Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Cego

Imagem
-O cachorro não pode embarcar não! – Disse Zé Pequeno ao ver aquele homem de óculos escuros e um cachorro parado em frente à porta dianteira de seu ônibus.
O homem sequer esboçou protesto, ficou impassível e calado diante da porta. O cachorro idem.
Alguém lá do fundo do ônibus, uma mulher provavelmente, observava a situação pela janela levantou a voz em auxilio ao homem:
-Não ta vendo que é cego? Olha o cachorro!
Zé então olhou para seu cobrador, um moleque novo e com cara de estúpido, como quem procura consentimento.
O moleque dá de ombros. O problema não era dele.
Então Zé pede para que o homem embarque e ainda o ajuda a sentar-se naquele banco de um só assento que fica quase ao lado da cadeira do motorista.
O cão se deita aos pés do cidadão e ali permanece.
Zé vai devagar, tomando excessivo cuidado. Não deixa que o coletivo balance muito nas curvas, reduzindo além do normal.
Alguém lá do fundo então grita:
-Ô Zé, p*rr*, é cego, mas não ta grávido não, c*ralh*! Acelera esta estroven…

E Alonso finalmente tem razão...

Imagem
Alonso chorou como sempre faz, é verdade, mas desta vez tem alguma razão.
O bicampeão do século passado lamentou que a categoria não ouça uma das principais partes do jogo: os pilotos.
"-Como um piloto, você está na posição de pedir muitas coisas, mas há muito interesse, as empresas e fabricantes no esporte, eles são mais poderosos do que a opinião de um piloto" – disse o asturiano.

Ultimamente o piloto não tem sido a parte mais importante da equação proposta para que se encontre o campeão de cada temporada.
Títulos como o de Hamilton no ano passado e o provável (muito, muito) deste ano são prova cabal.
“-Ah, mas você não tá citando os do Vettel nesta sua sanha de dizer que os pilotos da Mercedes são cones...”.
O dia que Hamilton ou Nico vencerem em Monza, debaixo de uma chuva torrencial e pilotando não mais que um carro de meio de grid, modifico minha opinião, antes não.
Se bem que isto não é de hoje, vale lembrar que Jacques Villeneuve, Damon Hill e Jenson Button também já …

Comédias da vida real na F1 #15: A vitória de Vitório

Imagem
O apelido nunca fez jus à pessoa.
Vitorio Brambilla é frequentemente descrito como um sujeito doce, boa praça e muito divertido.
Talvez a sanha em destruir carros apostando em pontos de ultrapassagens inexistentes tenha contribuído e muito para isto... Alguns casos ficaram na condição de lendas, outros nem tanto... Mas o maior deles, e este realmente aconteceu, foi sua vitória no grande prêmio da Áustria de 1975.

A briga entre Lauda e Hunt era o assunto do ano e na Áustria, o tempo ruim fez com que Lauda ficasse para trás na prova enquanto Hunt dava show.
Também Vitório fazia uma bela corrida e quando encostou no inglês, a torcida austríaca se levantou nas arquibancadas se preparando para um ataque de risos prevendo que o italiano e seus pontos de ultrapassagens inexistentes fosse tirar o rival do ídolo local da prova.

Porém, na briga, o retardatário Brett Lunger foi o fator preponderante atrapalhando o inglês ao tomar uma volta.
Aproveitando, Brambilla deixou os dois para trás e disp…

Walk the line

Imagem
No palco de um pequeno teatro, Jonnhy Cash e sua banda, o Tenesse Three junto com Jerry Lee Lewis e muito provavelmente Roy Orbson entornavam cervejas e uísque enquanto faziam jamsessions com alguns números de blues, rocks de sucesso radiofônico da época, alguns números gospel.
Após semanas na estrada em turnês feitas em ônibus e carros de passeio desconfortáveis, aquelas escapadas se faziam necessárias e eventualmente, junto com as bebidas também vinham anfetaminas e os barbitúricos que, mais tarde, quase arruinariam a carreira de Cash.
A cena é ao mesmo tempo engraçada e reveladora.
Juner Carter, que também acompanhava a trupe chega para o ensaio e os vê descontraídos e alguns completamente bêbados.
Ela esbraveja, xinga e desopila o fígado em um desabafo que diz mais sobre ela mesma do que sobre o que vê naquele palco. Irritada por já estar tantos dias longe dos filhos e pela própria dureza daquela vida errante,
E ainda diz que não tem que tomar conta daqueles marmanjos e que eles n…

Dissecando manchetes

Imagem
Niki Lauda, aquele das declarações controversas soltou aos repórteres que a Mercedes não se sentirá pressionada para fazer atualização de seus motores mesmo que a Ferrari o faça.
Pronto, achamos a comparação ideal: a Mercedes é a Samsung da F1.
Não atualiza porra nenhuma.

Já a Ferrari vai atualizar os seus e promete melhorias para o Canadá já no meio do ano.
A Ferrari é a Motorola da F1.
Atualiza, mas demora... E nem sempre fica lá estas coisas.

Bernie Ecclestone, o velhinho da fuzarca, disse que não há problemas com os direitos humanos no Azerbaijão, que pode ter corrida lá de boa.
Sério... Desta vez eu acredito no anãozinho.
Também não se viola direitos humanos na Rússia, nos EUA (e lá pode ter até duas provas no ano) e nem na China.
Por isto que tem corridas nestes lugares.
E nem foi citado o Bahrein, que uns anos atrás tinha até quebra pau contra a realização da prova...

Arrivabene, a maior surpresa da Ferrari em anos disse que pediu para que construíssem o carro para que fosse ao…

Crônica do GP: Artificialidades: até quando e quanto mais?

Imagem
Há algum tempo vem se procurando o que pode ser a essência da F1, o que a deixava atraente para o público e telespectadores em outras eras.
O tédio de muitas provas com certeza afastou grande parte do público, os preços praticados nos ingressos, a aproximação da categoria com mercados sem tradição e sem interesse pela coisa também, mas vamos deixar isto para outra hora...

Fala-se agora em aumentar espetacularmente a potência dos motores (elevar a 1000 HP) e retirar a limitação de giros e/ou consumo e liberar a aerodinâmica para os projetistas.
Coisas que e aqui abro aspas “para o bem da categoria e do espetáculo” foram regulamentadas ou banidas há bem pouco tempo.
Mas seria esta a solução?
Duvido...

Houve a criação de um grupo para trazer de volta as ultrapassagens em uma época, não sei se ainda se reúnem... Suas grandes contribuições foram coisas artificiais mais voltadas para o mercado (Kers, ERS e afins) sobre alimentando o motor que para o espetáculo em si.
Para este último criou-…

Lado B do GP: Fala Cumpadi...

Imagem
Os lado B começam, para variar este ano, com a McLaren.
A aposta era: com quantas voltas o time tomaria volta dos lideres?
Alguns apostaram em um terço de prova, outros que com um pouco mais...
O time, contrariando as expectativas – ou a bolsa de apostas – tomou já na segunda volta já que o Button nem largou.
Tem que ver este tipo de manipulação ai nas casas de aposta.
Porém, no fundo – e no raso também – ninguém ligou do Button não estar lá.

Carlos Sainz, o popular Sainzinho, tomou uma punição antes da largada de cinco segundos por se atrasar para alinhar no grid.
Até para isto o rapaz é lento.

Felipe Massa estava com muitas expectativas boas para a corrida.
Traçou um plano de duas paradas.
Fez uma logo antes da largada... Não saiu para a volta de apresentação.
Uma das melhores brigas da prova foi entre Massa e Nasr, com este último tentando ultrapassar o Felipe mais felho de todas as formas...
Até que conseguiu com uma manobra bem arrumada e até bonita, porém os dois – que iam à fre…

F1 2015: Bahrein: por sorte aqui é ao meio dia...

Imagem
Desde que foi criada, há tempo demais em minha opinião, a corrida bareinita teve umas duas ou três edições memoráveis e realmente emocionantes.
A do ano passado foi ótima.
Algo parecia destoar quando a corrida era disputada com a luz do sol.
A paisagem feia, algo entre lunar e terra arrasada não ajudava. Como também não ajudam as grandes retas unidas por hairpins.
Jogando videogames a impressão que se tem é de que é muito mais prazeroso pilotar lá do que assistir as corridas. Como a grande maioria de nós não pilota...

A corrida começou até bem.
Massa jogado para largar dos Boxes teve que escalar posições.
Nada difícil para quem tem o terceiro melhor carro do grid.
Interessante foi ver Rosberg voltando a ser o que sempre foi e perder posição para o Kimi.
Logo depois voltou ao seu lugar de direito passando as duas Ferrari o que prova de forma inconteste que o carro hoje em dia é infinitamente mais importante que o piloto.
O alemão não é sequer um terço de piloto que são Vettel e Kimi, m…

Fiúque?

Imagem
E o fim da tarde chega encontrando toda a fauna que frequenta o boteco do Canário reunida em torno de mesas devidamente cobertas de cervejas.
Andrade, Dito, o ex-prefeito, Márvio e até Anízio, o homem das funerárias. 
As conversas variavam do tradicional futebol e política municipal até os também tradicionais pitacos sobre a mulherada que por ventura passa-se pela porta do boteco.
-Cê viu o jogo?
-Vi... Foi impedimento. O gol não valeu.
-Que gol? To falando do jogo de basquete...
-Basquete? Eu não assisto basquete... Não gosto de nada que põe as mãos na bola...
-Isto explica porque se divorciou...
-O que?
-Nada, nada... Deixa pra lá.

Então Derico, o fiscal da natureza – segundo as más línguas – adentra o bar e puxa uma cadeira...
-Ô Canário, seu safado... Trás uma coca-cola ai e uma porção de salame... Eu falei salame, heim? Vem com porcaria de mortadela não... - e virando-se para os amigos - E ai bando de desocupados? Que manda de novo?
-Mandar de novo em qual sentido? – diz Andrade, professor d…

F1: Ética, nobreza e cavalheirismo

Imagem
O automobilismo é mais que um esporte de competição, velocidade e coragem.
Nos primórdios a F1, sua maior expressão, até era tida como esporte de cavalheiros
Histórias existem aos montes.

Como esta recolhida do blog F1 Corradi em que Mike Hawthorn, pilotando uma Ferrari lidera o grande prêmio da França de 1958 na pista de Reims,
O inglês encosta na Masserati pilotada por Juan Manuel Fangio - que não havia se dado muito bem nas longas retas do circuito - e está a ponto de lhe colocar uma volta de vantagem.
Hawthorn surpreendentemente segue até o fim da corrida atrás de Fangio sem sequer ameaçar ultrapassá-lo.
Ao termino da prova, perguntado por que não ultrapassou o argentino respondeu reverentemente: “-Não se coloca uma volta em Fangio!”

Não tão ético, mas com o mesmo senso de cavalheirismo e nobreza, dois personagens mais recentes também têm sua história.
Ao perceber que Bernie Ecclestone, então proprietário da equipe Brabhan iria burlar a regra de peso mínimo dos carros na pesagem p…

Balanço da temporada após fase da madrugada

Imagem
Três corridas já se foram...
Três corridas na madrugada daquelas que o fã de verdade não perde.
Só o fã de verdade... Porque qualquer outro tipo de fã já deixou pra lá na metade da corrida na Austrália.
Aliás, a soporífera Austrália... Quem diria que um dia este adjetivo seria usado para descrever uma corrida de estreia de temporada e na Austrália?
A surpreendente Malásia.
Surpreendente está de bom tamanho e já não é a primeira vez que acontece daquele circuito nos pregar a peça de ter uma boa corrida.
Também já fomos surpreendidos lá por tempestades enormes, falta de luz natural, picolés e refrigerantes...  O lugar tem uma aura, tem um Q qualquer e teve – até agora – a melhor corrida.
E a China, que não é nada, não é nada... Nunca foi porcaria nenhuma mesmo.


Entre os pilotos da para destacar alguns nomes.

Verstapinho é bom, já deu para notar e leva uma nítida vantagem sobre outros pilotos com sobrenome conhecido (famoso é forçar muito): Não tem que superar nada dos feitos do pai, que…

Crônica do GP: Sem surpresas, se pensar bem...

Imagem
Passeando na tarde de segunda feira, dou de cara com uma pastelaria nova no centro da cidade.
Com fome e louco por pastel entro e logo vejo no fundo do salão uma placa onde se lê: Shangai pastels. Assim mesmo.
Trata-se, obviamente, de um estabelecimento de propriedade de imigrantes ou descendentes chineses.

Por sorte, ou azar, há uma TV (de tubo ainda) ligada em um programa esportivo e – de novo – por sorte ou azar o assunto é exatamente F1 e o GP da China.
Claro que me esforço para prestar atenção o máximo possível devido ao barulho e ao movimento dentro da pastelaria.
Tanto que não ouço e nem vejo o atendente vir me perguntar que pastel vou querer.

Finda a matéria me desinteresso do programa, então olho para os lados para que alguém venha anotar meu pedido.
O atendente então vem e pergunta: “-O que vai beber?”.
Como assim?  O cara me oferece a bebida antes de perguntar qual sabor de pastel vou querer?
“-Só tem pastel de flango”. – me diz.
Pergunto se pelo menos tem a variação com ca…

Lado B do GP: Era bom que tivesse pelo menos um lado B...

Imagem
E Hamilton já começou a corrida torto.
Podia?
Parece que sim, ninguém falou nada que tem que alinhar reto... Mas é estranho.

A briga da Renault com a Red Bull continua...
A Renault vai culpar a Red Bull por seu motor ter explodido no carro do Kvyat?
De fato mesmo foram só alguns quilos a mais de fumaça no ar chinês.

A briga bacana do meio da prova foi entre – pasme – Ericsson e Daniel Ricciardo.
Duas coisas a se pensar:
Ericsson foi subestimado.
A Red Bull está uma bela porcaria...
Voto na segunda e acrescento: maldito Renault.

E no bingo da F1, mais uma vez... Maldonado faz das suas.
Até que demorou!
E mais impressionante, não bateu em ninguém. Rodou sozinho.
Ai bateu uma dúvida danada: estava vendo a Globo ou a Record?
Porque se bem me lembro, pastor fazendo merda é na Record...

O twiter é um grande termometo que mede o quão emocionante está uma prova de F1.
Pouco antes da volta 40 (de um total de 56) o assunto dominante por lá era o calor nos bancos dos carros.
Piadas sobre roscas …

F1 2015 - China: Melancolia, verdade chinesa (desculpe, Emílio Santiago)

Imagem
O GP da China geralmente é uma corrida cinza.
Não no sentido de não ter emoção, mas no visual mesmo...
De positivo, um traçado rápido, sinuoso e com um retão como nas antigas...
O caracol logo após a largada é outro ponto positivo. Se o carro mais rápido conseguir se manter à frente ali, dificilmente alguém vai conseguir pegar no restante.

E nisto Hamilton foi perfeito, entortou o carro na largada (propositalmente, ficou claro) e cortou as asas da concorrência logo de cara.
Interessante ver a Ferrari mostrando quem é a segunda força de verdade. A Williams não teve nem chance.
Destaque de novo para a largada agressiva do Bottas, pena que desta vez foi que nem gás de refrigerante, logo já tinha perdido força e voltado para trás do Massa.

Lá atrás a asa móvel fazia e acontecia nas brigas. Pelo menos isto...

E na frente a diferença não se mostrava tão grande assim...
Demorou onze voltas para que a Mercedes abrisse quatro segundos para o Vettel.
Em outros GP´s a esta altura já seriam dez o…

Stand up clero

Imagem
E ele era padre.
Mas não era qualquer padre, não...
Se era cantor?
“- Nunca!” – diria ele.
Tinha voz de taquara rachada, se bem que a Joelma do Calypso também, mas...
Padres cantores existem aos montes por aí, gravando cd´s; dvd´s; fazendo shows monstros com canções do Roberto Carlos e, principalmente: negando que são pop stars.

Ele não.
Se chegasse a condição que os padres cantores chegaram não iria renegar a fama.
“-Hipócritas é o que são! Se não quisessem fazer sucesso que ficassem dizendo missa em latim!”. – é o que dizia sempre.

Mas se ele não era padre cantor, qual era seu talento?
Com o que queria ele alcançar o estrelato como os padres cantores?
Ele era um padre humorista.
Piadista, imitador e avesso ao politicamente correto.

Na opinião das carolas de sua paróquia era mesmo um sem vergonha de marca maior. Fanfarrão que em muito pouco diferia dos beberrões habitantes dos bares que circundavam a igreja, mas que só pisavam o terreno da paróquia em época de quermesse.
O curioso é …

O que se pode tentar ver no GP da China?

Imagem
Tá certo... A corrida na China é em alta madrugada, mas não é bem a isto que o título se refere.
Afinal, o que é acordar às duas e meia da madrugada para assistir uma corrida?
Só velho não consegue.
Ano passado eu perdi... (mentira)
Mas vamos lá...

A confirmação do renascimento da Ferrari.

Dá para dizer que sim dependendo de onde chegarem os dois pilotos.
Se for dobradinha está confirmado!
Se for dobradinha com vitória do Kimi então é algo sem volta... Chupa Mercedes.

O retorno da Mercedes à normalidade (chata) dos últimos tempos.
Uma vitória de Hamilton com folga é um pesadelo para quem espera que a disputa se equilibre salvando assim o campeonato.

Uma vitória apertada do Lewis, com disputa pelo primeiro lugar, seja roda a roda ou na estratégia é um alento, um suspiro de esperança, desde que – claro – não seja com o Nico.
Uma vitória do Nico é neste momento, aparentemente, um acidente de percurso. A não ser que Hamilton esteja fora da prova.

Um fio de entendimento entre o povo da Red…

De como o rock rural "furou" a propaganda da ditadura

Imagem
Luis Carlos Pereira de Sá havia sido levado por Gutemberg Guarabyra para conhecer o sertão do São Francisco entre as gravações e shows no ano de 1977.
Sá, segundo o próprio, era um “bicho completamente urbano” que só saia da cidade do Rio de Janeiro para – no máximo – ir até Teresópolis.
Lá, nas barrancas do rio São Francisco, maravilhado pelo que chamou de “um outro mundo” resolveu que iria se integrar ao lugar comendo um prato típico da região.
Guarabyra, já mais acostumado com o tempero do lugar pediu um pirão de peixe no que foi acompanhado pelo parceiro.
Sá ainda lembra o perrengue passado no dia seguinte, na casa dos pais de Guarabyra, para dar passagem pelo organismo a toda àquela pimenta malagueta que acompanhava o prato.

Entre uma urgência e outra, ouviu o pai de Guarabyra dizer que a poucos quilômetros dali trabalhavam caminhões de um tamanho que ele nunca pensou que existissem.
Gutemberg Guarabyra, curioso se abalou até lá e descobriu que, de forma sigilosa, o governo milit…

Perguntas que não vão cair na prova

Imagem
Na F1.

Mercedes já está falando em brigar GP a GP com a Ferrari para evitar que uma nova derrota para Vettel seja encarado como vexame?
E se perderem para a Williams, por exemplo? Pode chamar de vexame ou a gente chama de milagre?

A Manor/Marussia vai andar na China?
Pode chamar aquilo que eles tentam fazer de “correr”?
Se eles ficarem acima dos 107% vão invocar o senhor das trevas para liberar a participação, sim ou claro?
É justo isto?

Qual seria a maior surpresa da corrida na China?
Outra vitória do Vettel?
Uma dobradinha da Ferrari?
McLaren marcando pontos?
Conseguir ver o céu por trás de toda aquela poluição?

Na Stock.

É tão difícil assim fazer um regulamento que seja fácil de entender, justo com os participantes das provas e que dê o mínimo de chances para interpretações?
E já que a categoria não passa a integra do campeonato na Globo, por que não menos corridas em circuitos de rua e mais em pistas bacanas com corridas um pouco mais longas e sem esta porcaria de limite no tempo …

Apanhadão do fim de semana

Imagem
Jackie Stewart disse em entrevista que: “A F1 precisa respeitar mais a sua história.”.
Entenda-se “sua história” como a da categoria e não a do tri campeão mundial.
Concordo, há de se olhar para o passado e entendê-lo para poder apontar as baterias de artilharia para a construção do futuro, mas... Que ficou parecendo conversa de ex-jogador de futebol brasileiro que sempre reclama que não é valorizado o suficiente, ficou.

Eric Boulier elogiou a evolução da McLaren do GP australiano para o da Malásia.
Não se esperava outra coisa dele.
Mesmo com o cenário apontando o pior inicio de temporada em todos os tempos da equipe, se ele sai fuzilando a coisa só pioraria.
Eric ainda se diz otimista... Ai é obrigação!
Se a coisa piorar o time fecha as portas...
Mas Boulier é o cara certo para a crise do time neste momento. Afinal, já trabalhou com desastre bem pior quando era chefe na Lotus: Romain Grosjean.

E por falar em Lotus, Alan Permane, chefe da engenharia do time disse que pretende melhorar…

Conto de páscoa

Imagem
-Pegou!
-Tem certeza? -Tenho sim...  A armadilha desarmou... Pegou sim! -Você colocou mesmo a ratoeira? -Não né, dããããã! Ratoeira é pra rato...  Menino é tão burro! -Não sou não...  É que não queria falar “coelheira”, isto não deve existir... -Não, né... Não tem “coelheira”, mas tem armadilha pra coelho...  -Então tá... Vamos lá ver se pegou mesmo. -Claro que pegou... Ce não ouviu desarmar? -Tá bom... Tá bom... Vamos olhar então... O que cê colocou de isca? -Cenoura, né? Dãããããã! Burro. Vamos lá perguntar pra ele porque ele esconde todo ano os ovos de Páscoa em vez de entregar pra gente logo... -Vamos...
A armadilha nada mais era que uma enorme caixa de um aparelho de TV como se fosse uma antiga arapuca para pegar passarinhos. Daquelas que nossos pais e avós sempre nos contavam como sendo a melhor e mais eficiente armadilha já feita.
-Cê abre, se ele tentar fugir eu pego. -Você? Pega nada... Ce tem medo de gato, vai pegar o coelho que jeito? -Não tenho medo de gato não... Eu só não go…

Entrevista com Ron Dennis

Imagem
Em mais uma entrevista exclusiva, o Blig Groo trás luzes aos fatos que estão ocorrendo em uma das mais tradicionais equipes de F1: a McLaren.
O entrevistado é nada mais, nada menos que o todo poderoso Ron Dennis e ele abre o jogo.
Fala sobre Alonso, motores Honda, a opção por Button entre outras coisas...

Ron Groo: -Boa tarde Sr. Dennis, quer pedir alguma coisa antes de começarmos?
Ron Dennis: -Como o que?
RG: -Sei lá... Alguma bebida, um fundo musical...
RD: -Bebida não... Pode ser um fundo musical.
RG: -Algo inglês? Pode ser Iron Maiden?
RD: -Não... Pega alguma coisa do Pink Floyd mesmo. Condiz mais com o momento do time.
RG: -Mais cerebral?
RD: -Não... Mais lento mesmo.

Ron Groo: -Foi uma surpresa o desempenho dos motores Honda?
Ron Dennis: -Não.
RG: Já esperavam esta lentidão toda?
RD: -Em partes... Sabíamos que poderia acontecer e nos preparamos.
RG: Como?
RD: -Escolhendo o Button em vez do Magnussen.
RG: -Pela experiência? Para ajudar a desenvolver?
RD: -Não... Nada disto.
RG: -Por que…

A última (besteira) do Ecclestone (por enquanto)

Imagem
Bernie e sua boca grande mandaram mais uma piada para a imprensa repercutir.
Agora disse que seria legal ter uma F1 só de mulheres para fazer as preliminares das corridas ou para andar nos sábados após as classificações.
Suzie Wolf já disse que é besteira, que não correria numa categoria só de mulheres e que não sabe onde o velhinho da fuzarca encontraria tantas mulheres piloto (pilota é o cacete!) para compor o grid.
Se procurar até deve ter, não duvido...
Mas tenho de concordar com a Suzie que é uma ideia besta.
A categoria seria vista como uma coisa bizarra tipo, sei lá... Futebol feminino ou ginástica artística masculina...

Mas fico na dúvida sobre a possibilidade de realmente haver uma mescla de sexos nas pistas de F1 disputando diretamente entre si.
Pode até ser apenas uma questão de preparação física, mas é de se pensar: quantas modalidades esportivas de alto rendimento tem esta configuração de disputa entre homens e mulheres diretamente?
E mais: disputando algo que envolve uma…