3 de jan de 2017

F1 2017: O primeiro drama

Valteri Bottas foi visitar a fábrica da Mercedes e, se não foi comprar um modelo exclusivo ou conhecer a linha de montagem dos ônibus para se tornar motorista de um, é sinal de que o gorducho realmente está de mudança para o time prateado do bocó Toto Wolf.
Se é uma boa para o garoto, não se sabe.
Ainda.
Seria bom saber o tempo de contrato, ao menos, do gordinho para começar algum tipo de especulação sobre seu papel dentro da equipe.
Particularmente, não penso que ele se preste ao papel de piloto tampão.
Ainda é jovem e tido como promessa por muita gente boa dentro do meio automobilístico. Não é dos mais brilhantes, mas também não é um zé mané qualquer. Não me parece afim só do dinheiro que poderia vir de um possível contrato tampão
Mas isto é para outra crônica, aqui o foco é Felipe Massa.


A especulação no fim de 2016 era de que Felipe havia aceitado continuar no cockpit da Williams tutelando o novato Lance Stroll se Bottas realmente fosse para a Mercedes. E como dito no parágrafo acima, parece que vai acontecer.
Se é uma boa para o veterano, não se sabe.
Ainda...
Felipe não parecia muito motivado durante a temporada passada e tinha N motivos para não estar.
Desde um carro muito meia boca, incapaz de lhe dar chances de brigar por lugares melhores no final de cada corrida, até o fato de ter que competir com um piloto mais novo e com um horizonte maior pela frente.
Cenário que, ao que parece, vai se repetir em 2017.
Felipe tem uma história na F1, não foi dos mais brilhantes, mas conseguiu muito mais que muita gente tida como melhor.
Seria bom poder acreditar que a volta não se daria apenas por um contrato com números bem elevados. Massa não precisa disto.
Mas é difícil encontrar uma outra justificativa.
A manutenção (nem dá para chamar de volta, já que não ficou fora das pistas mais tempo que as férias de todos os outros pilotos) da carreira de Felipe Massa em 2017 só tem duas possibilidades: total queima de filme andando do meio para trás no grid ou a redenção com um ano sensacional com resultados muito bons e quiçá, alguma vitória.
Brigar pelo título seria sonhar alto demais.
E sendo bem realista, a chance da segunda opção ocorrer é bem pequena mesmo tendo em mente a quantidade e o tamanho das mudanças que ocorrerão nos carros nesta temporada.

Uma possibilidade melhor, que agradaria pachecos, patrocinadores da emissora oficial no Brasil e a própria emissora, seria Massa ficar onde está (em casa, de boa) e a vaga na Williams ser oferecida ao outro Felipe, o Nasr, que tem uma vida útil maior pela frente e no momento nenhum horizonte na categoria.
Mas isto também é assunto para outro texto.
2017 nem começou direito e já tem seu primeiro drama.

4 comentários:

Marcelonso disse...

Groo,

Tudo indica que Bottas estará na Mercedes e Massa novamente na Williams. Se a opção será acertada para ambos, só o tempo dirá.

A meu ver, Massa tem mais a perder. Até porque, terá obrigação de superar o novato. Se não conseguir, sua credibilidade será contestada.

Quanto a Bottas, deverá assumir o papel de segundo piloto, somando pontos sem atrapalhar a estrela da companhia.

Por fim, aproveito para desejar um excelente ano ao amigo e familia, com muita saúde e repleto de realizações.

grande abraço

Manu disse...

Tudo indica que o Bottas vai para Mercedes e acho sim que o bichinho de Goiaba não merece ser escudeiro.
E então, retorno do Massa, para meu infortúnio :D
(acho muito mais vantajosa uma contratação do Nars, mas, pelo visto... ¬¬'
Ah, 2017...

Abs!

Anônimo disse...

Boa tarde, senhor Groo !
O seu pilhor comentarista apareceu novamente com tudo para 2016-b eeee como foi de panetone no Natal ? E a sidra, estava gostosa ? Que isso, Dom Pérignon, eu sei, eu sei... Caí na de um amigo e comprei um espumante brasileiro e me dei mal. Estava no Vivino com 4.1 mas acho que neguín não entende de espumante. 'Champagne'...
. Então, tá mais gordinho, senhor Groo, porque o Bottas não é gordinho e, sim, cara de traquinas ! Fininho com cara redonda. Cara de biscoito, vulgo, bolacha, em Sampa.
. Se nada mudar, GH-4, no final do ano. Será segundão, sim. Melhor torcer pela MacMac e seu TádeOnda com o number 14. Ou a Ferrada achar uma solução mágica e, do nada, surgir um belíssimo motor turbo com Vettelino, o reclamão. Te, o Olha o Meninu Ui ! mas o Ricardão sorridente é fera. E não sei se o motor que é relógio vai entregar algo muito bom este ano. Mudarão os carros, não ? Pode ser que tenhamos surpresas vindo da Ruimlliams já que Bottas, lá, motor bão, última( mais para penúltima)geração, pode aportar em Grove Wonderland !
. Zacarias.... Aaaaaahhhhh, o Zacarias... tutelando quer dizer segundando ?
Lance Stroll. Vou procurar no tradutor. Lance = Lança, melhorando, lançada. Cê vai entender. Stroll = giro, volta. Xiiiii.... Volta lançada ? O cara deve ser rápido ! Ai, ai, prof. Xavier vem com um mutante ! Será um novo Senna ?
Também acho. O bom seria o Nars ! Quer dizer, o Nads.
Agora, a grana deve ser muito boa para ficar dirigindo um F1 com filhotes batendo uma bolinha nos boxes com os mecânicos.

OBS: motor Tata ? Ou só o grupo indiano fazendo publicidade ? Faz até motor de avião, vulgo, 'turbina' ! Xi, veja em http://www.tatamotors.com/ se não é o malandro da Força Índia, força !, cumprimentando um mané executivo ? Putz, um monte de carro feio, meu Deus, mas estão não nossa frente. A Índia tem montadora ! A Gurgel, ó, e nós, ó...


M.C.

Anônimo disse...

esse corretor é uma basto !
' Putz, um monte de carro feio, meu Deus, mas estão NA nossa frente. A Índia tem montadora ! A Gurgel, ó, e nós, ó... '

. Já que voltei, tá calor aí ? Tô derretendo...


M.C.