para fazer a sua.
Só que ai achou pela frente o Grosjean, que não é flor que se cheire.
Acabou a malandragem quando os dois foram para fora da prova.
E neste ponto a discussão sobre diminuição da maioridade penal ganhou mais um defensor: Grosjean quer ver Verstapinho sendo punido.


Mas malandro mesmo é o Rosberg que usa para ganhar a corrida a burrice dos outros.
Não... Não foi na pancada do Verstapinho, mas na burrice do Hamilton entrar nos boxes para trocar pneu faltando tão pouco para o fim da prova.
Ah... Mas foi a equipe que chamou para os boxes...
Claro, mas o “melhor piloto”, “homem da F1 atual”, o “cara” não sabe nada do próprio carro para dizer pelo rádio que não precisava trocar nada naquela hora?
Burro, burro. BURRO!
Jogo dos 7 erros

3 comentários:

Manu disse...

Só posso concordar. Nada mais.

Abs!

Rafael Schelb disse...

A grande burrona do fim de semana da foi a Mercedes. E sempre é bom ver o Alonso tomando naquele lugar..

Marcelonso disse...

Groo,

Quanta maldade nesse coraçãozinho....

abs