29 de fev de 2016

Ninguém aqui é especialista

Mas dá para pensar um pouco...
Mosquitos, moscas, besouros e outros insetos são problema na agricultura desde sempre.
Plantações inteiras são inutilizadas por conta destas pragas.
Seja comendo frutos, folhas ou brotos, seja colocando larvas nas frutas ou o que for.
Há anos se debate o uso do agrotóxico no controle destas pragas.
Há mais tempo ainda se usa estes venenos que conseguem resultados paliativos e a custos altíssimos tanto financeiramente quanto à saúde dos consumidores.
É certo e sabido que estes venenos não matam as pragas em sua totalidade, criando nos que sobrevivem uma espécie de resistência.
Os bichos ficam mais fortes e muitas vezes mais destrutivos, o que leva o agricultor a usar doses maiores dos produtos ou – em alguns raros casos – alternativas naturais.
Posto isto chegamos à praga do momento: o Aedes Egypt.
A ideia de esterilizar o bicho com doses de radiação acaba por parecer um tanto perigosa para não dizer algo pior.
Longe das brincadeiras que falam em criar um Aedes Egypt nos moldes do Hulk, a coisa é um tanto assustadora sim.
Se na forma que está já causa estragos como o que vem causando, imaginem resistentes e modificados pela radiação?


Outra coisa que mesmo não sendo especialistas conseguíamos notar sem fazer muito esforço era a falta de noção dos publicitários. Principalmente os que eram responsáveis pelas peças publicitárias para internet, mais especificamente para o Youtube.
Faziam filmes de dois, três minutos colocados antes dos vídeos dos canais no site.
Às vezes, o vídeo que o usuário queria ver tinha apenas alguns segundos, mas o danado do comercial estava lá, gigantesco.
Então apareceu o botão “pular” colocado estrategicamente aos cinco segundos e foi a festa!
Muito raramente alguém via o tal filmete promocional além dos cinco segundos obrigatórios e – suprema inteligência desta gente tão especial que são os publicitários – os preâmbulos introdutórios chatos, arrastados ou do tipo espertinho (“-Você não vai pular o vídeo, vai?”) não traziam nem pista do produto anunciado. Bando de burros...
Eis que vem a Coca Cola muitos anos depois da popularização do formato inova com a coisa mais simples e eficaz do planeta! Objetividade.
Vídeos de quatro/cinco segundos em que se vê em uma cena rápida a marca anunciada relacionada a coisa mais importante quando se trata do produto em questão: o prazer de sentir o sabor.
Quatro segundos que dizem tudo.

6 comentários:

Anônimo disse...

bom dia, senho Groo.

Estou um pouquinho, só um pouquinho, sabe ?, desconfiado dessas histórias envolvendo os mosquitos aedes aegypti, aedes aegypti chikungunya e aedes aegypti zika que podem ser mutantes criado pelo professor Xavier tipo aquela loira boazuda azul, assassina perfeita, ou seja, um só. Ou três diferentes sendo que dois as mutações do mutante Aegypti Aegypti - dengue -( tem 'pt' inserido no sobrenome ! Não podia ser diferente...).
Por que estou desconfiado ? Não vejo um santa matéria jornalística diretamente nos hospitais mostrando os dengosos, xicunguniados e zikados entrando aos borbotões nas unidades hospitalares ! Veja, não direi aqui que os 'três mosquitões ' não existam mas estou achando que as manchetes são extremamente exageradas em relação aos casos até agora registrados... Ou seja, uma caso típico de imprensa engajada a desviar atenção da população, principalmente, os mais pobres e/ou os mais suscetíveis a histeria. Puro terror ! Para defender quem ? Quem ? Quem ? A Mosquitona do Planalto ! Aqui em casa, já estamos, eu e Suellen, com um monte de repelentes. Tem ação em bolsa da empresa que fabrica ? Nossa passadeira disse que todos - eu disse todos ! - os parentes já pegaram zika. Ela não. Gripe virou zica ?
" Ao invés de pegarem a Zika deveriam vocês pegarem a Dilma...", fiz uma piadinha rápida mas ela não entendeu patavinas. Continuo achando muito bafafá e pouca reportagem nas portas dos hospitais. Anencéfalos, pergunto, só aumentaram os casos por causa do mosquitão ? Será ? Ou tem haver com subdesenvolvimento da era PT ? Agora, síndrome de Guillain-Barré... E tem mais ! Ouvi que podem ser transmissível por sexo, zika, chicun... os dois ! E nós, homens( sempre os culpados de tudo ! Homens ! ), seríamos os responsáveis, caso infectados pelo mosquitão, pela transmissão via esperma... Êpa ! Terror ! E temos o Oscar com o Léo falando das mudanças climáticas - que não existem, vai por mim - na sua justa premiação ! E filme vencedor retratando padres pedófilos ! Tema manjadíssimo que me perdoem as vítimas. Um claro ataque a Igreja Católica já que Hollywood não tem coragem( e machos) para atacar o Islã. E, já perguntando, 100% dos padres pedófilos são tarados doentes, com um grande desvio mental, certo ? Claro ! Mas, dizem as más línguas negras do tietê e da baía de Guanabara que 80% dos padres pedófilos mentalmente afetados são... homossexuais! E aí ? Como ficam os esquerdas gayzistas ? E alunas riograndenses do sul exigindo o uso de shortinhos e um cartaz dizendo ' o machismo não decide a minha roupa '! Ué ? Machos adoram shortinho na mulherada ! Perguntem aos meninos da escola se querem elas de burka ou de shortinho ? Até no inverno eles gostariam de ver as gatinhas sulinas de shortinho... Feminismo nas doutrinadas burguesas !
Tá uma zona, muito ladrão para 205 milhões de brasileiros, mas é coisa de esquerda. Tomem cuidado. Propaganda...


M.C.

Francisco J.Pellegrino disse...

A hora que o povão souber como são fabricadas as salsichas a coisa vai piorar mais ainda !

Ricardo disse...

Groo, caso não tenha lido a coluna de Drauzio Varella.

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/drauziovarella/2016/02/1741241-crispr.shtml



Ricardo disse...

Se ainda existem pessoas que acreditam, na verdade tem fé, que 7000.000.000 de pessoas não influenciam no meio ambiente a culpa da microcefalia não pode ser imputada, injustamente, ao mosquito.

Ron Groo disse...

Obrigado pela coluna Ricardo.

Marcelonso disse...

Groo,

Essa história da radiação nos mosquitos é preocupante, pois a natureza sempre arruma uma forma de continuar.


abs