19 de out de 2015

Demitido por e-mail...

E boatos dizem que o único talento da família Magnussen foi desligado da McLata por e-mail. (!)
Em um exercício de livre imaginação tentamos pensar como foi o conteúdo deste e-mail.
Talvez tenha sido curto e grosso: “-You Fired!”.
Pode ter sido delicado e carinhoso: “-You fired, my dear.”.
Pode ter sido algo engraçadinho: “-Roses are red, the sky is blue and we´re fired you.”.
Também pode ter sido com uma mentira: “-Button is faster than you”.

Uma coisa vem à mente quando se pensa neste assunto: como a McLata está atrasada...
Hoje em dia tem SMS, chat do facebook, tweeter (e podia ser público ou em mensagem privada) uma foto no instagram ou mesmo uma mensagem de whatsapp no grupo da firma.
Mas não... os ultrapassados de Woking mandaram um e-mail... Se fosse no ano passado provavelmente teriam mandado carta.
Um pouco antes e seria mensagem com tambores ou fumaça...

Mas pior mesmo teria sido se ele fosse desligado da equipe com uma mensagem do mais novo sincero do pedaço: Alonso Sincerão.

Um comentário:

Marcelonso disse...

Groo,

Magnussen viveu um dilema. permanecer na Mclaren sem a certeza de correr, ou tentar uma vaga no fundão do grid? Acho que a carreira desse moleque ja era...




abs