11 de jan de 2017

F1 2017: E se você pudesse decidir? - ou - Bernie-se

Bernie Ecclestone, um dos velhinhos da fuzarca disse uma vez (ou teria sido Max Mosley?) que democracia em excesso também é ruim.
Como tudo que o cara fala, isto criou uma polêmica (vazia?) enorme à época e deixou muita gente com mais raiva ainda do cara.
Obviamente, o tio enriqueceu para caramba de formas não muito claras, mas também transformou uma coisa fadada ao desaparecimento (devido as mortes e a zorra que era sua organização) em um dos espetáculos esportivos mais admirados do planeta.
Se a F1 sobreviveu aos anos de massacre nas pistas e chegou ao que é hoje, deve-se muito mais a Bernie Ecclestone do que se pensa.
Obviamente também, o seu tempo e sua forma de administrar já não são o bastante para manter o interesse (comercial?) na categoria.
Mudanças são necessárias e a tal Liberty Media acena com elas.
Se vão acontecer de fato é outra história...

Mas dizia de Bernie e sua declaração sobre a democracia.
Se referia ao fato dos participantes, equipes mais notadamente, terem voz demais para aprovar regras para o campeonato. Cada qual com seus motivos puxando a brasa para seu lado.
Algumas ameaçam sair da brincadeira vez ou outra se o que querem não for aceito.
Engraçado que sendo esporte, as regras deveriam vir da FIA e quem quisesse brincar teria que aceitar e pronto. Mas vai colocar isto numa mesa para ver vermelhos, prateados, ingleses dando cria, batendo pezinhos e espumando pelo canto das bocas.
Porém... O exercício proposto aqui é exatamente este.
Se a bola estivesse com você, se o poder de decisão fosse seu, o que faria para tentar melhorar a categoria?
Se você fosse o Bernie (mais jovem, claro) ou o manda chuva da Liberty, o que faria?

Particularmente, mandaria e desmandaria. Meu campeonato, minhas regras.
Eu iria pelo lado do barateamento da categoria.
Menos taxas para sedes de GP.
De graça nem conselho, mas taxas mais justas cairiam bem e provavelmente traria de volta palcos mais tradicionais.
Com isto deixariam de correr nos modernosos tilkódrmos?
Não...
Veja bem.... Para quem reclama da pasmaceira e monotonia que são as corridas em Abu Dhabi ou Baku, por exemplo, é porque não se lembra de como eram as corridas em Magny Cours ou Kyalami. Tão modorrentas quanto.
E coloque de positivo na conta de Abu Dhabi e Baku que pelo menos o entorno é realmente interessante e bonito. A pista francesa no meio do nada e o horror infernalmente quente africano tinham paisagens horrorosas.
Ah, e estes lugares ainda pagam as taxas sem reclamar, mesmo estando altas como estão agora.
Stewart em Kyalami
Barateamento também das taxas para inclusão de novas equipes.
As exigências financeiras para se por um time novo no campeonato inibe demais.
De tempos em tempos anuncia-se que novos times serão aceitos.
Curiosamente, sempre os mesmos aparecem com projetos e alguns como David Richards e sua Prodrive são sempre preteridos, sabe-se lá porque...
E depois de aceitos, os times tem dificuldades enormes para se manter.
Da última leva de times “novos” que apareceram na F1, no distante 2010, nenhum está mais no grid e nenhum teve um fim lá muito bonito...  A Manor, que se não me engano vem de origem da Virgin de 2010 vive com o pires na mão e este ano já está ameaçada de não correr.
Além de baratear o custo de entrada e manutenção, há que se criar mecanismo de defesa para times menores. O teto orçamentário é uma puta ferramenta.

Pilotos pagantes?
Sim, claro! Por que não?
Nada contra quem compra assento em escuderia para tentar mostrar talento.
Lauda pagou para iniciar a vida na F1.
Ah... Mas eram outros tempos... Sim. Eram. Mas a figura do pagante ainda existe nestes tempos modernos, não? O talento deve existir também.

Nas regras, mais especificamente, não dá para voltar com caixas de brita.
Por segurança, o asfalto nas áreas de escape é fundamental.
Aí vem o chato: ah... mas a caixa de brita pune o piloto que erra.
Então.... Com o asfalto na área de escape, quem pune é o track limit. Mas toda veze que ele aparece numa transmissão os pavões nos sofás de casa eriçam as penas do rabo e dão chilique.
Ok, padronizar o trabalho dos comissários também é uma boa.
Assim como as regras de defesa de posição.
O cara de trás tem ERS, DRS, as vezes pneus mais novos e o da frente não pode sequer mexer na linha do carro para defender.
Aí fica fácil.
E ainda tem piloto que reclama quando o da frente endurece.
Liberar a criatividade de engenheiros. Dane-se se o carro tem oito rodas, seis asas, vinte motores. Quem puder mais (na criatividade, mas com a mesma grana) chora menos.
Liberar reabastecimento, descongelar aprimoramento de motores, liberar a entrada de mais fornecedores de pneus.... Enfim.

Ah, mas você não falou sobre uso de redes sociais e blá blá blá...
Pelo nível de muitos comentários vindos de lá, melhor nem dar ouvido mesmo.
Deixar caixa de comentários aberta em certos casos é pedir para ser invadido por um monte de gente besta sem o menor conhecimento falando um monte de besteira. Comentarista de portal exemplifica.
E quanto ao youtube: porra! Dar de graça o que se está fazendo para se vender?
Tem que ser bem burro né? Quer imagens, fotos, áudios, informações direto da fonte? Vamos abrir as carteiras. De graça, como disse, nem conselho.
Mas oferecer conteúdo que valha a pena ser pago para ser consumido.

Estas são as minhas. Se quem estiver lendo quiser fazer uma lista do que faria para tentar melhorar, vamos lá.
Seja o Bernie.

10 comentários:

Vander Romanini disse...

Concordo com quase tudo!
Já que é pra chamar mais gente, que limite o grid, por exemplo!
Tipo, 32 carros e 26 lugares no Grid!
Acrescente esse adendo ao seu comentário e pronto! É o quê acho!

Anônimo disse...

Acordei cedo, senhor Groo ! Muito cedo ! Estou dormindo numa sauna ! Tomei um café forte pacas e estou acesão ! Como sempre, vamos por partes. Pequenas...
. E não é verdade ? 'Democracia'. Palavra fácil na boca dos cleptocratas psicopatas esquerdopatas. Outra, linda, 'liberdade'. Ordem e Justiça que é bão, necas ! E fiquemos com o 'em excesso'. Está certíssimo o tio Bernie. Não bem assim. Está passando por momentos importantes. Era 'bagunçada' mas ali surgiram os heróis e as arquibancadas lotavam ! O que faz um surfista big waves ser reverenciado ? O que faz o alpinista do K2 e Everest ser tratado como um deus ? Um paraquedista de wingsuit raspando em montanhas( dizem que já estão pousando mesmo ! Teve um maluco que se jogou sem paraquedas e caiu numa rede ! You Tube, vai !), deixando todos nós de queixo caído. O que fazia um piloto de F1 ser herói da moçada ? A morte, ali, pertinha. Com tio Bernie houve um pico até, vou chutar, meados dos anos 2000 e depois só vem perdendo público. Queda forte no ibope mundial.
Ué ? Como será a transmissão 2017 pela Blogo ?
. O que é 'hoje' ? Vamos aos mais antigos escritos aqui, ano passado mesmo, e encontraremos só reclamações. Corrida chata, circuito horroroso... Não tô te entendendo, senhor Groo, esta súbita mudança de opinião para lá de otimista. Como a maFIFA, a maFIA tem uma riiiica história. Ambas jogam em cima de paixões. Aliás, já notou o esfriamento da tragédia da Chape ? Avião venezuelano operando na Bolívia, indo para Colômbia com a maioria de passageiros brasileiros sendo que a empresoca era expert em marketing tendo como um dos clientes a AFA... esfriou. Chorem os mortos e só. Chaaaaaaape !
. O problema da F1 são as mudanças de regras todo ano. Outro, quase sem solução, é a que se presta a F1. Quando uma equipe dispara com tecnologia criada pela 'nossa' mente brilhante - ou por ajuda de ets da área 51 -, mexem nas regras. O Futebol, para mexer nelas, levam gerações ! Mas até agora não inventaram ser humano com pernas biônicas para jogar no Fluzão, né, não ? Um chute com 3X a potência do chute do Riva, né ? E que não se canse. Saia do Maraca correndo para a Barra da Tijuca depois dos 90 minutos. E ainda pega três muié ! O Steve Austin do Nense ! Aí mexeriam nas regras penabolísticas. E as bolas teriam que ser mais resistentes. Todas elas...
. Geralmente são as grandes que querem sair da brincadeira. Mercedes, FIAT, quer dizer, Ferrari... Renault segue firme e forte. Os ingleses sabem que a tecnologia dos carros vende ! Até pit stop vende( já mandei um endereço procês ). A Williams é centro de excelência em lubrificantes e sentro de esselência nas pistas, a famosa Ruimlliams. Pelo increça que parível, a aerodinâmica da F1 anda servindo até para a aeronáutica... virou o jogo ! Nova gerações de jatos inteligentes. O que acontece com um super caça ? Suas curvas são 'fechadas' ? Por aí que a banda toca... As grandes equipes tem força, muita força. Nós(ocês) entram com a paixão e pronto. Não encham o saquinho ! Eu já 'pesquei' o babado da brincadeira. Se a Liberty quiser transformar a F1 em Indy, senhor Groo, construirei um motor porque as grandes irão pular fora com os ingleses ( e a FIAT , quer dizer, Ferrari). Terei acesso a 'F1' ! Pego um motor Ford, chamo o Eike, ele adora desafios só não sei se sem o dinheiro do povão ele topará. Luladrão e Dilma Síndrome não tem mais.
O povo ? Povo é boboca, só ama. É apaixonado.
Continuando... o papo tá bacana.

Anônimo disse...

... voltei !
Minhas regras ! F1 é minha ! Paipai comprou prá mim. Quero o GH-3 meu escudeiro ! 1ª regra.
. Asinha que abre e fecha, tchau ! . Um só piti stop. Escolha um tipo de pneu - só terão dois - e vá até o final ! Chove, não chove, pode trocar, claro... Furou, troca. O pneu furado ! . Reabastecimento, só um ! No piti stop. Pneu careca e biscoito, pronto ! Se virem nos 4 homem de borracha, Bom Ano ou Ponte de Pedra ! Ou Piradelli.Aliás, uma concorrênciazinha entre fabricantes de pneus seria uma boa... Motor. O que as montadoras produzem em quantidade. Que eu saiba, 'V6' todas as montadoras têm menos a Tata(acho...). Nada de turbo. Ferrari, sua salvação ! . Aerodinâmica, para a alegria dos ingleses, quase livre, porque a queda de potência com os V6s puros seria clara aí as mentes brilhantes iriam gozar de tanto prazer nas pranchetas. Pontuação, essa aí, 25 pontos... ajudou muito o Penélope. Foi uma vergonha internacional e planetária este final de 2016. Só os cegos não viram, os apaixonados. A volta dos traçados originais das pistas tradicionais incluindo Interchatos ! Alemães e alemoas, deixem de viadagem com a floresta negra já que quase todas são loiras. GP da Argentinha voltaria e forçar o Chile ter um. Poderia ser no deserto deles. Chama o Piquet para dar uns sopapos no Salazar que eles aceitam. Indianapolis de volta. Falam que tem um bom churrasquinho por lá. Que mais... Muita muié boa ! As magrelas, tipo Desbundchen, fora ! Pô, ver a muié do Penélope, coitadinho da gente. Muié bonita era aquela do Ron, o Denis. Loiraça loba ! Lembram ? As bailarinas do domingão do Gordo Chatão servem. Aquele programa de paulistano, ultrachato, as paniquetes !, também. F1- M. 'M' de Mônaco. Apesar que nos primeiros anos a minha F1 terá ultrapassagens por lá. Ah. Tirar aquela arquibancada medonha, na piscina. A volta dos iatões e suas gatas. Que mais... Um show de rock com Zezé de Camargo e Luciano no final da brincadeira. O na noite de sábado para domingo num local longe da pista. Meio difícil se pegarmos Interchatos como parâmetro. O Led Zeppelin poderá aparecer com o KISS e Bruno Mars. Posso pegar com ideia o futebol americano! Um show no último GP, no intervalo... kkkkk !, com é em Abundabre e a corrida acaba lá pelas tantas pegaria um show de horrores daqueles ! Iron Maiden e Madona ! Ou Black Sabbath e Sandy Júnior. Que mais... Festival da camisa molhada para mulheres com premiação ! 100 mil doletas por cada... pelo par mais bonito ! Votação na internet. Tem na Indy só não sei se pagam. Americanos. Homens ? Pensarei. Ai, os politicamente corretos ! Gente chata !

Anônimo disse...

4096 caracteres. Dá para botar 10000, senhor Groo ? Tô te puxando. Adoro escrever. Falta isso...

. Regras que só serão mexidas após escrotinhos na internet, quer dizer, escrutínios internéticos que serão estudados por gente que entende tipo Piquet, EU, Prost, EU, Lauda, EU, Ron Denis, EU, GH-3, EU. Schumacher vai melhorar, fará parte do conselho. Fofonso tá fora. Primeiro, EU, com minhas regras. 5 anos após a primeira corrida, final da quinta temporrada, vocês votarão o que houver necessidade de alteração e aí os caras que realmente entendem darão o veredito. Só na sétima temporrada será implementada as mudanças aprovadas. Minha democracia.
Soube do barraco de Caras entre o Beckham, aquele Omão lindinho, meio gay, meio metrossexual, casado com aquela magrela horrorosa, space trash, e o Ron, o Dennis, o furioso da MacMac ?
Fofoca de final de ano ! Que mais... Construção obrigatória de um circuito no Hell de Janeiro, em Jacarepaguá para faturo GP ! Quer dizer, futuro GP. Se o Maia phode, Se o Sérgin Lalau phode, se o Cunha phode, se tio Bernie phode por quê eu não posso ? Só um pouquinho, Meritíssimo Moro.
Que mais... Terá entrada vitalícia com cerveja Miller e churrasquinho picanha maturatta Freeboi pagos em todos os circuitos para o senhor Groo e rádio patroa. Pro Marcelonso e patroa também. Pro Rubs e patroa também. Quem tiver filho pode entrar para bater uma bolinha com os filhos do Zaca ou do Barrilbello ! Peraí, não vai dar. Com as minhas regras, F1 se tornará perigosa de novo mas eles serão animadores ! Criança vai torcer pro paipai voltar são e salvo, e cheio do dindin... Ou a mãemãe. Meu lado politicamente careta criará uma F1-W ! Formula One Woman ! Um projeto. Se a grana der, nos primeiros 5 anos, 10%, menos o da Odebrecha, economizados, as equipas terão que construir uma mine equipa de um carro só, para uma 'pilota'. A 'presidanta' ficaria orgulhosa de mim.... sniiiiiffff !
OBS: Os que me baniram dos blogs não terão regalias ! Vão ter que pagar. E não adianta puxar o saquinho. Só din din...

HA !

M.C.

Anselmo Coyote disse...

Minha regra numero 1: vender assento seria proibido. Os 4 ultimos pilotos seriam rebaixados p/ GP2 juntamente com a equipe.

Manu disse...

Eu tive a ideia (talvez ridícula) de fazer como a NFL: a equipe que ficar no fim de uma temporada, é a primeira a investir mais grana no carro para a temporada seguinte. Ou isso, ou estipular um teto de gastos igual para as equipes, deixando que elas extrapolem os seus investimentos com os contratos de pilotos, dirigentes, estrategistas e mecânicos.
Mas como eu disse, talvez seja uma ideia ridícula (e consequentemente, que não mude muito pouco...)

Abs!

Ricardo disse...

M.C. para presidente da FIA! Só de voltar os V6s, sem turbo, sem asa, sem kers e sem conseguir conversar, a não ser gritando e olhe lá, nas arquibancadas durante a corrida e os treinos já merece os votos dos apaixonados. Limitar a um o número de engenheiros monitorando o carro, limitar o número de pessoas trocando um pneu a 5. Deixar de imperar o estilo de lorde inglês nas "passagens" atuais e fazer de tudo para que elas voltem a ser "ultrapassagens" novamente.

Anônimo disse...

Xi, 4 últimas, seu Coyote ? Gostei da ideia. Os duas últimas estaria de bom tamanho mas... vá a GP2. Tudo diferente. Tudo com chassi Dallara e um motor prá lá de esquisito, o Merdachrome V8. E teriam de subir os dois primeiros( no seu caso, 4 equipas). Xi. Mas a ideia é boa.
NFL. Senhora Manu, com todo o respeito, longe de achar ridícula a sua ideia só acho extremamente complexa. Americano é todo enrolado mas eles jogam a Voyager para fora do sistema solar ! Veja o Colégio Eleitoral, tradicional e que dá certo ! garantindo a democracia deles. Como a NFL, que achou o norte e é um verdadeiro sucesso, o minuto mais caro está no intervalo da decisão, fantástico mas... para o futebol brasileiro corrupto, canalha ! F1, sei não. Seria de uma complexidade tamanha regras da NFL nos times formulaúnicos.
Não li o senhor Groo. Calor em excesso e café, saí a 300 km/h.
Le-lo-ei !
Barateamento das taxas trariam os circuitos tradicionais ? Obras seriam necessárias, por exemplo, Interlagos. O antigo traçado quase todo de volta mas com toda a segurança moderna ! Xi, Carlin ! Brasil, estagflação, agora, parece, só estagnação, prefeitura paulistana deixou de ser de um Raddard ptelho para ser de um lixeiro bacaninha psdbundinha metido a Jânio Quadros... Privatizar é a palavra. 1 real, leva mas com clásulas barriquelianas em cima de quem levar. O problema será tirar a 'curva do Senna'. Apaixonados se revoltarão pela coisa horrorosa ! Pô, faz um Senna do tamanho da estátua da Liberdade e pronto ! Os carros passando pelo meio das pernas dele e todo mundo gostaria de subir no capacete para ver a nova vista de Sampa ! Turismo e entretenimento ! Lá fora, não sei mas os circuitos tradicionais voltarem seria ótimo ! Silverstone, o que fizeram, tuparia ! K... Kyalami ? Kyalami, minha vida ? 'Minha casa', em Zulu. Acho muito bom o circuito, já Magny Cours é uma bosta mas coloque Dijon do famoso pega Villeneuve e Arnoux. O problema maior seria inserir os GPs onde as pessoas(turistas) fiquem, pelo menos, uma semana por isso acho Sampa uma tremenda bobeada. Ninguém vai à Abudabe só para o GP. Nem o GH-3 ! Não puxarei a sardinha para o Hell de Janeiro mas façam como os americanos joguem em Austin, ou seja, aqui, para Salvador, para Florianópolis, para Fortaleza. GP do Amazonas ! em Manaus. Dependendo da época Floripa se ferra mas como nosso GP é sempre no início ou no fim da temporada, já tem calor. Os gringos querem calor. Frio eles tem de montão. 20 graus negativos bateu nesta semana sei lá onde na Europa. Friozinho boboca do sul só prá carioca ver... tititi.

Anônimo disse...

. Estamos todos sonhando mas estas equipes que entram, lembrem-se da Copersúcar, fazem marketing para dentro dos seus países. Só de estar lá, na pista, do lado da Mercedes, Ferrari, MacLaren basta. Aliás, a volta de Zacarias é marketing para quem ? Alemães ? Italianos ? Americanos ? Não. Para apaixonados daqui. E é queima filme para gigantes. Toyota, BMW( da última vez), Honda. Daí achar o V6 puro a saída. Todo mundo sabe mexer num V6. Ou o V8 puro. Claro, vai muita tecnologia dentro mas as montadoras, todas, sabem mexer nestes propulsores( ui... Adoro o Deadpool ! Acho que sou meio debochado como ele... Vai matar o homem aranha). F1 é lava jato. Ops. Deduro que falou isso ? Deixa prá lá. Lava jato no sentido lavanderia, tá ? As pequenas estão ali para isso, también... Um poquito de maldade.
. Se não paga com o próprio bolso, paga com um bancão. InterNacional a jogada, né, SantoAndré ? E são feras. Foram e são. Caixa de brita é sacanagem. Servia para aqueles anos antigos e bons. Imagina estar dirigindo a Mercedoca e, por um erro, ficar preso na brita ? E dá emoção. Errou, cai para décimo e vem comendo todo mundo mas nas minhas regras errar e conseguir voltar vai fazer suarem muito os pilotos. Não terá asinha que abre e fecha, não...
. Não entendi. Alguém foi punido ano passado por ir no track limit ? Sinceramente, nem notei. Os caras usam a torto e a direito. Mete track limit, imagens. Pronto. Tá lá. Até motoGP. Quero frear menos, pô ! Tangenciar e sair no limite do final da curva, e acelerando, caramba !
. asinha que abre e fecha banida, só fica a defesa de posição, que, aliás, GH-3 é mestre. Rebolar na frente não vale até porque é perigoso, né, Verstapadinho ?
. Com os V6 puros e sem asinha que abre e fecha, os engenheiros vão se divertir.
Sou a favor de uma parada para reabastecimento e só uma porque o pit stop é necessário na estratégia mas uma pimentinha que não coloquei anteriormente. Quem quisesse NÃO parar estaria liberado, ou seja, seguir sem parar estaria liberado ! Não seria obrigatório o pit stop. Como antigamente.
Que maravilha ! Aí, uma Mercedoca poderia se dar mal. E a Ferrari ? e a McLaren ? Saindo pesadas, como ficariam os pneus já que não teria mais troca? Só se um pneu furasse ou em caso de chuva. Saindo com metade do tanque ? Poderia parar para um único reabastecimento.
Ah, Rá ! Take on meeee... Take meeee on... Gostava do A- HA, senhor Groo ? Seria segredo de estado ! O carro ficaria escondido longe das câmeras e do Gagálvão na hora do abastecimento para ir para a corrida. Ninguém saberia da estratégia de ninguém e, se soubesse, aí, sim, punição severa. Fiscal Moro em cima de quem descumprisse ! Sou maquiavélico. Viu como conversando tudo se ajeita ? Descobrimos onde está o problema da F1 ! Pit Stop !
Não preciso escrever mais nada. Estou feliz. Como está o dólar ? Como será o carnaval ? Será que a Nicole Bahls está se preparando para a avenida ?
Vou trabalhar um pouquinho....


M.C.


Anônimo disse...

Viu, senhor Groo ? Tenho 1 voto ! Obrigado, Ricardo.

O problema da asinha que abre e fecha é que temos pouquíssimas ultrapassagens ousadas. Antes, só entrando na curva, bem no início da curva, ocorria a ultrapassagem ou dentro dela, perigosíssima ! Exemplo ? Por fora. Piquet em cima de... ? Imaginem Piquet com asinha que abre e fecha. Não teríamos esta histórica ultrapassagem. Vi, e acho que foi bobeada da tv, uma tomada, de helicóptero, de uma ultrapassagem 'muderna'. Na reta, dando chance para ainda ocorrer a tangência perfeita da curva para quem ultrapassou. O coitadinho do ultrapassado, quetinho, sem poder fazer nada.
O carro da 'ultrapassagem de estrada' ?
Mercedoca de Penélope.

Mas tirando esta excrescência( para deputa fede, em 2018, eu !), mais o fim da obrigatoriedade dos pit stops podendo optar por uma única parada com troca de pneus só em caso de furo( só o furado !) ou chuva e V6 puros, nada de 'on the turbos', temos a verdadeira F1 de volta ! Se não gostarem, vão assistir pénabola que é mais fácil. Uma meta de cada lado e pronto. Teu time tem que meter no dele, no gol dele, na meta dele. Põe a camisa do Nengão e sai gritando 'Neeeengo'! F1 é mais cerebral.... Se querem algo mais 'mente brilhante', vão pro xadrez. Tchau.

HA !

M.C.