26 de ago de 2016

Hot 5 do Groo: músicas de resposta

O hot 5 de hoje são músicas feitas como resposta a declarações, outras canções ou atitudes que os autores deram de forma saborosa.

Sweet Home Alabama – Lynyrd Skynyrd.
Well, I hope Neil Young will remember
A southern man don't need him around anyhow.
Os briguentos do Lee Nerd Skee Nerd aparentemente não gostaram da canção Southern Man do canadense Neil Young e responderam à altura com um clássico.
Hoje se sabe que não é bem assim: a letra é carregada na ironia e corrobora com algumas ideias de Neil, principalmente na crítica ao racismo e um certo governador maluco que o estado do Alabama teve. Tanto que na parte em que a letra cita o governador a sequência são vaias (boo boo boo)


Silly Love Songs – Paul McCartney
You'd think that people would have had enough of silly love songs
But I look around me and I see it isn't so
Some people wanna fill the world with silly love songs
And what's wrong with that?
I'd like to know, 'cause here I go again
I love you, I love you
John Lennon vivia espezinhando sir Paul com declarações do tipo: “-Não vou me preocupar em lançar nada enquanto ele (Paul) só estiver lançando lixos”.
Certa feita, o beatle mala narigudo disse que Paul perdia tempo fazendo apenas canções bobas de amor.
Paul então apontou seu lápis e escreveu o “chupa Lennon” mais bonito da história da música.
Chupa Lennon.

Hair of the Dog – Nazareth
'Times come to pay your dues...
Now you're messin' with...
A son of bitch..
A primeira vista pode parecer que os malucos do Nazareth estão descascando para cima de uma groupie malvadona ou de alguma menina que eles não conseguiram pegar, mas na verdade é um esporro em sí mesmo sobre bebida.
Hair of the dog é a maledeta ressaca.
E a letra fala sobre continuar bebendo para curar uma das brabas.
Son of a bitch!

Apesar de você – Chico Buarque de Holanda.
Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Chico é de esquerda e não esconde (e nem deveria) de ninguém.
Esta ele fez para dar uma cutucada no regime militar do golpe de 64.
Por um vacilo da censura, foi aprovada, mas logo depois censurada de novo.
Curioso é que hoje serve para qualquer governo, tanto de esquerda quanto de direita.

Death on Two Legs – Queen.
Misguided old mule
With your pig headed rules
With your narrow minded cronies
Who are fools of the first division
A banda fazia shows todos os dias, vendia bem seus discos, era popular e ainda assim estava sempre com as finanças no vermelho.
Tinham que achar um culpado e ele era Norman Sheffield, empresário da banda que “administrava” a grana.
Enquanto não havia grana para baquetas, o cara andava de Rolls Royce.
Após constatar o óbvio, o maluco foi mandado embora, mas Freddie queria mais que demitir: imortalizou o safado em uma canção agressiva no seu melhor disco. E a partir dali passou a dedicar a música, show após show, ao sujeito.
No registro feito no ao vivo Live Killers, o nome do cara foi coberto por um bip, para evitar processos.
A música é tão carregada de raiva e cheia de palavrões que Brian e Roger diziam ter vergonha de executá-la.

3 comentários:

Anônimo disse...

Lá vou eu. Fofocas !

. Ótima resposta ! Foi o Young, esquerdóide e canadense, que começou. Levou. Burro e mal educado. Burro, por ser de esquerda. Mal educado por falar da terra dos outros. Leia em algum lugar ou momento se eu falo mal de Itajaí ? E nem conheço o lugar e sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor. E não desisto nunca !

. Morro de rir a história de ' o Paul morto e the one and only Billy Shears'... and Sergeant Pepper's Lonely Hearts Club Band ! Porque o Paul, verdadeiro ou falso( Billy Shears), incrivelmente geniais, queria fazer dos Beatles o mesmo que os Rolling Stones virou. Um Gol ! Ninguém entendeu a mensagem da capa na Abbey Road. Seria um fusca e não um Gol, claro. A placa diz, 28, de libras, '28 mil libras', cada um, se (IF) o chato do John( e da Yoko) não dessem para trás com a Vouquisvagém ! O Paul queria vender os Beatles como qualquer banda faz hoje ! O Kiss tem bonequinho linguarudo ! E deve ter joguinho dos Rolling Stones. Tem dos Beatles, tipo slims. Paul Shears, Billy McCartney... E, depois, antes de ser assassinado, o genial John fez 'Woman'. Aiiiii lóvi iúúúúúúúuuuuu...
obs: 'free as a bird ' é fantástica ! Feita pelo John. Emociona.

. Nazareth ? Pulo.

. Dãããã é de esquerda, é ? Um chato perigoso ! Ouvi, de fontes limpíssimas, águas de Lindóia, que comprando um disco, cedê ou livrkkkkkk ! do Buáááá argh de Paris, ocê tá dando dindin prá causa comunista. Como na Igreja 10% mas sem saber !
Infelizmente, já contribui.

. Essa é velha. Todas as bandas daqueles anos 1960, 1970 foram roubadas pelos empresários apesar de saber de um malandro larápio, criador de boys band, morto nesta semana, na cadeia, era um ladrão de prima. E ainda queria comer os meninos ! Com ampla vantagem no mundo dos negócios em cima dos jovens e bobos músicos, cabeças de vento querendo sexo e drogas à vontade, os malandros faziam a festa ! Os Beatles sofreram com Epstein. Pouco mas sofreram. Não sei se os fiofós do John, do Paul, do George ou do Ringo, cês sabem, porque o Epstein era. Respeito, M.C. ! Cadê o respeito !

Freeeeeeeeeee axza baaaaaaaard....



M.C.

Manu disse...

Adorei as histórias! E só conhecia a do Paul x Lennon.
Eu conheço uma dessas de resposta, do Nightwish. na verdade a banda tem algumas dessas "extravasadas"... Mas é irrelevante no momento, pois o seu top 5 fez jus à temática rsrssrsrs

Manu disse...

Ah e conhecia a do Chico Buarque, pq dei aula sobre música e história qd fiz estágio ;)