2 de set de 2015

Duas novas de Monza

Force Índia renovou com Nico Hulkemberg.
Boa...
O time sempre aparece no noticiário por motivos menos nobres.
É falta de dinheiro, penhora de bens de Vjay Mallya, falta de pagamento de fornecedores. Vez por outra alguém dizia que o futuro da equipe estava com o futuro ameaçado e tudo...
Mas a vaca indiana continuava andando e agora renova com um dos melhores pilotos do grid.
Mas Vjay é indiano... Crê em karma, crê em equilíbrio e claro, deve repassar este tipo de filosofia para as empresas que gere.
Não sei se indianos usam o conceito do Yin/Yang, mas ao ter esperanças de que Sérgio Perez também esteja em um de seus carros na próxima temporada fica claro que Vjay Mallya o entende: une o bem e o mal sob o teto do mesmo boxe.

Segundo o outro piloto da McLaren, o ritmo de classificação deve ser a chave para se dar bem em Monza.
Deve ser mesmo.
Vale lembrar que é a corrida mais rápida do calendário.
Onde a média de velocidade é impressionante e se o ritmo de classificação não for bom corre-se o risco dos carros do time ficarem no fundo do grid e até de tomarem voltas dos competidores que largam mais à frente.
Mas do que o outro piloto da McLaren está falando? Já tem sido assim desde a Austrália...

2 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,

Não há duvidas que Hulkenberg é ótimo piloto, mas sinceramente, passar mais dois anos na Force India não vai leva-lo a lugar algum. Uma pena, esse cara não ter a oportunidade que merece.


abs

PH Miniaturas disse...

Hulkenberg encabeça a lista dos pilotos que mereciam um carro melhor. Entretanto, é aguardar pra ver se Vijay Mallya tem alguma carta na manga.

Quanto à McLaren, bem... trocaram o bico pintudo pelo bico inaugural. Muito mais bonito, mas... não deverá fazer tanta diferença, Monza não é Hungaroring afinal.

Apareça por lá, sempre aprecio sua opinião sobre os carrinhos. Abraço forte!