25 de jun de 2015

Odiado?

In Through the Out Door (1979) foi o ultimo disco lançado com todos os integrantes Led Zeppelin ainda vivos e carrega o estigma de ser o disco mais odiado da banda.
Se não pelos fãs, que hoje podem não ter mais a mesma opinião sobre o álbum, mas pelos próprios integrantes do grupo.
Todo o clima ruim que havia se instalado com a doença e morte do filho de Robert Plant e o galopante alcoolismo de John Bonham contribuíram para que o disco fosse feito meio que de qualquer forma.
Tanto que Jimmy Page chegou a dizer tempos depois que o disco era um álbum solo de Plant lançado como sendo do Led Zeppelin.
Disse também que não estava interessado em All My Love e que aquele tipo de som, com aquele refrão não representava o que era o Led de forma alguma.
Com a exceção de In The Evening nada ali lembra o que a banda já havia feito em termos de som pesado. Nem o bom blues I´m Gonna Crawl consegue fazer emergir o Led de outros tempos.
Porém, apenas Carouselambra com seus mais de dez minutos de duração, voz afundada na mixagem e teclados onde deveriam estar camadas de guitarra chega a ser realmente irritante. De resto, o disco é até bastante agradável.
Na modesta opinião deste que escreve, Presence (1976) é bem inferior.
De saída foi ignorado pelos fãs e suas vendagens não eram as mesmas de outros discos, mas após a morte de Bonham o disco deslanchou e vendeu mais de sete milhões de cópias.
Coisas da necrofilia da arte, diriam alguns.

Um comentário:

Marcelonso disse...

Uma das minhas bandas preferidas Groo.


abs