20 de out de 2015

Para o lugar de Grosjean

Romain Grosjean vai embora da Lotus.
Vai para a nova empreitada americana na F1, a Haas.
E de repente, a Lotus vai ficar sem um de seus patrimônios.
É a primeira vez desde 2009 que a equipe não vai ter Grosjean como funcionário. Seja como titular ou reserva imediato.
Mas a tristeza do time inglês não vai durar muito...
Não porque vão escolher logo um substituto para o maluco francês, mas porque logo também a própria Lotus vai sumir do mapa para voltar a se chamar Renault.
Pelo menos até a próxima fuga dos franceses da F1, o que deve acontecer em dois anos no máximo...

Mas sem Grosjean, quem assumiria o cockpit da futura equipe Renault?
Federico Gastaldi, diretor adjunto da porra toda disse já tem em mente um nome para o lugar de segundo piloto do time.
Obviamente, não dá para crer que seja alguém lá muito forte ou confiável, já que Gastaldi disse que: “-Acredita na evolução de Maldonado...”;
Veja bem... Pastor está na F1 desde 2011, conseguiu uma vitória sabe-se lá como e mesmo com a enxurrada de pontos distribuídos a cada corrida, o cidadão tem apenas setenta e um pontos na categoria.
O que dá uma média de 0,739 pontos por corrida.
Sem contar os acidentes, as rodadas, as barbaragens...
Evoluir só se ele for um Digimon.

Então... Vindo de um homem que acredita na “evolução” do venezuelano quem poderia ser o nome que substituiria o piloto usuário de remédio tarja preta no time e fazer dupla com Maldonado?
Temos uma leve suspeita...

Um comentário:

Marcelonso disse...

Groo,

Digimon, essa foi boa...

A imagem não abriu aqui!

Quanto ao substituto de Grosjean, na atual fase tá difícil arriscar...


abs