18 de jul de 2017

F1 2017 - Pós corrida: Os boatos ingleses

O fim de semana inglês teve alguns boatos interessantes a serem explorados nas férias que começarão após o próximo GP a ser disputado na Hungria.

O primeiro foi o rompimento do acordo entre a equipe Sauber e a Honda.
Sopra-se que os nicômicos (junção de nipônicos com cômicos) estariam putos da cara com a forma como foi tratada a questão Monisha Katelborn no time suíço.
Dizem também que os japoneses se recusam a conversar com o novo dono da equipe, Marcus Ericsson, e foram procurar outro time para estragar, digo, entregar seus motores.

Daí o segundo boato, ventilado pela turma que faz podcasting enquanto passa a corrida na TV, porque narrar e comentar mesmo, Reginaldo, Galvão e Luciano não fazem faz tempo...
Os boquirrotos deram conta de que após deixarem de lado a Sauber, os japoneses vão fechar acordo com a Toro Rosso, pré-primário da escola de pilotagem da Red Bull.
A creche rubro taurina já andou com motores de segunda linha da Renault e Ferrari, agora vai pode ser empurrada pelos motores de segunda linha da Honda.
E mesmo que a Honda deixe de lado a McLaren para ser fornecedora apenas da Toro, ainda assim estarão – por um bom tempo – com motores de segunda linha.
Ou como disse Alonso em outra temporada: GP2 engines.

Aliás, outro boato envolvendo a Toro é de que seu motorista Carlos Sainz Jr., que até agora não honrou o sobrenome famoso, estará já na corrida da Hungria vestindo o preto e amarelo da casa Lufa-lufa...
Ah não, desculpe, ele não está de partida para Hogwarts, mas para a Renault, substituir outro sobrenome famoso que não sabe pilotar, mas insiste, Jolyon Palmer.
Não dá nem para dizer que Sainz Jr. é uma tentativa da Toro de sabotar algo na Renault, já que o cara que ele vai substituir já é um tipo de sabotagem...
Também corre a boca pequena que Kvyat pode não ficar mais na equipe.
Ficamos aqui todos consternados e preocupados com o futuro da equipe B da Red Bull, já não basta estar ameaçada de ter motores horrorosos para 2018, ainda vai ter que contar com dois pilotos novatos do programa da equipe mãe.
A preocupação é pelo fato de os dois que estão pilotando os carros de latinha são considerados, no momento, os dois melhores do programa e visto isto, quão ruins não serão os outros que estão lá então?

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia !
Senhor Groo, todos de férias. Só eu, comentando no último postinho antes deste. Uns em Ushuaia, outros em Seychelles e nós, aqui, quer dizer, o senhor em Frank of Rock e eu em Hell de Janeiro( cidade aprazível, tranquila, feliz). Sabia que já temos camisas, tipo ' iron maiden '?
Hell de Janeiro... Bom, só vi uma até agora. O sujeito que vestia pode ter mandado fazê-la. Mas ficou maneiro, sô !
. Me explique, por cuá a Honda ia ficar chateada com a saída da indiana ? Acho, sinceramente, que os motores TádeOnda foram ignorados pela 'poderosa' Sauber. Verdade seja dita, se o motorzeco fez aquele hecatombe na McLaren, o que faria na Sauber ! Não fazem mais japoneses como antigamente e homens corajosos para topar o desafio. A Sauber é tucana.
. Não acredito acreditando. Só se estão dando de graça os motores, com engenheiros, jatos para transporte, gueixas, robôs e muitos sushis para a Toro Rosso. Ah, e mangás. E um godzilla bonzinho para marquetinguê. Para as crianças brincarem. Motor de terceira linha é assim mesmo mas falta combinar com a Renault.
. Descubro agora a fama dos 'Sainz'... O pai foi campeão de Rali.
Legal. É que o pau está comendo solto na Toro Rosso. Os rilotos estão em pé de guerra !
. É o carro mais bonito de todos. Pena que não apareça( ou apareça pouco). A Grifinória, esforçando um pouquinho a imaginação, poderia ser a Ferrada. A casa do Grifo Rampante. Tem como alunos o famoso Harry Potter, Percy Weasley, Olívio Wood, Fred e Jorge Weasley, Kimi Vodka, Alastor Moody, Seb Vettelino( sai fogo da cabela dele quando perde o controle), Ronald Weasley, Hermione Granger. Mas os Palmer não são lá estas coisas. Um troca troca, Palmer - Sainz, se houver, aliviaria até o final esta que é uma verdadeira temporrada para Toro.
Falando do Kvyat... acho que a troca pelo olha o menino, ui ! Olha o menino, ui ui ui Versttapadinho deixou-o zonzo. Era bom piloto. Acho que este leva um pé na bunda apesar, apesar, que certas coisas se ligam mesmo que aparentemente não tenham os mesmos propósitos esportivos( mas, na sacanagem, tem !). Ano que vem teremos Copa e Cozinha com dependências completas do Mundo, na Rússia, na terra do senhor feudal Putinho ! O meu mafioso favorito! Vão mexer com o garoto justamente em 2018 ? Periga o menino tomar o lugar do Kimi Vodka... HA !

Anônimo disse...

Bom, continuando.
. O que acho, o que a Honda planeja. Ressurgimento via Honda e uma equipe cobaia. Tudo indica que a McLaren continuará com a Honda apesar dos jornalistas estarem a dizere que a Mercedes, a Renault e até, pasmem, por isso tenho verdadeiro pé atrás com jornalistas, a Ferrari !, poderiam fornecer motores para a McLaren. Ferrari ? Seria o fim da McLaren como marca. Este zésmanés do jormaulismo esportivo deixaram de incluir a Audi, a BMW, a Ford, a GM e a Hyundai com patrocínio do lançamento do carro mundial, menos em Portugal, não sei a razão..., O Cona ! Imaginem contratar o Gagálvão. Se eu fosse um sul coreano sacana, contrataria o Gagá !). E temos a Tata e a JAC Motors de bobeira ! Tem outra fênix aí que dizem ser certa a volta das cinzas: a JPX do Eike Loucuuura Cabral ! Segui o conselho do Lulalau e me dei mal ! Não faz sentido a McLaren trocar agora a HONDA. Ou a Honda deixar a McLaren. Sejamos adultos. Mesmo na merda, são dois anos de experiência que não podem ser jogados no esgoto ! Cruzes, escatológica a coisa. Tem muita informação lá e serviria, por exemplo, para uma Renault que não anda lá estas coisas. Pelo menos, de como NÃO fazer. Com a grana que os jaspiotas( jaspions idiotas) tem, uma equipe cobaia cairia bem. Aliviaria o peso encima da McLaren pois não adianta esconder o nome HONDA e só colocar o nome McLaren porque a quantidade de idiotas fanáticos na F1 - os que não tentam entender o esporte e ficar só na paixão - é inversamente proporcional ao que acontece com os torcedores no futebol. O torcedor formulaúnico é muito mais curioso e busca conhecimento e já sacou que o problema da MacMac é motor, motor e motor ! e já respinga fortemente na áurea poderosa da marca jaspioniponica. E, abandonar o barco ou ser abandonado não é coisa certa, não. Ingleses e japoneses não são... Entre Honda e Fofonso, tchau, Alonso ! Entre McLaren e Fofonso, tchau Alonso ! Aliás, acho que ele fica. Ele é o criador de caso nato, é espanhol, mas anda mais calminho. Será por quê, hein? Não. Yakuza, não. Grana mesmo. E, depois da Indy, sabe que é muito querido ! Até eu me rendi ao cara, pô ! Antes, óbvio, até quando andava na Ferrari eu já vinha mudando minha posição sobre o astuciano. O outro criador de caso é um alemão esquentadinho mas aí está em casa. Italianos dão uma sova nele e ele fica quietinho... máFIA ferradina é perigosa.
OBS: A Renault pode estar vendo perigo aí de uma ida para a Toro Rosso da Honda. Lembrar que a Toro Rosso é da Red Bull que leva aquele motor Renault com nome de Relógio e a coisa tá indo, é a terceira força. Já ganhou uma até. E não houve o episódio McLaren - Fofonso - Ferrarigate ? Ué, espionagem. Uaí, mermão ? Os mano orientais adoram uma espionagem, meu. Aprendi vendo os filmes de Bond, James Bonde. Não dá para confiar nos Russos, nos japas, nos chinas, no egípcios, nos árabes e brasileiros. Nuzalemão já dá. Menos no Vettelino.
Confundi ? Sim ? Que bom... é o meu trabalho.

HA !


M.C.