16 de out de 2015

Animais que parecem com seus donos. Hoje: O burro do Lewis

A repórter chegou à residência da família Hamilton nos arredores de Londres.
Haviam dito a ela que o bicho de estimação de Lewis Hamilton era bem pouco comum.
Diziam que o bi-campeão mundial de F1  tinha um burro a guisa de pet.

-Lewis, é verdade que você tem um burro em casa?
-Sim, o Donkey foi presente do meu pai quando eu ainda era garoto.
-Donkey?
-É o nome dele...
-E como surgiu a idéia de ter um burro como animal de estimação?
-Bom... Na verdade eu havia pedido um pônei.
-E a grana não dava para comprar o pônei?
-Dava.
-Então?
-Meu pai se confundiu...
-E ninguém falou nada quando viu o bicho?
-Só notamos a diferença quando ele cresceu.
-Ah! Claro, claro... Mas me diga. Ele faz algum truque?
-Claro! Donkey é ensinado. As vezes até parece que ele pensa!
-Sério?
-Sério!
-Muito bom.
-Sim... Ótimo. Garanto para você que esta matéria comigo e meu pet vai ser emblemática. Vai ratificar o título da série de longe.
-Não duvido. Não duvido... Mas vai lá! Pede pra ele fazer algum truque.
-Vou pedir, mas assim: Donkey é marrento, se acha o melhor burro do mundo e só vai fazer o truque depois que eu tiver uma conversinha mais particular com ele. Você se importa em dar licença pra gente um minutinho? Sabe como é... Neste negócio de adestramento tem que mostrar pros bichos quem tem o cérebro mais ativo, desenvolvido... Ai eles reconhecem e obedecem.
-Claro! Não me importo em sair não... – e a repórter se afasta o suficiente, mas fica observando Hamilton com o burro.

Lewis volta e meia ergue os braços, gira a cabeça, fica de quatro e dá saltinhos empinando o tronco, mas o burro nem se move. Fica parado observando seu dono com uma imensa expressão de tédio.
Algum tempo depois Lewis parece se cansar e deixa os braços caírem ao lado do corpo como se dissesse “desisto” e eis que Donkey começa a mover a cabeça em círculos e a ficar sobre as patas traseiras.
Em um ato contínuo Lewis faz o mesmo com a cabeça e volta a ficar de quatro, empinando o corpo vez em quando.

Neste momento chega a ex-namorada cantora de Lewis Hamilton e a repórter se dirige a ela dizendo que o controle que Hamilton está tendo sobre o burro é impressionante.
Nicole observa a cena por alguns instantes de comenta.
-Não querida, agora quem está controlando é o Donkey e veja só como o burro obedece!

3 comentários:

Anônimo disse...

Desconhecimento total sobre animais( e plantas) dá nisso. O burro é um animal sociável, inteligente. Confiável. Foi um amigão da humanidade por milênios. Os nordestinos amam o bichinho mas estão mais abandonados hoje porque, na falsa ilusão lulo-dilmandioqueira, compraram motos e estão, agora, endividadozinhos até a testa ! A volta aos burros não está descartada e os bichos irão ajudá-los novamente. Animal nobre como cavalo, vaca e o cão. Temos os gatos e as cabras mas os burros bípedes vão na onda de tudo. São contra a religião sem entender patavinas, são contra os gatos porque são animais das bruxas medievais e renascentistas. Onde tem gato, rato não se cria. Pergunte aos ingleses conterrâneos de GH-...2( ainda). São a favor das cabritinhas... não pelo leite e cria delas ou pela carne do machos delas, por outros motivos... e o animal não é mais nobre. Enfim, zésmanés doutrinados que deixam o cérebros para outros cuidarem são assim. Preferem o Mula da Silva.
O burro( mula) é o símbolo dos democratas, do Barack o Bacana !
Bípede, Seth Rogen. Quando irá acabar com a burrice da censura ?
Já deu, não ! 3 anos !


M.C.

Marcelonso disse...

Groo,

Quanta maldade nesse seu coraçãozinho...


abs

Robson Santos disse...

De burro e de cone, cada um tem um pouco?!?!?