28 de jul de 2016

Notinha do busão: as causas

Faz um tempo, longo mesmo, que não tem notinha do busão.
Morar perto (quase dentro?) do emprego tem destas coisas.
Mas vez por outra é necessário fazer uso do coletivo, nem que seja por meros dois ou três pontos por causa de sacolas ou chuva.
E creia, ainda assim é possível ouvir destas coisas.
Segue.

-Cara, não vejo a hora de descer, preciso fumar.
-Você ainda fuma?
-Fumo...  Não consigo parar.
-Poxa, você não é burro, é bem informado sabe o mal que isto faz.
-Sei, eu até sei de tudo isto, mas não consigo.
-Cara, cigarro “dá” câncer, uma pá de doença respiratória. Câncer mano!
-Eu já tentei, não tem jeito. Não consigo parar.
-Véi... Cigarro causa até impotência sexual...
-Mas este ai da impotência eu não compro não.... Os outros até arrisco, mas o que tem este na embalagem eu não compro.

Então tá tranquilo ele. Né?

6 comentários:

Julio Cezar Kronbauer disse...

Enquanto isso, num bar...

- Quero uma carteira de cigarros.
- Tá aqui.
- Não quero este aqui, causa impotência, me dá o que causa aborto.

Manu disse...

Problema resolvido, hahahahaha... xD

Abs!

Anônimo disse...

HA ! Em busão tem muita conversa hilária.

11 da noite, voltando da faculdade, cansadão, um casal sentado no banco da frente. Sem nada para fazer, prestei atenção na conversa dos dois que era, naquele exato instante, um monólogo do rapaz:' A noite está linda, sexta-feira... Estou pensando numa coisa... Já ouviu aquela música do Gazebo'?
A moça, muito educadinha, bonita, sorriu para ele e a minha curiosidade foi para o nível vermelho ! O rapaz se aprontou, voz de calouro do Bolinha, e mandou: ' Used to say, I like Chopin... Love me now and again...'.
Cantou direitinho ! Fiquei tranquilo com o 'raposão' de voz açucarada e olhar maldoso, fixo na gata, quase 'abatendo a lebre' na minha frente.
'Sabe o que significa'? ' Não, não, nããããão '!, pensei ! Sei lá porque fiquei preocupado. E táva tão bão...
' Você sabe... Eu amo um chopinho... ame-me agora e prá sempre... Que tal pararmos no Amarelinho e tomar uns '?
Tem uma que eu passei risco de vida. Não, não foi arrastão. Um bêbado resolveu encarar os soldados do Panteão de Duque de Caxias ! Chovia muito e os caras, os soldados, de capas verdes e fuzis. O bebum, dentro do Busão, abre a janela e pronto ! 'Urubu Verde ! Oh, lá, dois urubu verde ! Urubu Verde' ! Em plenos pulmões ! E não parava !
Já sentiu o cheirinho dos cantos, ali, no último banco, o maior dos bancos, dos busões ? Penúltima viagem, antes de retornar prá garagem ? O chão ? Uuuuuuuurrrrrrgh !

Angra do Reis ! Angra dos Reis !


M.C.

Marcelonso disse...

Groo,


Como disse a Manu acima, problema resolvido. Fazer o que? Como diz um amigo:" Cadum, cadum!"


abs

André disse...

Hahahahaa

Sensancional !!

Rubs disse...

Muito bem observado. Que tipo de cigarros o Amiltinho ia escolher? Ele leva o maior jeito de fumante escondido.